Michael Campos

Como contratar uma empresa desenvolvedora de site?

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos em primeira mão!

    Compartilhe

    Sabemos que desenvolver um website pode ser bastante desafiador e sem o devido conhecimento as coisas talvez se compliquem e o objetivo pode não ser alcançado. Por isso, muitas organizações contratam uma empresa desenvolvedora de site para o trabalho.

    Mas é uma grande responsabilidade desenvolver o cartão de entrada de uma marca e saber como lidar com tais empresas, como escolher a ideal e o que buscar durante a negociação é apenas alguns dos critérios necessários para se dar bem no processo.

    Seguindo essa linha de raciocínio, o texto de hoje irá abordar como contratar uma empresa que desenvolve sites, apontando algumas dicas essenciais para ser assertivo, o que você deve focar e como essa decisão pode ajudar e muito a sua organização.

    Não importa se o foco da marca é o aluguel tendas para eventos SP ou a comercialização de serviços de importação, toda empresa precisa ter um site bem desenvolvido para que as pessoas a encontrem na internet e consigam entrar em contato e conhecer o seu trabalho.

    Sabemos que a internet e a tecnologia permitiram diversos avanços e, atualmente, investir no meio digital é necessário para conquistar o seu espaço e mostrar o potencial do trabalho que é criado pelo seu negócio. Lembre-se, somente criar um site não é considerado um diferencial.

    Isso significa que o cliente que está interessado em comprar madeira para telhado, por exemplo, muito provavelmente irá ter a primeira impressão da sua marca através do seu site, mostrando então a importância do mesmo ser bem desenvolvido.

    Sem um site bom, dificilmente a sua empresa terá relevância e, caso você não saiba criar um ou ainda não tenha segurança do seu trabalho, buscar profissionais que saibam é incrivelmente vantajoso e indicado.

    Claro que um distribuidor de equipamentos de proteção individual terá um site diferente de uma loja de games, mas sem um bom site as pessoas nem darão a chance de tentar conhecer a sua marca, algo que pode prejudicar imensamente o andamento das vendas.

    Portanto, fica claro a importância de tomar uma atitude rápido, afinal, o meio digital não espera e caso a sua marca não se adapte ao mercado, dificilmente ela será competitiva ou conseguirá conquistar o seu espaço.

    Os tópicos a seguir reúnem uma série de informações e dicas de como contratar uma empresa, explorando as dificuldades e vantagens, além de apontar como isso pode aumentar as vendas da sua empresa de instalação de ar condicionado comercial. Confira:

    Contratando uma empresa

    Antes de contratar uma empresa, é preciso ter em mente o que você quer com o seu site e qual o objetivo do mesmo. Quanto mais claro essas informações estiverem, mais assertivo será o design e até mesmo a eficiência da página.

    Portanto, ao entrar em contato, já saiba:

    • Qual o foco do seu site;
    • Alcance da marca;
    • Tráfego de pessoas;
    • Quanto pretende gastar;
    • Qual o público-alvo do site.

    Com isso em mente, mesmo que o site seja direcionado para uma fábrica de caixa de papelão ondulado, você já estará preparado para possíveis respostas e, quando isso acontece, fica mais fácil visualizar como a página web ficará no futuro.

    Abaixo separamos em alguns tópicos algumas informações que são necessárias para garantir que você consiga contratar uma empresa para desenvolver o seu site tranquilamente e sem maiores problemas.

    01 – Saiba quanto custa um site

    Quando tomamos qualquer decisão empresarial, ela tem de ser baseada em fatos, argumentos, dados e em valores. A empresa possui um determinado orçamento na qual disponibiliza para investimentos, calculando um retorno depois de um determinado período.

    No caso, para que seu produto, como uma máquina de gravação a laser em metal, é preciso disponibilizar orçamento o suficiente para que o site seja desenvolvido com a estrutura que você busca e as funcionalidades que considera essenciais.

    Portanto, a primeira pergunta que deve ter em mente antes mesmo de iniciar o projeto e estudar qual o tipo de site que quer é “Quanto isso vai me custar?”. Isso por si só já te faz refletir sobre quanto capital tem disponível e quanto está disposto a investir.

    Um site, assim como qualquer serviço feito por uma fábrica de capachos personalizados, pode variar muito de preço dependendo do que é pedido por ele, da dificuldade da empresa em desenvolver e até mesmo da complexidade da exigência do cliente.

    A quantidade de páginas e recursos utilizados também pode influenciar no preço. Faça orçamento com mais de uma empresa para escolher aquela que melhor se adequa a sua situação no momento, mas tenha em mente que o preço é muito variável.

    02 – Garanta a sua segurança

    Um dos grandes problemas do marketing digital e de softwares, websites e seus derivados, é a segurança digital tanto do consumidor quanto da marca. E um dos maiores medos de toda organização é saber se a empresa contratada irá entregar o seu site pronto após o pagamento.

    Claro, sempre é possível realizar alguns pré-acordo da mesma maneira que você pode fazer para assegurar um bem pessoal, para garantir que não sairá prejudicado, mas a dica aqui é muito mais simples do que isso.

    O meio digital pode ser muito mais perigoso do que se imagina, portanto, sempre trabalha com contrato assinado por ambas as empresas, garantindo assim que você não será prejudicado e nem a contratada. Isso pode evitar muitas dores de cabeça.

    Infelizmente, é bastante comum empresas fecharem negócios e, após uma parcela do pagamento ou depois do mesmo ter sido inteiramente realizado, sumirem do mapa e nunca mais serem vistas, mostrando a má-fé e atitudes criminosas.

    03 – Se planeje e seja realista

    Um dos maiores erros de toda empresa que contrata uma terceirizada para obter os seus serviços é estipular um cronograma absurdamente curto para entrega, comprometendo não apenas a qualidade do projeto, mas também o relacionamento entre as marcas.

    Um site é um projeto como qualquer outro e não está isento de imprevistos, erros no cronograma, possíveis colaboradores doentes, recursos indisponíveis, utilizar mais ou menos tempo do que o previsto, entre diversas outras possibilidades que podem surgir.

    Trabalhar com prazos que não sejam realistas e flexíveis irá apenas criar mais expectativas e desenvolver frustrações, além de estresses maiores do que os já comuns em projetos. Portanto, pense bem no calendário e tempo disponibilizado para entrega do site.

    04 – Busque por referências

    Ninguém contrata uma outra empresa para um trabalho tão grande sem buscar as referências da mesma para ter certeza de que ela é capaz de desenvolver o bom trabalho que a sua organização espera que seja realizada com a sua demanda.

    As referências servem não apenas para saber o quão segura pode ser a contratada, mas também para entender melhor como ela trabalha, quais são seus parâmetros, o resultado final do trabalho e, principalmente, se pode te agradar ou se está longe disso.

    Claro que cada trabalho é diferente do outro e as coisas não devem ser misturadas. Mas é importante saber como cada uma dessas organizações trabalham para tentar projetar como seria caso sua marca as contratasse para alguns trabalhos que, no caso de hoje, seria o seu site.

    E acredite, não existe problema nenhum em buscar por outras no mercado. Pergunte, tire suas dúvidas e tenha certeza da empresa que está contratando para que, futuramente, não se arrependa e fique pensando como teria sido se tivesse pesquisado e analisado.

    Considerações Finais

    O texto de hoje mostrou como contratar uma empresa de desenvolvimento de sites, explicando quais são os pensamentos e parâmetros que a sua empresa de crachá de identificação pvc precisa ter antes da negociação.

    É preciso também se atentar que a empresa precisa saber como encantar os clientes pensando em um bom design, bonito e que mostre a que veio, as informações do domínio precisam ser claras, além de destacar os argumentos e estratégias de marketing da sua organização.

    Acima de qualquer coisa, um site é o seu cartão de visita para o lead, cliente, investidor e novo usuário, portanto, para aumentar o número de vendas e conseguir ser efetivo com a página da web, é preciso estudar e conhecer as ferramentas digitais e como você as trabalha.

    O simples fato de mostrar ao cliente que se preocupa com ele e que todo o site foi feito de maneira a melhorar a experiência de compra já prova isso. Pense nas funcionalidades, na manutenção, no design e na fluidez do site, para que assim os usuários se sintam bem e satisfeitos.

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade