Michael Campos

Busca semântica no Google: O que é e como fazer

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos!

    The Ultimate Managed Hosting Platform

    Compartilhe

    A busca semântica no Google é uma ferramenta essencial para a otimização de suas pesquisas no site. Através da busca semântica é possível identificar palavras-chave e contexto, essa ferramenta te ajuda a encontrar as informações que você precisa da melhor forma possível.

    O que é semântica?

    A semântica é o estudo do significado e interpretação das palavras. Ou seja, palavras separadamente tem um significado, mas juntas podem formar um contexto completamente diferente.

    Quem nunca ouviu um pedaço de uma conversa na rua e acabou ouvindo algo que não fez sentido nenhum? Ou então entrou em uma conversa que já estava iniciada e interpretou de forma errada. É o famoso “pegou o bonde andando e já quer sentar na janelinha”.

    O contexto de um assunto pode fazer toda a diferença. Por exemplo, se você estivesse falando sobre a aquisição de uma máquina de corte e solda de sacos plásticos para a sua empresa, mas apenas as palavras sacos plásticos fossem assimilados, a conversa teria um sentido completamente diferente.

    Ou então, se a palavra aquisição se perdesse no caminho, a conversa poderia ir para a direção de conserto da máquina ou então para manutenção preventiva. Portanto, o contexto de um assunto faz toda a diferença.

    Como a semântica se aplica no Google

    O contexto de uma pesquisa no Google também faz muita diferença. Já pensou você pesquisar “garrafa squeeze atacado” no Google, por exemplo, e ele te sugerir localizações de atacados em todas as regiões do país?

    Ele te mostra regiões próximas a você, não apenas por sua localização, mas também levando em consideração buscas realizadas anteriormente e todo o contexto da sua pesquisa.

    A busca semântica é muito similar a estratégias SEO. Enquanto a busca semântica no Google é a responsável por interpretar o contexto e palavras-chave da sua pesquisa, as estratégias SEO são uma tática para que a sua página apareça no começo das pesquisas no Google.

    A importância da busca semântica na sua empresa

    Através do entendimento do que é busca semântica no Google e de seu funcionamento, é possível criar estratégias para deixar o site da sua empresa entre as primeiras no ranking de pesquisas do Google.

    Sua página estando entre as primeiras, ficará mais visível para o público que busca por esse tema e, consequentemente, você consegue impulsionar as vendas do seu negócio de piso para tenda.

    Mesmo que sua empresa tenha muitos concorrentes, se a sua página estiver no começo das pesquisas, seu cliente te achará primeiro. Assim, você aumenta as suas chances de venda e sai na frente dos seus concorrentes.

    Mas a questão é: como utilizar a busca semântica a seu favor e otimizar a busca por seu site? Como deixa a sua página no começo das pesquisas do Google?

    SEO On Page

    O SEO On Page não é uma estratégia para a busca semântica, mas seus pontos principais também auxiliam no mesmo objetivo de otimização da sua página. Suas técnicas principais incluem:

    • Title tag, ou título da página;
    • Palavra-chave;
    • Meta Description;
    • URL, ou endereço de página;
    •  Tamanho;
    •  Descrição de imagem;
    •  Links internos.

    O termo “Title tag” nada mais é que o título da sua página e as “palavras-chave” são as palavras de maior relevância para o seu assunto. 

    Por exemplo, se o seu texto é sobre como fazer um registro de invenção, suas palavras-chave podem ser: registro, invenção, ideia, patente, marca, entre diversas outras combinações.

    São palavras relacionadas ao assunto e que possuem grande relevância. Já “Meta Description” é aquele pequeno resumo que aparece embaixo do seu site, instigando o pesquisador a clicar no link e visitar sua página.

    Se o seu texto aborda sobre eventos corporativos e confraternizações, por exemplo, o seu resumo pode abordar algumas ideias para propor nesses eventos e os tornar mais divertidos, ou então sugestão de ótimos lugares para se fazer as confraternizações.

    Dessa forma, o seu público se sente engajado a continuar lendo o seu conteúdo e, consequentemente, visita a sua página para continuar o desenvolvimento do assunto.

    A “URL” é o link da sua página, ou endereço de página, enquanto o “tamanho” é referente ao tamanho do seu texto, ou seja, a quantidade de palavras que o seu texto possui.

    Já a “descrição de imagem” é a legenda, que deve estar sempre localizada embaixo das fotos ou ilustrações que você insere no seu texto.

    Os “links internos” são links inseridos dentro do seu texto que levam para outras páginas, de preferência suas, dentro do seu site. Por exemplo, se você possui uma empresa que fornece assessoria contábil para empresas, você pode criar textos referentes a esse tema.

    Muitas pessoas possuem dúvidas referente a isso, então para engajar o seu público você pode criar textos informativos e explicativos abordando essa área de atuação.

    Dessa forma, você passa credibilidade, confiança e referência no mercado, onde toda vez que seu cliente tiver alguma dúvida, vai recorrer ao seu site e lembrar da sua empresa.

    Os temas abordados podem variar, falando sobre como manter o setor financeiro da sua empresa saudável e como otimizar a área de controladoria empresarial do seu negócio.

    Ao citar as palavras-chave dentro de um texto, você cria links internos que levam seu cliente para outra página com um texto informativo sobre esse assunto. Ao utilizar essas técnicas no seu site já é um começo para conseguir se destacar nos rankings de pesquisa.

    Como usar a busca semântica na criação de conteúdo

    O filósofo Ferdinand de Saussure desenvolveu um estudo analisando a linguagem gramatical informal, ou seja, a comunicação dia a dia, sem toda a formalidade.

    As gírias e modos de falar das pessoas mudam constantemente e essa atualização é essencial para o Google, que precisa acompanhar os significados e interpretações dos assuntos para conseguir entregar um resultado preciso nas suas pesquisas.

    Sabendo dessas informações, o Google realizou algumas atualizações ao decorrer do tempo para desenvolver uma busca semântica. Elas são:

    • Hummingbird;
    • RankBrain;
    • Latent Semantic Indexing (LSI).

    Confira abaixo cada uma delas.

    HummingBird

    Essa atualização foi realizada em 2013, e foi a primeira atualização de pesquisa semântica do Google.

    Com ela, não existia mais a necessidade de inserir muitas palavras-chave no texto, uma vez que o Google teria a capacidade de entender o contexto e os sinônimos das informações passadas.

    Rank Brain

    A segunda atualização de pesquisa semântica do Google foi realizada em 2015. Ela teve o intuito de otimizar as pesquisas, criando um ranqueamento através da interpretação das palavras.

    Dessa forma, os sites com as palavras de maior relevância para a sua pesquisa apareceriam primeiro e, você como usuário, acharia mais facilmente as informações que precisa.

    Latent Semantic Indexing (LSI)

    O LSI leva em consideração o nível de relevância que o seu texto tem como um todo. Se ele é criativo, com um bom contexto, com sinônimos e se ele possui um conteúdo de qualidade. Alguns meios para tornar o seu texto mais relevante são:

    • Otimize seu título e subtítulo (H1, H2, H3) utilizando palavras-chave;
    • Pesquise as palavras ideais para a abordagem do seu conteúdo;
    • Crie conteúdos originais, sem qualquer plágio;
    • Entenda os assuntos principais a serem pesquisados pelo seu público;
    • Se atualize com o linguajar utilizado pelo seu público.

    Por exemplo, se você possui uma distribuidora de biscoito de polvilho, o seu linguajar e sua forma de se expressar podem ser um pouco mais informais caso esteja vendendo B2C (bussiness to consumer, ou negócios para consumidor).

    Além disso, você terá que se inteirar com os termos mais utilizados referentes ao seu produto, para assim conseguir se conectar com o seu público mais facilmente.

    A busca semântica como uma solução e ferramenta

    Como observado, a busca semântica é uma solução para uma busca mais efetiva e rápida, onde sua busca é otimizada e de fácil entendimento e assimilação.

    Com essa melhoria, é possível utilizar as táticas de leitura do Google como estratégias de marketing e subir no ranking de pesquisas com a sua página, ficando mais visível para o seu público.

    As buscas realizadas anteriormente de um usuário do Google, sua localização, os sinônimos e variações de palavras são a base de uma busca semântica. Além disso, um conteúdo de qualidade e informativo, que tire as dúvidas das pessoas, torna sua página uma referência.

    Adicione links internos para melhorar a experiência do usuário e aprofundar ainda mais o assunto abordado. Além disso, use uma linguagem que se adeque ao linguajar do seu público, obtendo assim uma melhor comunicação e identificação na pesquisa do usuário.

    Agora que você já sabe o que é busca semântica e como ela pode otimizar o seu site, basta colocar as táticas em prática. Otimize os conteúdos na sua página e aumente suas visualizações.

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade