Michael Campos

Quick Commerce: saiba o que é e como funciona

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos!

    The Ultimate Managed Hosting Platform

    Compartilhe

    O comércio segue em constante evolução, e o Quick Commerce vem para tornar esse processo ainda mais ágil. Se antes era preciso ir até as lojas físicas para adquirir algum produto, hoje conseguimos comprar tudo que precisamos usando apenas o celular.

    O Quick Commerce, ou q-commerce, como é conhecido, chegou para revolucionar o serviço de entrega, afinal ele promete que os produtos cheguem em poucas horas e você não precisa fazer nada a mais por isso além de receber o que precisa do conforto da sua casa.

    Essa transformação no serviço de entrega está ligada às mudanças nos hábitos dos consumidores, que têm se tornado cada dia mais exigentes com esses processos. Vamos a um exemplo para entender um pouco melhor como o q-commerce funciona.

    Você precisa decorar uma festa, mas esqueceu que ficou encarregado de comprar as flores. Até se deslocar para uma loja física, vai perder muito tempo, então entra em contato com uma empresa de plantas ornamentais online e solicita tudo pelo celular.

    Com isso, em algumas horas você terá tudo que pediu, essa é a grande vantagem do serviço de q-commerce.

    Quer entender melhor como ele funciona e como usar em seu negócio? Separamos tudo que você precisa saber sobre esse serviço.

    O que é Quick Commerce?

    O q-commerce é uma modalidade de compras online onde as entregas são super-rápidas podendo ser feitas em horas e muitas vezes em alguns minutos.

    Esse modelo se baseia muito na entrega de alimentos, onde os lojistas entenderam que esse recurso poderia ser aplicado em outros produtos e serviços.

    É importante observar como o comércio tem reduzido o seu tempo de entrega. De acordo com um relatório desse ano feito pela Capterra, cerca de 49% dos entrevistados dizem que o prazo de entrega é o detalhe mais relevante em suas compras.

    Segundo essa mesma pesquisa, 95% das pessoas ouvidas desejam que o prazo de entrega seja cada vez mais curto. Afinal as pessoas têm essa questão do imediatismo, precisam que as coisas cheguem o quanto antes.

    Com isso a indústria se viu na necessidade de adaptar seu serviço de transporte de veículos, tornando cada vez mais rápida sua entrega.

    Uma dessas formas que possibilita a agilidade é por meio da entrega local pelas lojas de pequeno e médio porte da região ou através da instalação de centrais de armazenamentos, pelas lojas de grande porte.

    O grande objetivo do q-commerce é atender as demandas urgentes e satisfazer o consumidor, seja por uma necessidade real, como medicamentos, ou pelo desejo do cliente de receber sua capa térmica para piscina sob medida de forma rápida.

    É importante deixar claro que nesse tipo de serviço o usuário não paga mais pelo frete, o valor é o mesmo, nada a mais é acrescentado pela rapidez dos prazos.

    Essa é uma grande oportunidade para fortalecer o comércio local, além de contribuir para atrair possíveis clientes que antes desconheciam o seu negócio.

    Seja a sua empresa uma loja de rótulos adesivos personalizados ou um fornecedor de peças para computador, vale a pena ficar atento a essa tendência, entendê-la e aplicar da melhor forma no seu negócio, sem dúvidas isso irá impulsionar suas vendas.

    Origem do Quick Commerce

    Para compreender sua origem, precisamos viajar no tempo e entender como funcionavam os processos de compras alguns anos atrás. Podemos dividi-los em três fases, que são: primeira, segunda e terceira geração.

    Primeira geração

    Os consumidores precisam ir até a loja física, assim ele assume toda a parte de logística, tendo que se locomover para ter acesso ao produto. Neste caso as lojas ocupam um espaço físico maior, todos os produtos estão à disposição e podem ser escolhidos.

    Nesse modelo, o preço e o atendimento podem pesar na decisão de compra, por exemplo, ao ir a uma distribuidora de iluminação e ser bem atendido, além de possuir preços baixos, irá incentivar o cliente a voltar para esse estabelecimento.

    Segunda geração

    Nessa fase já somos apresentados aos deliverys e e-commerce. Geralmente o comércio eletrônico fornece os fretes com um prazo de entrega que pode variar entre 2 a 15 dias, com faixas de preços diferentes, porque quanto mais rápidos, mais caro.

    Diferente da primeira fase, nem sempre todos os itens estão disponíveis para o cliente, com isso as lojas não precisam ocupar tanto espaço, pois seus produtos costumam ficar em centros de distribuição.

    A logística que antes era feita pelos clientes agora é feita por empresas de entregas através de:

    • Carros;
    • Caminhões;
    • Motos;
    • Aviões.

    Permitindo que esses consumidores possam comprar produtos de qualquer lugar do mundo e recebê-los em casa.

    Neste modelo o preço é o principal critério de compra, pois como tudo é feito de forma online, o cliente pode pesquisar qual empresa de capachos é mais barata.

    Terceira geração

    Aqui a rapidez na entrega é o principal diferencial. Geralmente os produtos costumam ser de menor volume e com necessidade de urgência para que a entrega seja feita da forma mais rápida possível.

    Com isso é necessário que se tenha hubs (transmissor de informações, que envia para muitos receptores ao mesmo tempo) ou pequenos centros de distribuição espalhados pela cidade para dar conta da demanda.

    Essa cadeia logística muitas vezes envolve veículos como motos e bicicleta, e apesar do cliente exigir um serviço rápido, ele não pode perder a qualidade.

    Com isso surge o q-commerce, que veio para revolucionar a forma como consumimos. É importante ressaltar que o esse modelo não está apenas presente em produtos, afinal alguns serviços podem ser solicitados de forma online sem que se precise ir até o local.

    Como a contratação de demolição, que você consegue solicitar todo o serviço entrando em contato com uma empresa demolidora através do seu celular e em pouco tempo terá todo o serviço que desejou.

    Características

    Como você já entendeu como funciona o modelo de q-commerce, veja algumas de suas características.

    • Pode ser usado por microempresas;
    • Entrega em menos de 24h;
    • Exige uma estrutura de logística rápida;
    • Toda jornada de compra precisa ser ágil;
    • Foca na experiência do cliente;
    • Funciona em uma escala local.

    Além disso, geralmente envolvem itens de primeira necessidade ou de consumo rápido, como alimentos e medicamentos, mas isso não quer dizer que apenas esses produtos utilizem esse modelo.

    É importante ressaltar que com a chegada do q-commerce os outros meios de entregas não irão desaparecer, todos têm o seu lugar no mercado.

    Vantagens

    Entenda quais as principais vantagens ao aderir ao modelo de q-commerce.

    1. Entregas ágeis

    Com esse serviço será possível atrair mais clientes, afinal todos desejam que seus produtos cheguem o mais rápido possível em sua residência.

    2. Comodidade

    Principalmente após a pandemia de COVID-19, as pessoas têm optado pelas compras onlines, seja pelo medo da transmissão ou pela simples comodidade de não precisar se deslocar até uma loja física.

    Através do q-commerce elas podem ter seus produtos em questão de horas, como se tivesse ido até o local comprar, e com isso não prejudica sua rotina.

    3. Concorrência

    Esse modelo tem feito o mercado de entregas aquecer e segundo uma matéria da Forbes em 2025 irá atingir cerca de US$ 72 bilhões, tornando cada vez mais competitivo esse negócio, fazendo com que as empresas adequem suas entregas.

    Assim sua empresa sairá na frente dos concorrentes que não estão antenados nessa nova tendência.

    Lojas que adotaram esse meio de negócio

    Para atender as necessidades dos consumidores que exigem uma entrega cada vez mais rápida, muitas empresas começaram a adotar o serviço de q-commerce.

    O serviço de e-commerce da Amazon é um grande exemplo desse processo. Com a sua própria logística de entregas, consegue enviar diversos produtos em questão de horas para a casa dos clientes.

    As Lojas Americanas também utilizam esse mecanismo, então seus consumidores podem comprar no site ou aplicativo e a entrega é realizada em até 2 horas.

    O Mercado Livre é um grande representante do q-commerce, pois inaugurou um centro de distribuição na cidade de São Paulo com itens de grande porte para realizar as entregas na capital.

    Com isso reduziu cerca de 20 dias em todo o seu processo de entrega, que antes eram feitas por meio dos correios e levava em torno de 3 a 10 dias. Hoje existem produtos que você recebe no período de 24 horas.

    Independentemente do seu nicho, os clientes cada vez mais desejam um serviço ágil, seja uma pessoa que executa a criação de outdoor e precise de um material urgente ou alguém que tenha comprado um colar.

    Por isso, mesmo que o serviço de q-commerce esteja fora da sua realidade, comece a desenvolver uma implantação, pois os consumidores estão cada dia mais exigentes quando o assunto é entrega.

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade