Michael Campos

Gerenciamento de crise: como fazer de forma eficaz

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos!

    The Ultimate Managed Hosting Platform

    Compartilhe

    O gerenciamento de crise é um dos itens mais importantes do mercado atual. Qualquer companhia eventualmente passará por uma situação mais complicada, que precisa de cuidados e atenção especiais.

    Quando as pessoas veem o termo crise, elas automaticamente pensam em grandes tragédias operacionais, que envolvem uma série de equipes diferentes para lidar com a situação e cujos impactos podem ser desastrosos para a empresa.

    Embora um bom gestor de crise saiba lidar com esse tipo de situação, boa parte do trabalho de gerenciamento é justamente identificar crises quando elas estão começando para impedir que a situação chegue a esse ponto.

    Alguns profissionais se especializam em identificar e resolver crises, tornando-os ótimas ferramentas para qualquer empresa de troca de embreagem que esteja se programando para evitar complicações no futuro.

    Entretanto, empresas menores podem não conseguir arcar com os custos necessários para manter um profissional como esses. Isso não significa, entretanto, que essas empresas devem ficar despreparadas.

    É possível destacar um gestor ou até mesmo o proprietário da empresa para estudar e treinar técnicas de gerenciamento de crise, garantindo um certo conhecimento e preparo para esse tipo de situação quando ela ocorrer.

    O termo gerenciamento de crise engloba uma série de práticas que tem como principal função reduzir os prejuízos que uma empresa recebe quando uma situação como essas acontece. Esses prejuízos podem vir de diversas formas, como:

    • Financeiro;
    • Imagem;
    • Social;
    • Corporativo.

    Independentemente dos impactos que uma crise gera na empresa, ela sempre acaba dificultando o processo de manutenção e em muitos casos isso acontece por uma pequena falha que não foi avaliada adequadamente.

    Deslizes de gestão, sobretudo durante o processo de tomada de decisão, também costumam gerar impactos negativos e muitas vezes acabam prejudicando a empresa no formato de uma crise.

    Até mesmo acidentes naturais podem causar esse tipo de ação, reduzindo o impacto da empresa no mercado e dificultando o futuro da companhia, uma vez que ela perde força em momentos essenciais.

    Por conta disso, muitas companhias acabam criando planos e estratégias de contingência para lidar com problemas mais comuns e para tentar impedir que crises mais graves aconteçam.

    Assim, uma empresa de triciclo para transporte de gás pode estar sempre preparada para lidar com questões importantes e garantir um resultado de qualidade em suas ações.

    Criando um plano de gestão de crises

    O primeiro passo para conseguir lidar com uma crise é estar preparado para ela antes mesmo de acontecer. Por isso, o planejamento é um dos passos fundamentais que você deve ter com esse tipo de situação.

    Conseguir se organizar para criar um plano de gestão é muito importante para empresas de qualquer porte, uma vez que esse tipo de modelo é altamente personalizável, tornando-se específico para sua companhia.

    Avaliação de risco

    Para saber o que você deve fazer em caso de crise na empresa, é importante pensar quais são os elementos que podem gerar a crise em primeiro lugar. Por isso, avaliar todos os riscos da empresa é muito importante.

    Essa pesquisa identificará uma série de pontos fracos da companhia ou itens que precisam ser melhorados, além de serem criados uma série de cenários de crise que a empresa pode enfrentar no futuro.

    Com essas informações em mãos, é muito mais fácil criar medidas preventivas para complicações que possam acontecer no futuro, deixando sua companhia de guincho automotivo muito mais segura.

    Impactos na empresa

    Diferentes tipos de crise geram resultados diferentes para sua empresa, por isso é preciso identificar quais serão os impactos de cada tipo de crise que você determinou como uma possibilidade na etapa anterior.

    Isso ajuda a entender a intensidade que a crise pode chegar, principalmente com relação a estrutura da empresa e os setores que serão diretamente afetados por ela e que precisam ser reorganizados.

    Ainda que você esteja trabalhando ativamente para reverter uma crise, não dar atenção para uma área que está sendo impactada pode deixar todo seu trabalho sem resultado nenhum.

    Você deve procurar ativamente como uma crise afeta suas transações comerciais, criando planos estratégicos para evitar que esse tipo de situação saia de controle e faça você perder sua posição no mercado.

    Com um plano de gestão de crises específico para as questões determinadas em sua avaliação, você terá mais tranquilidade para lidar com esse tipo de situação em uma empresa de aluguel de vans.

    Analisando possibilidades

    Nem sempre a opção mais óbvia é a melhor para a empresa, sobretudo no caso de uma crise. O que parece uma solução à primeira vista pode gerar problemas em outro setor e tornar a crise ainda pior.

    Por isso é importante que você avalie todas as possibilidades em cada cenário de crise que foi pensado na estrutura de sua empresa, assim você terá uma gama de opções de resolução para escolher.

    Esse tipo de atividade é fundamental e ajuda a otimizar ainda mais sua situação, ampliando seu escopo de soluções dentro da companhia. Quanto mais alternativas você tiver, melhor.

    Completando o documento

    Um plano é, acima de tudo, um documento. Ele deve ser redigido e de fácil acesso a todas as pessoas responsáveis por tomar decisões e por gerir a crise quando a empresa passar por ela.

    Por isso, é importante que você deixe todas as informações claras e objetivas, mas ainda assim bem detalhadas para que qualquer profissional consiga identificar quais serão os próximos passos a tomar.

    Normalmente uma equipe de gestão de crises conta com os chefes de cada departamento impactado pela situação, junto de profissionais de comunicação que estejam acostumados com crises.

    Essas pessoas ajudarão a entender melhor a documentação relacionada a crises da empresa, bem como analisar quais são os itens mais importantes para a crise que está acontecendo naquele momento.

    Uma boa maneira de garantir um resultado de qualidade em seu plano de gestão é entregá-lo a terceiros para avaliação, dessa forma você garante uma aceitação maior, feita por pessoas imparciais.

    Existem companhias que se especializam nesse tipo de avaliação, tornando-as uma excelente opção para sua companhia de cadeira de rodas se estabelecer com qualidade no mercado.

    Gerenciando crises

    Para entender melhor a situação em que sua empresa se encontra, é ideal saber como lidar com relação a algumas crises em particular, tendo uma ideia por alto do tipo de situação que você pode encontrar a longo prazo.

    Marketing

    As crises no marketing estão relacionadas a ações polêmicas ou campanhas em um posicionamento ruim. Normalmente elas impactam diretamente a reputação da empresa.

    Esse tipo de crise tem chance de espalhar-se muito rapidamente, principalmente se tiver um engajamento rápido com o público, que começará a questionar a empresa sobre a situação.

    Nesse caso, é muito importante que sua equipe de marketing tenha cuidado ao elaborar uma nova estratégia. Conhecer não só o mercado, mas o ambiente e a cultura local são elementos fundamentais desse tipo de ação.

    Para oferecer máquinas de café para alugar você precisa criar uma campanha de marketing instigante, mas que esteja de acordo com o público que deseja alcançar.

    Vendas

    As vendas são uma área que passa por crises que muitas vezes não estão relacionadas diretamente com ações da empresa. Imprevistos são comuns nesse segmento, e eles geram a maior parte das situações que precisam de atenção.

    Isso inclui uma série de elementos, desde clientes se afastando da empresa a funcionários deixando-a, ou mesmo uma estratégia que foi planejada e pensada para não ter o retorno do público.

    Esse é um dos elementos mais importantes de sua estratégia de gestão de crises, e aqui a regra principal é a transparência. Deixe tudo claro com sua equipe e busque soluções para minimizar os danos.

    Quando todos trabalham juntos, sua empresa de aluguel de equipamentos de tecnologia tende a prosperar cada vez mais.

    Serviços

    Outra área que pode passar por diversas crises é a prestação de serviços. Muitas reclamações ou problemas depois de completar a atividade podem gerar um impacto muito negativo para a empresa.

    Nesse caso, o ideal é identificar o que gerou a crise e resolver de forma rápida e proativa, sem deixar o cliente esperando. Uma boa resolução pode até fazer com que o consumidor se torne fiel à sua empresa de treinamento e consultoria.

    Considerações finais

    O gerenciamento de crises é uma questão que precisa ser avaliada com muito cuidado, uma vez que ela gera uma série de impactos diferentes em sua empresa.

    Quanto mais você se estrutura para lidar com esse tipo de questão, mais sua empresa estará pronta para se tornar uma verdadeira liderança dentro de seu segmento de atuação, reduzindo drasticamente a chance de novas crises no futuro.

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade