Michael Campos

Conheça os redesigns mais marcantes para inspiração

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos em primeira mão!

    Compartilhe

    A sobrevivência de uma empresa no mercado depende muito do seu processo de adaptação, observando as novas tendências sociais, para que seja possível atualizar suas ações, podendo inclusive se inspirar nos redesigns mais marcantes existentes.

    Pois além de atualizar os seus produtos e serviços, muitas vezes uma companhia precisa também modificar a sua identidade visual, para que seja possível informar ao público sobre a conexão da mesma com os conceitos presentes na atualidade.

    Por isso, é preciso seguir as tendências visuais que podem estar presentes nas mais diversas áreas sociais, passando por uma variação artística, mas conversando também com as decisões comerciais a serem adotadas por diferentes negócios, de forma complementar.

    Como na importância para a s companhias de trabalharem hoje com soluções audiovisuais, permitindo assim uma melhor exploração das suas atividades, informando ao público através de conteúdos específicos quais são as particularidades de cada empresa.

    Dentro dessas possibilidades visuais, se tem destaque a identidade visual de uma marca, como o logotipo utilizado pela mesma, responsável por definir a personalidade presente em uma marca, o que pode ser percebido através de fontes, formas, cores e símbolos.

    Esse processo de reformulação de uma marca é tão importante que muitas vezes é comum para o público se afeiçoar a um logotipo específico, sem ao menos saber que essa identidade visual sequer se trata do visual original da empresa.

    Isso é possível por causa do processo contínuo de reformulação da marca que deve ser adotado pelas empresas. Garantindo assim que essa companhia consiga se destacar junto ao seu público, independente do período em que ambos se encontrem.

    Como uma empresa de contabilidade online, que por lidar com ferramentas digitais que acompanhavam as novas tecnologias presentes no mercado, essa empresa passa a ter a responsabilidade de atualizar também a identidade desse negócio.

    E isso está muito além da escolha de símbolos ou cores que possam tornar sua empresa mais atrativa ao público, por mais que isso seja relevante. É importante também se certificar de que essa identidade visual esteja alinhada às ações da companhia.

    Dessa forma, é preciso acompanhar todo tipo de tendência que pode estar relacionada aos seus negócios, passando pelo público, pelo mercado e por qualquer situação que esteja associada aos produtos e serviços oferecidos pelo seu empreendimento.

    Tudo a confirmar a necessidade de se trabalhar constantemente não apenas com a construção numa dimensão ao seu negócio, mas também a uma completa reestruturação da mesma, quando for necessário, o que acontece bastante nos últimos anos.

    O processo de renovação do mercado

    É comum ver as marcas apresentarem novos logos e símbolos, assim como tipografias, renovando dessa forma a identidade visual dessas empresas. No entanto, esse processo tornou-se muito maior entre os anos de 2020 e 2021.

    É possível associar isso ao processo de completa renovação do mercado, que teve que se adaptar ao um novo cenário trazido pela pandemia, no qual as atividades digitais passaram a ter uma maior relevância, além de outras aplicações.

    A fazer com que novas tecnologias e tendências, como o desenvolvimento de software sob medida, tenha se tornado um processo cada vez mais comum entre os mais diversos tipos de negócios. 

    Ao acompanhar isso, o processo de rebranding também se tornou presente dentro dessa nova realidade, onde se mostra necessário que as empresas reafirme quais são os seus valores e próprios, após terem que passar por uma fase de readaptação de suas ações.

    Mas enquanto grandes conglomerados trabalham com equipes enormes, responsáveis por compreender quais são as novas tendências do mercado, a ponto de adotar essas novas estratégias às suas marcas, negócios menores encontram um maior desafio nesse sentido.

    A forma de se preparar nesses casos, pode ser a partir de uma observação não só das tendências presentes no mercado, mas também de como as grandes empresas estão lidando com esses movimentos, incluindo-os em sua identidade visual.

    Redesigns marcantes para se inspirar

    Nesses últimos anos diversas foram as empresas que atualizaram os seus logos, adotando um novo estilo visual. Enquanto em alguns casos ocorreram leves adaptações, em outros houve uma mudança geral desses elementos, até mudança de nome chegou a ocorrer.

    Entre as empresas que sofreram alguma mudança nesse sentido, é possível citar as ações de algumas companhias.

    TV Globo

    O grupo Globo de comunicação vem passando por diversas alterações, focando em novas formas de distribuir os seus conteúdos. Nesse processo, a empresa passou a apostar em alinhamento visual entre todos os seus produtos, como canais de TV e internet.

    O que levou também a mudança visual da TV Globo, abandonando o design geométrico  desenvolvido por Hans Donner, apostando em mudanças de cores em degradê, trazendo uma variedade de tons, acompanhando um melhor desenho e melhoria de processos.

    Warner

    No ramo de entretenimento, não é somente no Brasil que está existindo um processo de remodelação das marcas, com os grandes estúdios deixando suas identidades tradicionais, apostando em vias mais modernas, ligadas a tecnologia.

    Isso se faz por causa da produção de estudo para os seus serviços de streaming, a fazer com a Warner, por exemplo, modificasse o seu brasão por um escudo menos largo, tendo o azul como cor predominante, passando uma ideia de renovação ao estúdio de cinema.

    Burger King

    Diversos são os ramos que podem ser beneficiados por uma mudança de identidade, inclusive empresas de alimentação. Pertencente a esse setor está o Burger King, que hoje possui uma logo mais minimalista, simulando a imagem de um hambúrguer.

    Marcas de automóveis

    Nenhuma marca gosta de ficar para trás, e é justamente por isso que é comum vermos mudanças viárias ocorrerem ao mesmo tempo entre diversas empresas do mesmo setor, como na corrente de mudança que esteve conectada aos setor automobilístico.

    Companhias como BMW, Volvo e Renault passaram a exibir um logo mais minimalista, deixando de lado os tradicionais símbolos metálicos por imagens planas, a passar uma maior sensação de movimento, algo essencial para essas empresas.

    A Peugeot, por outro lado, apostou no resgate do brasão como seu principal símbolo, apostando no estilo tradicional, sem abandonar o seu maior ícone que é a figura do leão.

    Nubank

    Assim como muitas das empresas citadas, o Nubank também apostou em um visual mais minimalista, por mais que o logo da entidade financeira já se destacasse por sua maior simplicidade, adotando apenas a linhas e traços mais finos para sua marca.

    De uma forma geral, o movimento minimalista ganhou força nos últimos anos, estando presentes desde empresas de contabilidade ou do ramo financeiro, até companhias de tecnologia ou farmacêutica.

    Pfizer

    A companhia farmacêutica viu o seu nome ganhar um grande destaque a partir do período da pandemia de covid-19, com o desenvolvimento de vacinas. A partir desse reconhecimento, a empresa aceitou em 2021 por modificar o seu tradicional logo.

    A imagem que fazia referência a uma pílula azul deu espaço para um logotipo que represente maior movimento, destacando diferentes atividades a serem englobadas pela companhia, indo além do desenvolvimento de remédios.

    CIA

    A agência de segurança americana modificou o seu clássico logo, que trazia uma águia, tradicional símbolo do país, por uma identidade mais moderna, com a predominância da cor preta, através de um selo digital.

    Hotjar

    A empresa de análise digital, mais conhecida por quem trabalha com soluções na internet, apostou em uma identidade mais tradicional, adaptando o sinal de fogo que antes era associado à companhia. 

    O ramo de tecnologia como um todo, como no serviço de backup para empresas, vêm apostando em identidades mais tradicionais, diante do reconhecimento que esse setor está passando a ter no mercado como um todo.

    Facebook, Inc

    O Facebook passou por uma transformação mais drástica, trocando o nome da companhia, que agora atende pelo nome Meta, e buscando um alinhamento visual entre os serviços ligados à companhia, por meio de redes sociais como:

    • Facebook;
    • Instagram;
    • Messenger;
    • WhatsApp.

    Sobre o logo da Meta, trata-se de uma identidade que remete ao um gráfico 3D, dando flexibilidade para a empresa de tecnologia.

    Adobe Creative Cloud

    Falando de alinhamento criativo da marca, é importante citar também a marca Adobe, que ordenou todos os logos de produtos da empresa, como Illustrator e Photoshop, reunindo as cores de cada variação dentro do logo principal da companhia, agora multicolor.

    E com tantas possibilidades citadas é importante para a sua marca, como uma loja de vendas de tintas que está passando por um processo de reestruturação, estudar bem quais serão as soluções visuais que serão aplicadas em sua empresa.

    Pois um processo de rebranding mal planejado pode trazer grandes prejuízos a sua marca, caso exista algum ruído de comunicação entre sua nova identidade e o público acostumado a consumir dos seus produtos e serviços.

    Logo, mais importante do que criar uma imagem para sua companhia, pode ser o processo de criação de uma atualização da mesma.

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade