Michael Campos

Cultura organizacional: como definir de uma forma eficaz

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos!

    The Ultimate Managed Hosting Platform

    Compartilhe

    Diferenciar sua empresa e demonstrar que ela é única diante do mercado é algo que os empreendedores buscam cada vez mais, tendo essa identidade e referência. Com isso, considerar a cultura organizacional é um passo cada vez mais necessário.

    A cultura organizacional tornou-se um dos critérios de avaliação do público e até mesmo dos profissionais do mercado de trabalho, buscando sempre empresas que convergem com os seus objetivos e metas.

    Um bom produto, serviço ou até mesmo uma boa remuneração apresentada já não é mais suficiente para que os clientes e profissionais optem por consumir ou trabalhar em sua empresa.

    Por exemplo, uma empresa de aluguel de empilhadeira, ao preservar essa cultura organizacional e deixar claro os seus valores, normas e crenças, se cria um ambiente propício a uma harmonia, além de realizar essa motivação às pessoas.

    Por isso tem se tornado algo totalmente necessário promover uma cultura organizacional que engaje as pessoas e faça com que a sua empresa fique marcada positivamente através dessas características.

    Afinal, quando paramos para pensar, as empresas são um universo à parte, tendo uma comunicação e convívio constante entre os colaboradores e o público, assim para que se tenha uma evolução, preservar e evidenciar essa cultura é algo totalmente necessário.

    Pensando nisso, hoje iremos falar justamente sobre a cultura organizacional, fazendo com que você entenda sua significação, quais são as diferenças entre cultura e clima organizacional e principalmente como definir essa cultura de uma forma eficaz. Confira!

    O que é a cultura organizacional?

    A cultura organizacional está associada a um conjunto de diretrizes que envolvem os valores, normas e hábitos de uma empresa, sendo algo fundamental ao se pensar na identidade e em como o negócio se mostra no mercado.

    Assim, além de ter esse papel essencial através das características da empresa, essa cultura é uma forma de orientar as práticas, ações e comportamento das pessoas, refletindo a missão, visão e valores do negócio.

    Por exemplo, se um serviço de projeto de estrutura metálica adota como sua política a preservação ao meio ambiente e um descarte consciente dos materiais, essa prática é algo claro em relação à sua cultura organizacional.

    Com isso, a cultura organizacional está totalmente associada à identidade da empresa, auxiliando na consistência para a tomada de decisões, além de manter uma coesão e um bom relacionamento entre as equipes.

    Por isso, por ter até mesmo uma influência na comunicação interna e externa da empresa, a cultura organizacional pode ser uma alavanca e tanto para os negócios, indo ao encontro do sucesso e de decisões cada vez mais assertivas.

    Além disso, quando se pensa na grande quantidade de empresas no mercado, preservar essa cultura e mostrar os valores da empresa é tornar o negócio único e totalmente autêntico.

    Diferenças entre cultura e clima organizacional

    Quando se pensa nesse mundo corporativo e no dia a dia das empresas, muitos acabam confundindo a cultura com o clima organizacional justamente por serem palavras que têm suas semelhanças.

    Para deixar claro, a cultura organizacional como está sendo visto é o propósito e valores da empresa que conduzem os funcionários a realização dos objetivos, além de ser uma espécie de base para que as decisões possam ser tomadas.

    Já quando falamos de clima organizacional, esse conceito se caracteriza através da percepção que os colaboradores têm do ambiente de trabalho, levando em conta a sua remuneração, colegas e a estrutura que a empresa oferece.

    Por exemplo, se o colaborador de um distribuidor de molduras de isopor tem um bom relacionamento com os seus líderes e a empresa oferece uma boa estrutura de trabalho, o clima organizacional se mostra totalmente positivo.

    Por isso, por mais que esses termos tenham suas diferenças através da significação, é importantíssimo que se tenha esse alinhamento nos dois fatores para que sua empresa caminhe da melhor forma possível.

    Quando as ações da empresa são condizentes com a cultura que ela divulga e propaga, o clima tem de tudo para ser o melhor possível, incentivando e retendo o melhor de cada colaborador.

    Dessa forma, para que a empresa mantenha uma credibilidade e tenha esse ambiente de engajamento e total evolução, realizar esse equilíbrio e alinhamento entre ambos os termos é algo totalmente necessário.

    Como definir uma cultura organizacional eficaz?

    A cultura organizacional, como exemplo de grandes empresas, não é construída da noite para o dia, por isso é totalmente necessário que se tenha muito esforço e dedicação para que esses valores venham ser destacados.

    Ao pensar, por exemplo, em uma fábrica de máquinas empacotadoras que é referência nesse meio das indústrias, pode ter certeza que a cultura nesse local não foi estabelecida em um passe de mágica.

    Por isso, como foi mencionado no texto, a cultura é construída através da comunicação e interação das pessoas que compõem a empresa, variando sempre de acordo com o mercado e o modelo do negócio.

    Com isso, é totalmente possível estabelecer a cultura organizacional em sua empresa, entretanto é importante que todos tenham em mente como esse processo é realizado, estabelecendo essa cultura da melhor forma possível.

    Pensando nisso, para auxiliar nesse processo e fazer com que a cultura organizacional da sua empresa seja um diferencial e tanto, confira algumas ações a serem realizadas.

    • Preserve uma comunicação eficaz;
    • Tenha de forma clara as imagens de CEO e líderes;
    • Construa um programa de Employee Advocacy;
    • Estruture de acordo com a mensagem a ser passada;
    • Tenha cuidado e atenção com reuniões inúteis;
    • Ofereça flexibilidade paras as equipes;
    • Comunique de uma forma assertiva a missão, visão e valores.

    Assim, ao estabelecer essas ações, pode ter certeza que o caminho para ter essa cultura organizacional eficaz está sendo realizado de uma forma correta, indo em direção a passos que empresas de muito sucesso realizaram diante do mercado.

    Por isso, é essencial que se preserve essas ações desde uma empresa de materiais esportivos a uma manutenção elétrica em condomínios, enxergando o quanto ter essa cultura organizacional valoriza sua empresa em todos os sentidos.

    Além disso, ao ter essa cultura organizacional bem definida, a propagação e popularidade da empresa se estabelecem de uma forma natural diante de um trabalho e cultura que está sendo realizado com perfeição.

    Tipos de cultura organizacional

    Por mais que a cultura organizacional pareça ser algo único e sem muitas mudanças através das duas características, existem 4 classificações que definem e exemplificam bem cada cultura.

    A divisão dessas culturas mais conhecidas e abordadas no mercado pelas empresas é do autor e filósofo Charles Handy, sendo caracterizadas através da sua significação como:

    1 – Cultura de poder

    Essa cultura e gestão é conhecida pelas decisões e todos os movimentos da empresas são centralizadas pela liderança, assim os colaboradores são estimulados entre si para atingir os objetivos.

    Por exemplo, se em uma equipe de topografia se realiza a aplicação dessa cultura, a figura do líder é algo muito forte, sendo o principal responsável pelas decisões e por cada passo que essa equipe irá realizar.

    Além disso, essa cultura se caracteriza também por ter uma hierarquia totalmente definida, limitando o crescimento dos colaboradores e não abrindo esse espaço para a criatividade e desenvolvimento pessoal de todos.

    Por isso, através dessas características essa cultura é conhecida por delegar, dessa forma ela se mostra totalmente limitada, enfrentando alguns problemas em sua aplicação e clima dentre a empresa.

    2 – Cultura de tarefas

    Essa cultura se caracteriza por contar com profissionais específicos para a realização de cada atividade, assim se tem o máximo de contribuição e desempenho de cada um, justamente para que os objetivos venham ser alcançados.

    Por exemplo, ao pensar e considerar essa cultura em um projeto de estrutura metálica para galpão, se tem uma liberdade para a realização desse projeto, contando com o incentivo e o empenho de cada um dentre a empresa.

    O único ponto de atenção ao pensar nessa cultura é justamente o controle e o monitoramento, já que não tem uma figura que delega ou fica cobrando os seus colaboradores.

    3 – Cultura de pessoas

    As empresas que seguem essa linha da cultura de pessoas valorizam ao máximo os seus colaboradores, criando um ambiente totalmente propício ao crescimento e ao desenvolvimento de cada um.

    Além disso, nessa cultura os colaboradores tendem a se sentir extremamente valorizados, estando diante de um ambiente de evolução e crescimento.

    Essa cultura é ideal para atrair jovens talentos, demonstrando essa valorização ao colaborador e criando esse ambiente onde todos se desenvolvem e aprimoram suas habilidades.

    4 – Cultura de papéis

    Essa cultura é caracterizada pelo foco nos papéis de cada um dentre a empresa, assim a hierarquia é totalmente estabelecida e aplicada, não gerando um espaço para uma flexibilidade e colaboração de todos.

    Por exemplo, dentre essas culturas, se uma pessoa é responsável por realizar um trabalho de envidraçamento de sacadas com vidro, a única função e papel dessa pessoa é exatamente essa.

    Assim, esse modelo é sempre caracterizado por seguir fortemente as regras estabelecidas, não abrindo espaço para opiniões e ideias de fora.

    Agora que você tem o conhecimento em relação a tudo que faz parte da cultura organizacional, chegou o momento de estabelecer essa característica em sua empresa e se tornar referência no mercado através da sua cultura organizacional.

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade