Michael Campos

Quais são os novos padrões de anúncios do Google Ads

Picture of Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos!

    The Ultimate Managed Hosting Platform

    Compartilhe

    Não é de se surpreender que o Google é o mais exigente em todas as configurações, e por isso que os novos padrões de anúncios nas páginas possuem várias diretrizes para melhorar a forma como os usuários recebem esses anúncios.

    Ou seja, os novos padrões que os anunciantes do Google Ads receberam recentemente em uma nova atualização na política de requisitos de destino tem como objetivo seguir os “Melhores padrões de publicidade” descritos em The Better Network.

    A Better Ads Network está comprometida em garantir que a publicidade on-line seja o mais amigável e natural para evitar experiências como sons de reprodução automática, pop-ups ou vídeos promocionais de diversos outros tipos.

    Ou seja, a partir de outubro, todos os anunciantes, até os de serviço de rastreamento de veiculos, devem aderir a vários padrões de publicidade.

    E como o próprio Google tem o maior ecossistema de anúncios no espaço digital com o Google Ads, ele determina o que é um anúncio irritante, porque os dados da empresa formam a base para esses padrões.

    Nesse sentido, se uma empresa de automação para ar condicionado estrutura um anúncio adequado, ela estará seguindo os padrões estabelecidos pelo Google, e consequentemente conquistando novos clientes, já que é o próprio que realiza as diretrizes.

    No entanto, a empresa agora está explicando aos anunciantes que a experiência do anúncio no site deve seguir esses padrões do Better Ads para que os próprios anúncios não sejam rejeitados pelo Google Ads.

    Alterações a partir de outubro de 2022

    A partir de outubro, somente os anúncios que atenderem aos padrões da Better Ads serão qualificados. Ou seja, os anunciantes podem verificar se seus anúncios atendem a esses padrões no Relatório de Experiência do anúncio.

    E assim ficará mais fácil mapear os anúncios que estarão dentro do padrão estabelecido pelas normas padrões da Better Ads.

    Lembrando que, quando o Google reprova um anúncio, nem sempre fica claro por que ele foi reprovado ou o que isso significa para o restante da campanha de um anunciante.

    Mas agora, com essas medidas estabelecidas em relatório, ficará claro e simples de entender esses processos do Google. Os principais objetivos por trás de todas essas novas diretrizes do Google são:

    • Atualizar a política de anúncios;
    • Fornecer exemplos claros e linguagem atualizada de reprovações;
    • Garantir que os anúncios sejam mais amigáveis aos usuários;
    • Fazer com que os anúncios ganhem mais credibilidade.

    Ou seja, de forma bem clara, essas novas medidas garantirão uma melhora na forma como os usuários interagem e percebem esses anúncios massivos.

    Por que o Google Ads mudou a política de anúncios?

    O Better Ads Standard da Coalition é o resultado de uma pesquisa com mais de 150.000 consumidores que identificaram experiências de anúncios que ficaram abaixo dos limites de aceitação do consumidor.

    Ou seja, os resultados obtidos consideraram as mais propensas a levar os consumidores a instalar bloqueadores de anúncios, o que não acontece se uma propaganda de distribuidor de seringas descartáveis, por exemplo, estiver de acordo com as diretrizes.

    Por essa lógica, quanto mais pessoas insatisfeitas, mais pessoas bloqueiam anúncios para não verem como são estabelecidos.

    Quanto menos pessoas veem um anúncio, mais custa às empresas anunciarem na plataforma, fazendo com que elas invistam mais sem terem resultados positivos, e sem que resultem em importantes ações para a lucratividade da empresa.

    Por isso muitas até deixam de investir, pois se torna um caminho de mão dupla. A pesquisa conduzida pelo Better Ads Standard da The Coalition também mostra quais tipos de anúncios os consumidores mais desejam.

    Dessa forma, eles fornecem ao Google informações valiosas sobre em quais tipos de anúncios a empresa deve investir nos próximos anos.

    Quais os novos padrões de publicidade do Google?

    É fato que muitos anúncios serão bloqueados, e nem é preciso dizer que em algum momento da jornada na internet, muitos muitos desses anúncios já irritaram você.

    É por isso que o Google está trabalhando para eliminá-los, pois a ideia é justamente melhorar a experiência do usuário e a interação com as páginas e anúncios.

    Veja abaixo uma lista dos principais modelos de anúncios que serão reprovados pelos novos requisitos de segmentação:

    Vídeo do YouTube

    A empresa notificou por e-mail todos os anunciantes sobre as mudanças em suas políticas, alertando sobre como funcionarão os anúncios de outubro e como serão reprovados caso a experiência dos anúncios não atendam aos “melhores padrões de anúncios”.

    Aqui está parte de um e-mail que a empresa enviou no início de setembro:

    “Em outubro de 2022, a Política de Requisitos de Destino será atualizada para incluir uma nova política que exige que as experiências de anúncios atendam aos Melhores Padrões de Publicidade da Better Network.

    Destinos com experiências de anúncios que não atendem aos Better Ads Standards serão informados por meio do relatório de experiências de anúncios, e qualquer anúncio direcionado a esses destinos será reprovado.”

    Ou seja, caso uma empresa de equipamentos de proteção individual deseje anunciar no Google Ads, será preciso estar dentro dos padrões solicitados pela Better Network.

    Anúncios pop-up

    Os anúncios pop-up são ainda características da internet 1.0, são aquelas janelas irritantes que aparecem na tela do seu computador ou telefone quando você visita um site e bloqueia o conteúdo principal da página.

    Eles são uma forma de publicidade online focada em atrair tráfego da web e geralmente são gerados em uma nova janela do navegador com a ajuda de JavaScript ou Adobe Flash.

    Embora esses anúncios sejam uma das técnicas de publicidade online mais populares, eles não são muito bem-vistos pelos internautas, e por isso que já existem vários produtos e programas disponíveis para desativá-los e tirá-los.

    Segundo a pesquisa, eles são um dos incômodos mais citados pelos visitantes do site, pois sobrecarregam a área de trabalho e exigem tempo e esforço para fechar a janela do anúncio. Além disso, cobrem outras janelas e se tornam a janela ativa.

    De fato, o custo é altíssimo para quem anuncia na plataforma do Google, inclusive o custo dos anúncios pop-up são bem mais elevados em comparação com outros tipos.

    Nesse sentido, mesmo que um site de serviço de entrega de encomendas insira esse tipo de anúncio, se quiser se adaptar às novas diretrizes do Google, será preciso retirá-los do sistema.

    Anúncio em vídeo de reprodução automática com som

    Os anúncios em formato de vídeo que são reproduzidos automaticamente sem qualquer interação do usuário é outra questão que deve ser evitada.

    Essas experiências são especialmente perturbadoras porque pegam os leitores desprevenidos e os forçam a fechar rapidamente janelas ou abas para interromper o som.

    Anúncio com contagem regressiva

    Os anúncios que possuem contagem regressiva são muito incômodos pois força o usuário a esperar alguns segundos para então poderem fechar a página.

    Além disso, os fazem saírem do site antes de acessar o conteúdo e até mesmo antes de ter o carregamento completo do material da página.

    Portanto, se o seu site de sistema de controle de caixa for bem-estruturado, com um bom design e bom planejamento de marketing visual e não tiver anúncios incomuns com contagem regressiva, o Google não irá penalizá-lo.

    Os anúncios impedem os usuários de acessarem o conteúdo principal (com ou sem contagem regressiva).

    Esses anúncios para celular aparecem na página antes que o conteúdo seja carregado, impedindo que os usuários continuem a pesquisar o que estavam procurando.

    Esses pop-ups variam em tamanho de tela cheia para tela parcial. Eles também podem aparecer como uma página separada, impedindo que os usuários acessem o conteúdo principal.

    Grandes anúncios fixos que permanecem na página

    Esses grandes anúncios fixos ficam na borda inferior da página, independentemente de o usuário descer mais o site ou não.

    Esse anúncio fixo, estático e imóvel ocupa mais de 30% do espaço da tela quando o usuário navega na página. Eles são um impedimento, bloqueando parte da visualização da página, não importa para onde o usuário se mova.

    Tamanhos de anúncios maiores que 30%

    Anúncios que ocupam mais de 30% da altura vertical da página são outro tipo de anúncios que passarão a ser reprovados pela Better Network.

    A densidade do anúncio é determinada adicionando as alturas de todos os anúncios na seção de conteúdo principal de uma página para celular e dividido pela altura total da seção de conteúdo principal da página.

    Portanto, o ideal para o site de uma empresa de serviço de alimentação corporativa, por exemplo, ou qualquer outra de qualquer segmento, é de fato estruturar os tamanhos adequados.

    Anúncio animado piscando

    Planos de fundo animados, texto e cores trêmulas e/ou que mudam rapidamente podem irritar muito os consumidores e causar sérias distrações quando eles tentam ler o conteúdo de uma determinada página.

    Mesmo que você tenha um incrível serviço de vans para alugar e esteja muito ansioso para divulgar, o melhor é investir em anúncios dentro dos padrões estabelecidos pela Better Network.

    Isso conta investir também em um bom marketing de conteúdo para que seu site apareça nas primeiras páginas de busca.

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade