Michael Campos

Como resolver o erro crítico no WordPress

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos em primeira mão!

    Compartilhe

    Compartilhar no facebook
    Compartilhar no twitter
    Compartilhar no linkedin
    Compartilhar no pinterest
    Compartilhar no tumblr
    Compartilhar no whatsapp

    A tecnologia nos permitiu a utilização de diversas ferramentas online, e é bastante frustrante quando acontecem imprevistos, atrasando todo um projeto ou demanda que é necessário ser entregue. Um bom exemplo disso é o erro crítico no WordPress.

    Pensando nisso, o texto de hoje irá abordar como resolver esse erro de forma prática e eficaz, destacando em alguns tópicos como solucionar esse problema e dando dicas e orientações do que fazer para que isso não volte a acontecer.

    O mundo atual é muito conhecido pela internet e tecnologia. O avanço de ambas tem sido extremamente benéfico para a sociedade e diversas possibilidades foram criadas, desde profissões até mesmo novas maneiras de empreender e realizar marketing.

    Mesmo algo específico e de nicho, como a locação de impressora multifuncional, consegue ser bastante eficiente dentro do seu segmento pela aproximação da internet com as pessoas, facilitando a comunicação e o contato.

    Mas se tem uma coisa que é muito bem aplicada nos dias de hoje, e faz com que diversas empresas e marcas pessoais consigam se manter em destaque e em relevância mesmo com a entrada e saída de tendências do mercado, é a criação de conteúdo.

    Quando pensamos em criação de conteúdo, seja ele de tecnologia, filmes, entretenimento ou balões para aniversário infantil, os principais focos para o compartilhamento são as redes sociais, sites e blogs. E muitos desses utilizam o WordPress.

    O WordPress é um CMS, sigla para Content Management System, em português Sistema de Gerenciamento de Conteúdo. Seu objetivo é ajudar a administrar blogs, sites, pessoas, conteúdo, informações e dados em um único lugar.

    Ou seja, é possível imaginar o quão frustrante é quando acontece um erro crítico e se perde tudo que foi escrito e produzido na última hora, como aquele artigo sobre manutenção de geradores que sua empresa precisava para o marketing da semana.

    Mas o que fazer quando o WordPress acusa um erro crítico? Tem como evitar esse tipo de situação? O que fazer para que ela não se repita futuramente? A resposta dessa e de muitas outras perguntas podem ser conferidas no tópico a seguir.

    O conceito do erro crítico

    Primeiramente, é importante entender o que é um erro crítico para saber como contornar a situação quando acontecer. Ele nada mais é do que uma uma mensagem de erro exibida ao acessar o site, que impossibilita o mesmo de funcionar.

    De modo geral, isso acontece devido a alguma falha no código que causa a interrupção de um site de uniformes personalizados para empresas, por exemplo, não sendo possível acessar nem mesmo o painel administrativo do domínio.

    É bem difícil de lidar, já que os fatores que podem ter influenciado nessa interrupção são diversos, dificultando a investigação do real motivo da falha.

    Porém, dependendo da mensagem que é mostrada na tela, pode ser que ofereça alguma dica sobre como resolver o problema, apontando se a falha foi por causa de um motivo específico ou não.

    Além disso, existem alguns motivos mais comuns para tal erro acontecer ao lidar com qualquer tipo de conteúdo gerenciado, seja uma campanha de cordão para crachá ou de webcams, que são: 

    • Alterações no código fonte;
    • Mudanças no provedor de hospedagem do site;
    • Ativação ou desativação de plugins;
    • Atualizações de plugins ou temas.

    Como é possível perceber, a grande maioria dos erros críticos se devem a mudanças que o próprio usuário provavelmente tentou fazer para melhorar o trabalho, portanto, é necessário muito cuidado nesses momentos.

    Como resolver?

    Antes de cogitar tomar qualquer medida para recuperar o conteúdo que estava sendo editado, é recomendado realizar o backup de todas as informações importantes, facilitando a segurança de informações em caso de falhas mais graves acontecerem durante o processo.

    Portanto, para que sua empresa continue sendo a líder no ramo de brindes corporativos e realizando um forte trabalho de marketing, confira os tópicos a seguir.

    01 – Utilize o modo de restauração

    Essa é a forma mais segura e simples de tentar resolver o problema, embora possa demorar algum tempo até se obter uma real resposta para o sistema. 

    Por isso, o modo restauração serve para conseguir retomar tudo que foi perdido ou interrompido durante o erro crítico.

    De forma simples e direta, ao acontecer o erro, é possível enviar um e-mail para um dos administradores do WordPress para que o mesmo consiga resolver o problema e recupere as informações tão valiosas que a pessoa produziu durante aquele projeto.

    A maior vantagem dessa prática é que todo o trabalho fica por conta do suporte do site, sem que o usuário se preocupe ou acabe mexendo no que não deve, sendo uma real facilidade para os criadores de conteúdo de tecnologia, viagens ou até mesmo de mochilas promocionais.

    02 – Analise os registros de log

    Essa alternativa é para aqueles que entendem um pouco mais de programação e códigos e não querem, ou não podem ou não estão dispostos a esperar que um administrador realize toda a manutenção da página, isso se conseguirem resolver o problema.

    Pensando nisso, é possível editar o código fonte do arquivo wp-config e gerar um relatório mais detalhados, com mais informações sobre a possível causa do problema, facilitando para encontrar, analisar e resolver o obstáculo que é o erro crítico.

    É indicado ter o conhecimento necessário para editar o arquivo, afinal, mesmo sendo uma mudança simples, alterar o código fonte de forma errada pode causar mais falhas e erros críticos.

    Podendo, inclusive, fazer com que o usuário perca qualquer informação sobre o seu pôster de presente para empresas, por exemplo.

    Para tal, é importante baixar as ferramentas que possibilitem o download deste arquivo como FTP ou SFTP, alterando o parâmetro de False para True, habilitando o recurso de depuração e gerando um excelente relatório.

    Após esse processo, na pasta wp-content será gerado um pequeno relatório onde essas informações podem ser melhor apuradas, renomeando a função principal com a função do erro.

    Não se esqueça que, após realizar essa alteração, voltar o parâmetro de True para False para conseguir fazer com que tudo volte para onde nunca deveria ter saído.

    03 – Elimine possíveis conflitos entre temas e plugins

    Uma terceira possibilidade é verificar se o erro crítico está sendo causado por possíveis conflitos entre os temas e plugins instalados para a melhoria do trabalho, afinal, quanto mais deles, maior a chance de incompatibilidade e maior a chance de erros.

    Através das mesmas ferramentas descritas no tópico anterior, é possível realizar e forçar a mudança dos plugins e temas para auxiliar na adaptação dos mesmos ao site, a máquina e ao próprio programa que está sendo usado para verificar tais arquivos.

    Normalmente, uma simples mudança de nome pode estar causando tais erros e, com a ajuda da funcionalidade da ferramenta específica, é possível verificar onde o erro talvez esteja ocorrendo e forçar a sua mudança.

    Uma outra dica muito importante é realizar todas essas mudanças em um ambiente de testes, totalmente controlado. Dessa forma, é possível que, mesmo na falha na tentativa de consertar o erro, ainda sim não provoque a não utilização do site.

    A importância da correção do erro

    Ao verificar todas as dicas disponibilizadas até o momento, é provável que ou o usuário fique preso a primeira, aguardando o suporte do site, ou provavelmente mexerá em tudo até encontrar a causa do erro, podendo resolvê-lo ou se frustrar mais ainda.

    Ao acontecer um erro crítico, é necessário resolvê-lo o mais rápido possível para que outras páginas do site também não sejam prejudicadas, podendo causar um efeito em cadeia que é extremamente prejudicial para ambas as partes, tanto a empresa quanto para o usuário.

    Durante uma pesquisa de um cliente, a não utilização do site pode fazer com que o lead perca o interesse no seu negócio, prejudicando toda uma estratégia criada para atrair o maior número de usuários possível para a página ao longo de alguns dias.

    Além disso, quanto mais tempo o site permanecer indisponível e não atender as expectativas daquelas que procuram pelos seus produtos, serviços ou informações, maior será o decaimento do seu ranque de procura perante os mecanismos de pesquisa, conhecidos também como SEO (Search Engine Optimization).

    Em outras palavras, um erro crítico não é para acontecer com constância e as consequências desse erro podem ser avassaladoras para os sites, blogs e páginas, afinal, o WordPress além de um excelente auxiliador na criação de conteúdo, também é um gestor de pessoas.

    Agora que ficou mais claro como é importante corrigir um erro crítico o mais rápido possível, utilize as informações e orientações disponibilizadas ao longo do texto e aplique a sua realidade, sendo assertivo e eficiente na hora de consertar o mesmo.

    E, em caso de dúvidas, não hesite e peça a ajuda do suporte. Mais vale esperar um pouco mais e garantir o funcionamento do que tentar arrumar sozinho, piorar as coisas e não ter o problema resolvido.

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:
    Compartilhar no facebook
    Compartilhar no twitter
    Compartilhar no linkedin
    Compartilhar no pinterest
    Compartilhar no tumblr
    Compartilhar no whatsapp

    publicidade

    social

    publicidade