Michael Campos

Aprenda os 10 pecados do marketing e não erre mais

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos em primeira mão!

    Compartilhe

    Dentro do mercado é comum falarmos sobre a importância de seguir certas estratégias, para que o seu negócio tenha chance de se destacar em sua área, crescendo dentro dela. Junto a isso existem também os pontos a serem evitados, os 10 pecados do marketing.

    Princípios que se destacam quase como mandamentos em uma religião, podendo ajudar os mais diversos setores da indústria em seus processos de gestão, facilitando no processo de escolha das melhores decisões a serem tomadas, para o crescimento desse negócios.

    Pois por mais que exista uma variedade de fatores a definirem o sucesso de um negócio ou o prejuízo de outro, normalmente há um conjunto de sistemas que podem ser aplicados a todos os tipos de empreendimentos, diante da necessidade de responder ao seu público.

    Sendo o tipo de situação que faz com que uma empresa de uniformes personalizados, por exemplo, possa adotar o mesmo tipo de estratégia implementada em um negócio de pequeno porte, como uma loja de roupas que atende a clientes em seu bairro.

    Isso porque ambos os negócios trabalham com as expectativas e necessidade do seu público. Tendo sempre que oferecer as melhores opções para a sua audiência de consumidores, permitindo dessa forma a fidelização dessa audiência a tais negócios.

    Uma associação que passa não só pelo seu público, como também pelas empresas concorrentes que estão presentes no setor de atuação desse empreendimento. Sejam eles competidores diretos ou indiretos, como empresas de ramos similares.

    Todos a dependerem de um conjunto de relações para alcançar os seus objetivos almejados. Como a importância de uma empresa de comunicação visual de se conectar a possíveis parceiros comerciais e fornecedores, tornando possível sua oferta de serviço.

    Além de todas as estratégias adequadas, existem também as práticas que devem ser evitadas, para que um negócio consiga superar suas dificuldades e se destacar positivamente dentro do seu setor comercial.

    Um conceito tão importante que foi abordado por um dos maiores especialistas do marketing moderno.

    Kotler e os pecados do marketing

    A área artística é conhecida pelo reconhecimento aos seus maiores artistas, como Van Gogh e Picasso na pintura, Beethoven e Bach na música, Michelangelo com suas esculturas, entre outros. No mercado também existem essas figuras renomadas.

    Como Henry Ford para o meio industrial. Dentro dessa evolução do mercado, as práticas de marketing passaram a ter um grande destaque, como forma de melhorar o funcionamento de um negócio, alcançando assim os seus objetivos comerciais.

    E aquele a ser conhecido como o pai do marketing é o professor estadunidense Philip Kotler, que se especializou no estudo sobre esse cenário comercial e todas as relações presentes nos mais variados tipos de mercado.

    Um enfoque que culminou na publicação da obra Administração de Marketing (1967). Um livro que desde a sua primeira edição passou a ser tratado como a Bíblia do Marketing. Propondo estratégias importantes até hoje para uma loja de adesivos industriais.

    Ou qualquer tipo de negócio que busca se relacionar de forma aprimorada com o seu público. Mas além dos pontos positivos, Kotler se aprofundou também nos conceitos a serem evitados, por causa do estrago que podem resultar a curto ou a longo prazo.

    Ideias presentes no livro “Os 10 Pecados Mortais do Marketing”, de 2004, que de forma complexa aborda pontos que devem ser evitados durante a administração do seu negócio, estando relacionados aos desafios de quem pretende comandar um negócio próprio.

    Até porque não basta conhecer as estratégias de marketing existentes. É preciso identificar quais delas poderão levar a resultados positivos para o seu negócio em específico, além de saber como executá-las de forma correta.

    O livro de Kotler pode ajudar uma empresa que presta serviços de conservação a encontrar as melhores estratégias, assim como os pontos que precisam ser otimizados, para que seja possível alcançar bons resultados junto ao seu negócio.

    Quais são os 10 pecados do marketing

    Enquanto a obra citada traz um aprofundamento sobre cada um dos erros a serem evitados por quem administra um empreendimento comercial, esse texto pode ajudar você a ter uma visão mais prática sobre esses dois pecados, e da forma com que eles devem ser evitados.

    1. Empresa não orientada ao cliente

    Por mais que existam diversos setores dentro do cenário comercial, há algo que liga todos, que é a necessidade de focar as suas atividades aos interesses do seu público. E não colocar sua audiência como o foco principal das suas ações pode ser um erro fatal.

    Pois até mesmo o processo de escolha sobre quais estratégias de marketing depende do comportamento apresentado pelo seu público. O que leva ao segundo pecado do marketing.

    1. Não conhecer o seu público-alvo

    Se todas as ações a serem tomadas em uma empresa dependem do impacto que elas terão diante do seu público, é essencial em primeiro lugar conhecer a fundo essa audiência, a utilizar de ferramentas que possam melhorar a sua relação com o público.

    Como a adoção de um serviço de digitalização de documentos, a permitir uma resposta mais rápida para um cliente que necessite de uma nota fiscal ou documento similar por parte da empresa. Tudo por meio de ações alinhadas aos hábitos do seu público.

    1. Subestimar os seus concorrentes

    Além de observar o seu público, é importante estar atento também às ações adotadas pelos seus concorrentes, já que eles também estão de olho em conquistar a atenção de uma audiência similar.

    Uma atenção também válida para concorrentes indiretos, por meio do benchmarking;. Estratégia na qual um negócio pode adotar o mesmo tipo de prática usada em outras companhias, que possam trazer impactos positivos para o seu negócio.

    1. Ignorar os seus stakeholders

    Estar alinhado às estratégias de marketing significa também estar inteirado sobre os diferentes termos e conceitos utilizados nessa área. Como na posição dos stakeholders, pessoas ou entidades que possuem alguma relação com sua companhia.

    Ativos interessados para que o seu negócio alcance bons resultados, já que eles serão diretamente beneficiados por esse tipo de gerenciamento positivo, podendo ser eles:

    • Fornecedores;
    • Acionistas;
    • Parceiros comerciais;
    • Distribuidores.

    Sendo importante ter uma boa relação com esse público, que também possui uma grande participação no sucesso do seu empreendimento.

    1. Perder boas oportunidades

    O sucesso de um negócio depende também da forma com que ele se adapta ao cenário presente. Adotando novas práticas, estratégias e até mesmo modelos diferentes na oferta dos seus produtos e serviços.

    Perder novas oportunidades de negócio pode significar também o fim desse negócio, por estar preso às estruturas do tempo. Como uma instituição educacional que se recusa a oferecer cursos profissionalizantes online, por não querer lidar com plataformas virtuais.

    1. Produtos sem reajuste

    Quando se fala em adaptar a sua empresa para o cenário atual, isso se refere também aos produtos e serviços por ela oferecidos. Sendo preciso estar atento sobre as mercadorias com números baixos em venda, para que seja possível otimizar essa oferta em particular.

    1. Planejamento de marketing ineficiente

    É preciso que uma companhia tenha acesso a uma boa linha de profissionais, que com suas especializações em marketing consigam adequar sua empresa à realidade do mercado, apostando em estratégias que melhorem a relação com o seu público.

    Entre suas funções é possível citar a criação de um plano de marketing. Documento que servirá como auxílio às decisões que serão tomadas na companhia. E ter um planejamento mal estruturado pode levar a resultados drásticos ao tal negócio.

    1. Construção de marca inexistente

    A imagem de uma companhia é de grande importância para o sucesso dela, sendo então reconhecida pelo seu público. Por isso é importante trabalhar com a criação de uma imagem marcante para esse empreendimento, tanto no digital como no físico.

    Já que tanto o design do seu site de vendas, como a aplicação de um letreiro para fachada de prédio pode ajudar na melhor percepção do seu empreendimento por parte de seu público-alvo.

    1. Uma empresa mal organizada

    Não é somente uma empresa com uma péssima administração de marketing que corre riscos no mercado competitivo. Um negócio mal estruturado pode ser diretamente afetado, tornando impossível a aplicação de estratégias que seriam adequadas ao negócio.

    1. Companhia que não aposta na tecnologia

    As ferramentas eletrônicas e digitais estão cada vez mais presentes em nossas vidas. A mesma coisa pode ser dita sobre o processo de gerenciamento de uma empresa. Sendo importante conhecer todas essas possíveis aplicações, além dos seus benefícios.

    Para que essa forma um estabelecimento consiga trabalhar junto de um sistema de controle de acesso digital, facilitando a gestão de entrada e saída de funcionários da sua empresa, trazendo um melhor controle interno sobre suas equipes.

    Ao tratar esses 10 problemas quase como mandamentos religiosos, o processo de gestão da sua empresa pode se tornar muito mais eficiente. Destacando problemas a serem evitados, o que pode levar a uma melhor relação com os seus clientes.

    E quanto mais forte for essa conexão entre empresa e público, maiores poderão ser as vantagens comerciais a serem alcançadas por tal empreendimento.

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade