Michael Campos

Aprenda o que é Branding e como utilizá-lo na prática

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos em primeira mão!

    Aprenda o que é Branding e como utilizá-lo na prática

    Uma marca é tão importante quanto a forma como seu público a conhece, sendo que o branding é o principal caminho para conseguir resultados expressivos no mercado, tornando-se mais conhecida e identificável pelos consumidores.

    O mercado tem se transformado muito nos últimos anos. Isso aconteceu, em grande parte, por um processo conhecido como transformação digital, onde os avanços tecnológicos tem um grande impacto na forma como as ações são realizadas.

    Essas inovações, principalmente no campo de internet, permitiram um crescimento muito grande de empreendedorismo, em parte por conta dos processos de abertura de empresa serem muito facilitados.

    Por conta disso, a concorrência acabou crescendo muito também, o que fez com que as corporações de, por exemplo, sistema de automação residencial começassem a pensar em formas de se destacar em um mercado cada vez mais competitivo.

    Entenda, primeiro, o que é Branding

    O branding surge dessa necessidade, uma vez que ele engloba todos os elementos que são utilizados como base para você criar uma identificação simples e rápida para seus consumidores.

    É importante que quando as pessoas pensem em um determinado tipo de ação, produto ou serviço, sua marca seja a primeira da qual eles se lembrarão, permitindo que você aumente consideravelmente suas vendas e seu impacto enquanto empresa.

    O perfil do cliente também mudou muito com estes avanços. O consumidor reativo, que simplesmente recebia informações rasas através de ações publicitárias e já se interessava pelo produto ou serviço, está cada vez mais desaparecendo do mercado.

    Em seu lugar, um cliente mais exigente, que deseja conhecer, compreender e adquirir conhecimento acerca da marca que vai consumir e da necessidade que possui, está surgindo.

    Desse modo, esse cliente quer conteúdo de qualidade vinculado às marcas de, por exemplo, um fabricante de etiquetas adesivas que deseja apoiar.

    Para conseguir realizar uma boa gestão de marca nestes casos, é importante que você pense em suas estratégias de maneira mais inteligente. Cada detalhe pode ser relevante, tornando o branding uma decisão gerencial muito importante para criar um vínculo maior.

    Muitos empreendedores ainda têm o pensamento de que a criação de uma marca poderosa é algo restrito para grandes multinacionais, mas a verdade é que empresas de qualquer porte podem usar essa técnica para conseguirem resultados mais satisfatórios.

    Tudo o que as empresas realizam é parte de um processo complexo para se integrar melhor no mercado e na sociedade, por isso conhecer seu potencial é de extrema importância.

    Neste caso, você consegue explorar todos os seus recursos com muito mais qualidade. O branding, entretanto, é muito mais do que apenas a identidade visual ou o logotipo de uma empresa de, por exemplo, comanda eletrônica para restaurante.

    Trata-se da gestão de toda a imagem de uma marca, incluindo o planejamento para que ela se destaque da concorrência e se torne uma constante na memória de seus clientes, conquistando com mais assertividade suas ações.

    A gestão de marca inclui uma série de elementos, como:

    • Planejamento;
    • Estruturação;
    • Gestão;
    • Promoção.

    Cada uma destas etapas é fundamental para que sua marca se torne mais conhecida, garantindo a seus investidores que o posicionamento de sua empresa é de ampliação de resultados, além de potencializar a visibilidade de uma marca de, por exemplo, instalações elétricas industriais.

    Conheça as principais ações de branding

    Entender o conceito de branding inclui uma série de elementos, o que é muito complexo e demanda atenção e conhecimento da equipe técnica responsável por criar todas estas ações. Quanto mais você se atentar a cada um dos passos, melhor.

    Isso não significa que todas as empresas terão o mesmo resultado ao realizar esse tipo de atividade. Estas ações devem servir como um norte, com a equipe de gestão identificando quais etapas devem ser realizadas e a ordem de execução.

    Tenha uma boa plataforma

    A plataforma da marca é um passo muito importante para facilitar todo o processo de gestão. Você precisa pensar no princípio da empresa de coleta de resíduos, assim como de qualquer outra organização.

    Compreender sua missão, seus objetivos e valores, é importante para garantir que você consiga compreender profundamente a corporação.

    A plataforma de sua marca deve ser única, e servir como base de apoio para que seus consumidores consigam se identificar e desejar fazer negócio com ela. Dessa maneira, você consegue explorar todos os seus recursos com muito mais qualidade.

    Vivemos em uma era de posicionamentos. Manter-se em silêncio sobre diversos elementos sócio-culturais acaba gerando desinteresse do público consumidor, e por isso é importante que você saiba quem a empresa é e o que ela quer representar para conseguir bons resultados.

    Criando sua identidade

    Embora não seja o único elemento do branding, a identidade visual é uma das mais importantes situações que você deve lidar para conseguir criar uma boa marca. As pessoas devem conseguir te identificar assim que visualizam seu logo.

    O primeiro ponto a escolher são as cores. Elas devem ser impactantes e remeter diretamente à sua empresa. Inclusive, algumas marcas de serviços de contabilidade, por exemplo, estão com as cores tão consolidadas, que sua identificação é imediata.

    Entretanto, é importante pesquisar bem antes de escolher cores para sua empresa. Se você utilizar cores que se pareçam com as de uma marca conhecida, é provável que você acabe sendo ofuscado pela marca maior, o que não é bom para seu branding.

    A parte visual de sua logomarca também é muito importante. Você pode usar uma série de símbolos, ícones e até ilustrações completas para compor o visual da sua empresa. A utilização de mascotes também não é incomum, dependendo do seu nicho de atuação.

    A ideia das ilustrações é apresentar parte do que você consegue realizar, ou fazer identificações diretas com sua marca. Assim, você possui um elemento muito mais comum para conseguir resultados para sua empresa.

    Além disso, você deve ter coesão quando estiver escolhendo os símbolos que representam, por exemplo, os fornecedores de produtos para pet shop. Formas geográficas podem ser tão boas quanto imagens detalhadas, o importante é que elas passem uma sensação de proximidade para os clientes.

    A parte textual de sua marca também tem um ponto especial que deve ser estudado. A tipografia é muito importante, porque ela vai ser uma marca registrada em sua empresa. Todas as pessoas, quando identificarem aquele modelo de tipografia, associarão com a marca.

    Por isso, é muito importante escolher bem suas fontes para criar a marca, com tanta importância quanto as cores para criar a identificação. É muito comum as empresas usarem duas fontes em sua identidade visual.

    A primeira serve para o nome da marca, e é mais marcante e destacada, enquanto as outras são utilizadas em elementos com mais conteúdo em texto, que ficam abaixo da primeira para conseguir explorar melhor todos os recursos à sua disposição.

    É possível que você também crie um slogan, uma frase de efeito que ficará vinculada a sua própria marca. Essa frase deve ser curta e sucinta, para que as pessoas decorem de maneira fácil o slogan de sua empresa de transporte executivo, por exemplo.

    Esse tipo de ação acaba ajudando muito a fixar nas pessoas o conceito de sua marca e de como você pode explorar todo o potencial de seu branding através de ações simples de engajamento.

    Gestão de marca

    Depois de criado, o branding não funciona sozinho. É preciso ter atenção e olhar sempre para melhorias e aprimoramentos em sua marca, através de um bom planejamento e uma gestão constante.

    Esta é uma das etapas mais complexas do branding, uma vez que não se trata de simplesmente criar material para a empresa, e sim observar o impacto que este material teve no mercado.

    Quanto mais suas ações explorarem bons resultados, melhor será o branding. Para conseguir avaliar, você pode contar com uma série de ferramentas digitais para acompanhar resultados, interações e outras áreas de engajamento com a marca.

    Identificar os clientes que estão chegando, seus perfis e a quantidade de conversões que você conseguiu desde que transformou sua marca é uma excelente maneira de identificar se o branding teve o efeito desejado.

    Dessa forma, você apresenta aos proprietários e acionistas da empresa um relatório muito mais completo, com informações de alto impacto no dia a dia da marca.

    Considerações finais

    O branding é uma técnica muito importante para qualquer empresa que deseja se tornar relevante no mercado em que atua, em grande parte pelo potencial de torná-la maior e melhor do que se espera.

    Esse tipo de ação consegue explorar todos os recursos que você tem à disposição, aumentando seu potencial de engajamento com um público, principalmente para conseguir vender seus produtos ou serviços.

    Lembre-se, ter uma marca conhecida é ideal para você conseguir explorar toda a sua capacidade de vendas.

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:
    Compartilhar no facebook
    Compartilhar no twitter
    Compartilhar no linkedin
    Compartilhar no pinterest
    Compartilhar no tumblr
    Compartilhar no whatsapp