Michael Campos

Gutenberg 14.2 no WordPress: conheça mais sobre esse editor

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos!

    The Ultimate Managed Hosting Platform

    Compartilhe

    A chegada do Gutenberg 14.2 no WordPress tem atraído muito a atenção dos usuários, uma vez que o editor possui uma série de novidades e funcionalidades diferentes que podem ser otimizadas.

    Aplicado pela primeira vez nas plataformas WordPress em 2018, o Gutenberg foi duramente criticado pelos usuários comuns, em grande parte pela estrutura completamente diferente da versão clássica que a plataforma usava.

    Além disso, o editor possui uma série de pequenas limitações e falhas, que em muitos casos, atrapalhavam a criação de conteúdo. Essas falhas não eram graves, mas eram muito incômodas.

    Quando um usuário procura por “toldos verticais para varandas preços”, ele deseja uma produção de qualidade, que pode ser conquistada com um blog cujo criador de conteúdo consegue aplicar todas as funcionalidades de seu editor de texto.

    Todos esses problemas, entretanto, eram questões típicas da implementação de uma nova ferramenta de trabalho, que precisa ser lapidada para uma otimização desse tipo de ação.

    Entretanto, nenhuma das críticas desanimou a equipe de desenvolvimento do Gutenberg, que começou a entender melhor as dúvidas e os problemas apresentados pelos consumidores e conseguiu começar a otimizar esse processo.

    Conforme o tempo foi passando, as pessoas começaram a se adaptar ao novo modelo de editor, enquanto os erros ficaram cada vez mais raros. Com a nova atualização, algumas novidades atraíram o interesse geral do público.

    O projeto Gutenberg é nativo do WordPress, ferramenta de blogs muito popular e gratuita, o que faz com que diversos usuários optem por esse modelo. Por se tratar de um recurso nativo, ele não precisa ser instalado.

    A ideia do Gutenberg é justamente modernizar o processo de edição de publicações, criando uma experiência mais simples e rápida para o usuário final, possibilitando uma maior interação e personalização do conteúdo sobre uma capa coladinha para sofá.

    Através da divisão dos elementos da página em blocos, você consegue criar publicações únicas, adaptando-as à sua necessidade para aquele momento, e explorando os novos recursos que a plataforma pode oferecer.

    Com a funcionalidade de arrastar e soltar, fica ainda mais fácil personalizar esse material, permitindo que você inclua conteúdo e o modifique de forma muito mais livre, e sem a necessidade de entender de programação.

    O WordPress é uma plataforma modular, que trabalha com plugins para fazer uma série de modificações na estrutura do site e deixá-lo mais próximo do que o criador de conteúdo deseja.

    Por conta disso, a mudança para o Gutenberg exigiu uma atualização de diversos criadores de plugins, que tiveram que se adaptar ao novo modelo. Hoje, a maioria dos plugins mais populares para a plataforma já estão completamente adaptados.

    Um dos grandes motivos que fez a equipe de desenvolvimento produzir o Gutenberg foi justamente para facilitar o acesso de criadores de conteúdo através de ferramentas móveis, que possibilitam esse tipo de interação com muito mais funcionalidade.

    Dessa forma, vender uma luminária comercial LED se torna muito mais fácil quando você entende as diferenças que uma boa produção de conteúdo pode fazer, principalmente quando você tem a sua mão ferramentas de qualidade.

    Por ter uma tela de resolução muito menor que um computador convencional, é preciso que o editor de texto se adapte a essa tela para o produtor conseguir realizar suas ações de forma adequada.

     O Gutenberg 14.2

    Em sua versão mais recente, o Gutenberg traz uma série de novidades que alteram a forma como a maioria dos usuários interagem com a plataforma. Embora ainda existam críticas na comunidade, elas estão cada vez menores.

    Isso se deve em grande parte pela vontade dos desenvolvedores de criar uma ferramenta efetivamente funcional para o usuário comum. Com foco na experiência do cliente, eles estão dispostos a ver esse cenário mudar em breve.

    Assim, utilizar a ferramenta depende de seu gosto e do quanto você está interessado em aprender todas as funcionalidades dela.

    Mas isso se torna um importante passo para que a equipe do WordPress consiga melhorar ainda mais estes recursos para o blog da sua empresa de projeto elétrico.

    A aplicação está cada vez mais madura e estável, e apresenta uma estrutura mais adequada às necessidades dos consumidores. Por isso, é interessante saber todos os elementos que mudaram na nova versão para aproveitar ao máximo esses elementos.

    Correções de bugs

    Uma das principais funções de qualquer atualização é conseguir corrigir uma série de falhas e erros presentes em versões anteriores, e com esta nova edição do Gutenberg não foi diferente.

    Uma funcionalidade que foi inserida recentemente, conhecida como bloco de lista aprimorado, estava com alguns problemas na execução, e foi ajustado nessa nova versão do editor.

    Normalmente, quando alguém tentava utilizá-lo, tinha problemas com questão de alinhamento entre as listas, com o bloco se renderizando novamente sempre que uma nova lista era colocada na publicação.

    Além de corrigir essa questão, o Gutenberg 14.2 trabalhou para melhorar o carregamento inicial do editor, tornando essa opção muito mais viável para utilização por diversos profissionais em uma empresa de gestão de obras.

    Customização de calendário

    Outro item que passou por alguns ajustes na nova edição do Gutenberg foi o calendário. Este bloco possuía algumas restrições que acabavam prejudicando sua funcionalidade.

    Agora, não só os calendários do editor pré-carrega os estilos que o usuário definiu como padrão, ou que deixou padronizado pelo tema, mas ele também permite fazer algumas alterações simples, como:

    • Plano de fundo;
    • Link;
    • Cor do texto;
    • Fonte.

    Essas pequenas alterações são muito importantes para possibilitar uma personalização maior do conteúdo, o que é muito necessário para que criadores de conteúdo possam melhorar ainda mais seu material.

    Os calendários são uma ferramenta útil para diversos segmentos, e conseguir adaptá-los a suas necessidades é um avanço importante na utilização do Gutenberg, tornando-o muito mais adequado para o mercado.

    Assim, criadores de conteúdo podem otimizar seus processos, e acabam melhorando significativamente suas opiniões sobre o editor, o que ajuda a melhorar o desempenho dele no mercado em que está inserido, como o de avaliação de ruído para conforto acústico.

    Banners e rodapés

    A estrutura visual de um blog no WordPress é um dos itens mais importantes para a produção de conteúdo, e trabalhar com estes elementos é a chave para ganhar mais destaque no mercado.

    Por isso, as funcionalidades inseridas para a elaboração de rodapés na publicação, bem como na criação de banners ajuda a deixar o conteúdo muito mais simples e otimizado, garantindo um processo mais adequado para a criação do material.

    Dessa forma, o usuário consegue estruturar melhor o que vai em cada área do conteúdo, utilizando seus recursos de forma muito mais expressiva e otimizando esses processos para ganhar mais destaque no tipo de material que você consegue trabalhar a longo prazo.

    Preenchimento de links

    O grande motivo para a criação do Gutenberg é facilitar o processo de produção de conteúdo para o WordPress, e por isso, uma série de funcionalidades têm sido apresentadas para otimizar esses processos.

    Uma das mais recentes, inserida na versão 14.2, é a de preenchimento automático de links. Dessa forma, você evita ter que caçar links e escrevê-los por inteiro, o que pode tomar tempo e dá chances de erros.

    Para usar essa funcionalidade, basta digitar “[[“ que a ferramenta abre uma lista de links de conteúdos publicados para que você possa inseri-lo e utilizar rapidamente este tipo de atividade em um post sobre caixa de papelão para bebidas que a sua empresa pretende postar.

    Vale lembrar que o atalho não pode ser usado com as aspas, que impedem seu funcionamento e servem apenas para demonstrar qual é o código que precisa ser digitado na plataforma.

    Espaçamento de letras

    O Gutenberg 14.2 inseriu uma funcionalidade muito importante para a estrutura de criação de conteúdo com o espaçamento de letras em títulos. Antes, essa possibilidade ficava restrita ao conteúdo em si.

    Com esse espaçamento adequado, o usuário pode escolher livremente o uso de fontes e outros recursos que tornem o título mais atrativo para seu público-alvo.

    Tornando esse um recurso muito importante para esse tipo de ação em sua página sobre o seu trabalho como cozinheira para residência.

    Considerações finais

    O WordPress é uma ferramenta muito importante para diversos segmentos do mercado, e por isso, as atualizações em ferramentas nativas do mesmo são muito importantes.

    Embora o Gutenberg tenha um longo caminho a percorrer, suas atualizações mostram que a equipe de desenvolvimento segue trabalhando arduamente para conseguir oferecer uma estrutura adequada para o usuário final.

    Com a atualização 14.2, é possível que muitos clientes insatisfeitos comecem a voltar a utilizar a plataforma, uma vez que estes recursos são importantes para otimizar esse processo como um todo.

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

     

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade