Michael Campos

Aprenda como funciona o funil de vendas para afiliados

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos em primeira mão!

    Compartilhe

    Com um mercado cada vez mais competitivo, identificar as principais formas de se destacar e conquistar uma estrutura adequada de atendimento, significa se posicionar adequadamente. Para isso, usar o funil de vendas para afiliados pode ser a solução.

    Qualquer pessoa que pretende trabalhar como afiliado de uma empresa de cartão de visita, por exemplo, ou que já esteja atuando na área de alguma forma, precisa entender como os consumidores agem e o tipo de material pelo qual se interessam.

    Por isso, utilizar o funil de vendas pode ser uma maneira de conseguir lidar com estes clientes, garantindo resultados melhores para suas ações, sobretudo no caso de afiliação vinculada a vendas, que costuma ter um retorno melhor para o afiliado.

    Muitas pessoas entendem o trabalho do afiliado como um compartilhador de links. Ou seja, acham que basta entrar em uma determinada plataforma e disparar para todos os lados os endereços com itens de retorno para os consumidores.

    Entretanto, a única coisa que acontece com quem faz esse tipo de atividade é se tornar inconveniente, muitas vezes recebendo a alcunha de “spam”, referência a lixo eletrônico e material que acaba incomodando os usuários que procuram, por exemplo, por brindes personalizados para comprar.

    Por isso, é importante entender que existe um método na busca de vendas de afiliados. Assim, o planejamento estratégico deve ser inteligente e atrativo para o usuário, garantindo uma estrutura muito mais adequada para o profissional.

    Entenda mais sobre o conceito de funil de vendas

    Podemos dizer que, normalmente, o funil de vendas é usado para mapear a jornada de compra de um consumidor, sendo que ela se divide em algumas etapas fundamentais, que são:

    • Visitante;
    • Lead;
    • Oportunidade;
    • Cliente.

    Um bom vendedor sabe como guiar o consumidor por cada uma destas etapas, o momento certo de interagir e de oferecer mais material, sempre focado na apresentação de conteúdo relevante para este consumidor, aumentando suas chances de negócios.

    Entretanto, saber trabalhar com o funil de vendas não é uma atividade específica para profissionais de uma determinada empresa. 

    Para aqueles que trabalham com marketing de afiliados, conseguir conduzir o consumidor de fornecedores de brindes corporativos, por exemplo, e entender os próximos passos que ele levará é muito importante.

    O próprio perfil do cliente mudou nos últimos anos. Onde antes se via uma figura reativa e de pouco impacto, que simplesmente esperava as informações chegarem, hoje é um cliente muito mais exigente, que quer entender e participar de todo o processo de compras.

    Para conseguir lidar com esse tipo de necessidade, surgiu o marketing de conteúdo, uma estratégia que apresenta informações relevantes para o consumidor com o objetivo de atrair seu interesse, levando-o eventualmente a fazer uma compra.

    Hoje, com os avanços tecnológicos disponíveis para profissionais de marketing, é possível automatizar uma série de atividades, garantindo um resultado mais rápido e preciso com relação a esse tipo de informação.

    Além disso, você consegue avaliar com mais prontidão os casos em que houve algum tipo de problema ou falha no processo, garantindo um retorno muito mais efetivo para suas ações para vender placas de comunicação visual interna ou outros itens.

    Usando o funil de vendas para afiliados

    Para aproveitar melhor esse tipo de interação, é preciso compreender os detalhes que permitem que você utilize corretamente o funil de vendas em suas estratégias, entendendo cada etapa e o que pode ser realizado para otimizar estas ações.

    É importante ter em mente que cada situação é única, e você não deve tratar os projetos como um grande padrão. Existem diferenças entre cada serviço de afiliados que podem gerar resultados completamente diferentes entre si.

    Por isso, é muito importante que você consiga trabalhar com inteligência e garantir resultados eficientes para sua realidade, conquistando uma posição muito melhor no mercado de, por exemplo, etiquetas para produtos alimentícios em que está inserido.

    Pois bem, entre os principais pontos estão os seguintes:

    A dor do consumidor

    O primeiro passo para conseguir encaixar um determinado visitante no funil de vendas é entender sua dor. Normalmente, quando uma pessoa vai acessar a internet de algum canal, ela precisa ter uma necessidade ou dúvida atendida.

    Quando você entende esse conceito, é mais fácil identificar o tipo de solução que sua empresa pode oferecer e como você deve trabalhar para conseguir esse tipo de resultado. É preciso estar na pele do consumidor para entender esse tipo de ação.

    Através da produção de conteúdo qualificado, você começa a atrair a atenção de seus consumidores, garantindo um interesse genuíno no que você tem a oferecer e aumentando as chances de eles continuarem em sua plataforma.

    Quando você consegue entrar na mente de seus consumidores, as chances de sucesso com uma empresa de sinalização de segurança, por exemplo, aumentam consideravelmente, e apesar de parecer difícil, é um trabalho de empatia e comunicação.

    Se você já possuir audiência em algum canal, seja em um site ou nas redes sociais, isso se torna ainda mais efetivo, uma vez que você consegue trabalhar diretamente com seu público esse tipo de conceito.

    Para aqueles que estão começando agora, criar uma audiência é um ponto importante, que pode ser realizado com a criação de material de qualidade em conjunto com uma comunicação aberta e transparente em seus canais.

    Saiba o que oferecer para seu público

    Depois de conhecer um pouco mais os visitantes de seu conteúdo e suas principais dores, é hora de identificar o tipo de solução que você pode oferecer. Um bom caminho é identificar as dores mais comuns entre o público para começar por ela.

    As empresas que trabalham com marketing de afiliados muitas vezes possuem uma série de informações que precisam ser levadas em conta, como o tipo de produto e de afiliação que estão oferecendo.

    Por isso, nem sempre escolher o produto que oferece a melhor comissão é o caminho que você deve seguir. O ideal é escolher um item que apresente qualidade e uma experiência satisfatória para o consumidor de, por exemplo, controle de acesso.

    O ideal é que um afiliado trabalhe com suas possibilidades, garantindo uma estrutura adequada para seu atendimento como um todo. Vender é um processo que às vezes leva tempo, e é necessário uma boa dose de atenção.

    Se possível, seja você o primeiro consumidor do produto que está sendo oferecido em uma estratégia de afiliação. Usar e testar ajuda a entender melhor a experiência que você está inserindo, garantindo uma estrutura mais adequada de vendas.

    Caso não seja possível experimentar, não deixe de procurar informações e entender todos os detalhes que ele pode oferecer, para garantir que sua audiência entenderá as possibilidades que ele está recebendo.

    Recompensas digitais

    Para conseguir fazer o consumidor dar sequência ao funil de vendas, é necessário trabalhar com recompensas digitais. Elas fazem com que o cliente tenha desejo de se converter para a próxima etapa do funil, identificando os benefícios dessas ações.

    Por isso, em cada etapa que você estiver utilizando em sua estratégia, é muito importante que algo seja oferecido em troca para o consumidor. Isso pode vir de diversos meios, desde aulas e webinars até e-books e outros brindes.

    Esse tipo de estratégia vai cativando o consumidor, que fica muito mais interessado em manter o relacionamento com a empresa e otimizar esse tipo de ação. É preciso, entretanto, que a recompensa digital esteja interligada com a necessidade do consumidor.

    Oferecer algum item aleatório, ainda que gratuito, não terá o mesmo impacto dentro de um funil de vendas, e você precisa atrair o consumidor para que cada vez mais ele procure informações a respeito do que você está oferecendo como um todo.

    Trabalhando com e-mail

    O e-mail é uma das maneiras mais efetivas de utilizar o funil de vendas tendo uma empresa de afiliados. Isso porque o e-mail é uma excelente opção de comunicação direta com os consumidores de um software de gestão financeira, sem a necessidade de um terceiro.

    Os e-mails são até hoje parte muito relevante de qualquer estratégia de marketing, uma vez que são mais duradouros e diretos do que outras formas de diálogo digital. Por isso, saber aplicar suas ações dentro dos e-mails é muito importante.

    As listas de e-mail possibilitam que você espalhe suas informações rapidamente, mas é preciso ter cuidado para não ser um incômodo para os consumidores, o que se torna rapidamente uma ação negativa para a empresa.

    Considerações finais

    O uso do funil de vendas é uma das principais formas de se comunicar e entender os consumidores de uma empresa. Para pessoas que trabalham como afiliados, ou estão pretendendo entrar nesse mercado, é um processo fundamental.

    Com a análise correta do funil de vendas, você consegue entender as necessidades da empresa e toda a jornada do consumidor, identificando os principais pontos de abordagem que podem ser usados para você apresentar o conteúdo de seu afiliado.

    Dessa maneira, você consegue se destacar sem ser invasivo, garantindo o interesse e a fidelidade dos clientes quando estiverem procurando algo relacionado a sua marca como um todo.

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade