Michael Campos

Marketing B2P: saiba o que é e como aplicar

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos!

    The Ultimate Managed Hosting Platform

    Compartilhe

    Em resumo, o marketing B2P é aquele onde as marcas, sejam elas atuantes em um mercado B2B ou B2C, realizam estratégias em que os consumidores do produto final são parte essencial das estratégias. 

    Conhecida também como Business to People (B2P), vem se tornando uma estratégia bem eficiente no mercado. 

    Um dos exemplos mais práticos do marketing B2P, é quando uma empresa que, claramente faz parte do mercado B2B, define como estratégia realizar uma ativação de marca para o público comprador, valorizando, por exemplo, uma causa por trás de um determinado tema relacionado ao negócio. 

    Esse caso, na verdade, é uma estratégia em que as marcas promovem ações com o objetivo de estabelecer conexões com as pessoas. 

    É importante pontuar que a conexão estabelecida entre a empresa e o consumidor, é muito importante para o andamento dos negócios. Isso significa que, até mesmo uma loja que vende compressor de ar para caminhão, por exemplo, precisa criar estratégias para obter uma conexão direta com a sua clientela. 

    Em outras palavras, é um tipo de estratégia em que o público final percebe, de forma bastante prática, as vantagens da existência da marca em questão. 

    Portanto, podemos dizer que o marketing B2P se caracteriza em ações que reforçam a reputação da empresa, diante de um público muito maior do que apenas aqueles envolvidos diretamente no negócio. 

    Posteriormente, esse movimento consegue influenciar de maneira positiva na percepção de valor da marca e, consequentemente, nos seus negócios. 

    É interessante dizer que, construir uma autoridade dentro de um segmento, é uma prática que demanda tempo, mas que qualquer tipo de negócio consegue obter. Ou seja, uma loja virtual que vende brinquedos pedagógicos de madeira, por exemplo, consegue tornar-se referência no mercado. 

    Quem pode aplicar o marketing B2P?

    As estratégias de marketing B2P podem ser realizadas por qualquer tipo de negócio, que possui o objetivo de engajar ou obter reações e feedback do público final que é impactado pelo seu produto. 

    Isso significa, de modo geral, que tanto as empresas B2B quanto B2C estão aptas para aplicar o modelo B2P. 

    Portanto, uma empresa consultoria ambiental, por exemplo, pode adotar o marketing B2P principalmente para estabelecer uma conexão mais forte com os seus clientes, objetivando uma consolidação maior no mercado. 

    Quais os benefícios do marketing B2P?

    Quando colocado em prática, o marketing B2P consegue proporcionar uma série de benefícios para as marcas. Iremos falar mais sobre essas vantagens a seguir. 

    Inicialmente, podemos começar com o fato de que o marketing B2P consegue promover o contato direto das pessoas que compõem o público final com as marcas B2B, dando um rosto para essas marcas que são geralmente vistas como entidades bem abstratas pelo público. 

    Além disso, a metodologia também consegue materializar as estratégias de consciência de uma forma mais simples, além de conquistar a lealdade do público que é impactado diretamente pelo produto. 

    A lealdade, inclusive, é um aspecto essencial para empresas que trabalham diretamente com o público. Ou seja, até mesmo um negócio que atua no mercado realizando análise de alimentos, por exemplo, precisa ter a lealdade do público. 

    Vale pontuar também que o marketing B2P também pode aumentar a satisfação dos clientes de forma direta e ainda mais simples do que outras metodologias que são praticadas pelas empresas. 

    Outra vantagem interessante proporcionada pelo marketing B2P, é o fato de possibilitar uma compreensão maior das intenções do público final e o seu padrão de comportamento para a tomada de decisão. 

    A partir do momento em que uma empresa especializada em vender cilindros hidráulicos, já conhece a maneira que a sua clientela costuma se comportar na jornada de compra.  

    Automaticamente, todo o processo de vendas torna-se bem mais fácil, visto que a sua empresa já saberá todas as abordagens para se tornar mais eficiente. 

    Por fim, o marketing B2P consegue contribuir para que o seu negócio consiga obter insights ricos sobre o público final para melhorar os produtos de uma maneira que possa aumentar as vendas. Ou seja, investir em B2P é um investimento que também melhora os resultados B2B.

    Como melhorar sua relação com o consumidor final?

    Você já deve imaginar que, para melhorar a relação com o consumidor final, é necessário passar por algumas etapas. No geral, elas são:

    • Melhorar o atendimento;
    • Entender a necessidade do consumidor final;
    • Entregar mais do que a venda;
    • Humanizar o conteúdo on-line;
    • Oferecer suporte ao cliente. 

    Em resumo, são aspectos que conseguem atingir, diretamente, a relação com o consumidor final. 

    Inclusive, é através desses aspectos que uma loja virtual especializada em venda de kit led para piscina, por exemplo, consegue ter um destaque maior da concorrência pelo simples fato de ter uma relação mais saudável com seus clientes. 

    Para que possa entender melhor como esses aspectos conseguem gerar impactos diretos na relação com o consumidor final, iremos falar detalhadamente de cada um a seguir. Confira:

    Melhorar o atendimento

    Uma das principais maneiras de estabelecer conexões reais com as pessoas, é através do desenvolvimento de um atendimento melhor. Posteriormente, o seu público final irá perceber, a partir dessa simples mudança, os benefícios existentes da sua marca. 

    A qualidade apresentada neste processo, junto ao bom desempenho de seu produto, irá criar um reconhecimento entre você e o consumidor. 

    Esse reconhecimento, na grande maioria das vezes, é fundamental, principalmente, para empresas que trabalham diretamente com vendas. Especialmente com produtos específicos, como o climatizador evaporativo portátil, por exemplo. 

    Entender a necessidade do consumidor final

    Para entender a necessidade do consumidor final, vale a pena fazer alguns questionamentos internos. A partir disso, utilize meios de pesquisas para buscar as respostas para esses questionamentos. 

    Ao invés de gastar tempo desenvolvendo frases de efeito sobre como você se importa com seus clientes, descubra o que eles realmente precisam. 

    Nesse processo, é interessante, também, buscar ouvir o que os seus clientes têm a dizer sobre a atual condição deles. Saber escutar é uma habilidade, e sem ela, não é possível desenvolver uma boa estrutura metálica para telhado, por exemplo. 

    Entregar mais do que a venda

    Para que você consiga fidelizar seus clientes, é necessário entregar mais do que o seu produto. Um exemplo disso é se for uma empresa do mercado B2B, como uma indústria que vende aço para outras companhias. 

    Então, o ideal é definir qual a melhor estratégia para realizar uma ativação de marca para o público comprador de automóveis, valorizando, por exemplo, a sustentabilidade na fabricação dos produtos. 

    Humanizar o conteúdo online

    Atualmente, as pessoas estão buscando cada vez mais conexões reais com as empresas que fornecem algum tipo de serviço para elas. Em resumo, a melhor maneira de criar esses tipos de ligações, é criando conteúdos online. 

    Oferecer suporte ao cliente

    Por fim, temos o último aspecto que é oferecer suporte ao cliente e isso não se limita apenas em disponibilizar uma aba do seu site exclusiva para isso. O ideal é se certificar que esse suporte está realmente funcionando e sanando todos os problemas dos seus consumidores. 

    Por que as marcas devem adotar o modelo B2P?

    Na maioria das vezes, as marcas B2B assumem um tom de comunicação genérico que alcança um número maior de pessoas. Entretanto, isso não consegue gerar um número de reações e engajamento que uma comunicação direcionada é capaz de promover. 

    Por esse motivo, uma estratégia de marketing B2P envolve ações mais específicas para falar com as pessoas de forma mais individualizada e com uma maior aproximação, o que é essencial para as empresas, considerando o atual nível de competitividade no mercado. 

    É certo dizer que no caso da venda B2B, a aquisição do produto é realizada a partir de um consenso entre um grupo de pessoas da empresa. Porém, no final das contas, o que as motiva a avançar numa compra são as ações que conseguem gerar um impacto pessoal. 

    Acontece que, uma comunicação menos genérica pode gerar mais riscos para uma marca, como ser mal interpretada pelo público ou até mesmo reações inesperadas. Porém, ao mesmo tempo, é possível obter mais engajamento do que abordagens mais neutras. 

    Efetividade do marketing B2P em dados

    De acordo com as respostas do público sobre as estratégias B2P, é notável que esse modelo tem grande efetividade. 

    Os dados não enganam. 64% das pessoas se identificam com as marcas com quem elas partilham valores. Isso de acordo com um levantamento realizado pela Harvard Business Review. 

    Além disso, há também o dobro do impacto. Isso significa que as marcas B2B obtêm quando promovem ações que falam com o público em um nível mais pessoal e emocional, de acordo com a pesquisa realizada pela consultoria acSellerant. 

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade