Michael Campos

Digital Branding: veja o que você precisa aprender

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos!

    The Ultimate Managed Hosting Platform

    Compartilhe

    O desenvolvimento de um digital branding para a sua empresa é essencial, principalmente nos dias atuais.

    Com a evolução da tecnologia e das redes sociais, se faz exatamente necessário transferir os conceitos de branding para o meio digital, e assim aproveitar os meios de divulgação online para posicionar e promover a sua marca.

    Entretanto, quais são os conceitos e estratégias que envolvem a realização de um digital branding eficiente para o seu negócio?

    O que é digital branding?

    O digital branding é o processo de posicionamento e gestão da sua marca no meio digital, onde branding significa marca e digital se refere ao meio virtual.

    Esse modo de gestão de marcas é basicamente o resultado da combinação de esforços do branding tradicional ao marketing digital. Ou seja, é um posicionamento da marca adaptado ao meio digital.

    Por exemplo, uma empresa de topografia possui um posicionamento fora das redes sociais e do mundo digital, entretanto ao posicionar a sua empresa na internet, a linguagem muda, os meios de divulgação são alterados, entre outros.

    O meio de divulgação online é de extrema importância, uma vez que a promoção da marca é de baixo custo e alto alcance.

    Por exemplo, uma empresa pode criar uma parceria com um influenciador que estará responsável por divulgar os seus serviços de aluguel de chopeira, onde dessa forma muitas pessoas podem ver, aderir e até mesmo compartilhar com outras pessoas.

    Através da utilização de redes sociais como o Instagram ou o Facebook, é possível divulgar a sua empresa de maneira fácil e rápida.

    Para que serve o digital branding?

    O digital branding, ou e-branding, possui a finalidade de utilizar as plataformas digitais para divulgar os seus produtos ou serviços, além de construir um relacionamento com o cliente. Ele deve responder questões como:

    • Qual é o propósito da sua empresa?
    • Como a sua cultura é transmitida ao consumidor?
    • O que ela mostra da sua identidade para o consumidor?

    Isso pode acontecer através da construção de conteúdo, campanhas e ações com o público. Através da troca de informações com a empresa e a criatividade com que ela as passa, é possível se destacar no meio digital.

    Por exemplo, uma empresa que realiza a venda de um filtro de osmose reversa pode criar conteúdos voltados ao seu nicho e que sejam interessantes ao seu público-alvo, de forma que chame a atenção e o destaque, tornando a empresa uma referência no mercado.

    Esse meio de gestão digital da marca usa todas as plataformas possíveis para se firmar no meio online e captar cada vez mais clientes.

    Qual é a importância do digital branding?

    O digital branding é muito importante, uma vez que o mercado atual está cada vez mais competitivo e os consumidores se tornam exigentes.

    Com o marketing 5.0, os consumidores passam a exigir da empresa não só a venda de produtos de qualidade, mas também um posicionamento que visa o bem-estar das pessoas e do meio ambiente.

    Por exemplo, eles verificam se a empresa é responsável com o meio ambiente, se possui um acondicionamento de resíduos industriais e se visa a melhor experiência do cliente na compra do produto ou serviço que ela oferece.

    Por esse motivo, é necessário saber se diferenciar dos demais no mercado e como se aproximar do seu consumidor.

    O investimento em uma boa estratégia de digital branding visa o aprimoramento do relacionamento com o cliente. O intuito desse investimento é a fidelização do cliente ou até mesmo que ele se torne um entusiasta, onde se é fã da marca.

    Por exemplo, uma empresa que realiza o conserto de geradores pode transmitir muito conteúdo referente ao seu nicho, divulgar constantemente o seu produto nas redes sociais de forma criativa e com isso fidelizar os clientes que o acompanham.

    Um dos objetivos principais do digital branding é a valorização da experiência do consumidor durante o processo e a jornada de compra online.

    Além do melhor relacionamento com o cliente, essa estratégia de marketing online também possui outras vantagens, como:

    • Melhorar o posicionamento da marca;
    • Desenvolver interações de sucesso com o cliente com novas tecnologias;
    • Exercer a gestão de marca com ajuda das ferramentas digitais;
    • Expandir o alcance da marca.

    Essas são algumas das vantagens que o digital branding proporciona. Com o auxílio dessa forma de marketing, é possível se aproximar do cliente, estreitar relações, alcançar mais pessoas e interagir constantemente com o seu público-alvo.

    Por exemplo, o setor jurídico pode criar conteúdos relacionados às maiores dúvidas de seu público, como aposentadoria, certificado de regularidade cadastral de entidades, direitos autorais, entre outros.

    Como fazer digital branding?

    O meio digital possui alguns desafios. Por possuir um amplo espaço de comunicação entre os usuários, onde os seus comentários referente a uma empresa impactam ativamente a imagem dela, é importante construir um digital branding eficiente e de qualidade.

    O digital branding possui a finalidade de construir e manter um bom posicionamento da marca através da gestão no meio digital, sendo ele mais desafiador e dinâmico, com o intuito de atrair novos clientes e criar um relacionamento com eles.

    Desse modo, é necessário partir do princípio das estratégias de branding tradicional e como elas são adaptadas e aplicadas no meio virtual. Entre as estratégias utilizadas, podem-se citar:

    • Brand persona e Buyer persona;
    • Voz e tom da marca;
    • Identidade visual;
    • Visibilidade e canais;
    • Produção de conteúdo;
    • Tecnologias e métricas.

    Essas são as principais formas de se efetuar o digital branding e a sua utilização é essencial para o sucesso da estratégia no seu negócio.

    Brand persona e Buyer persona

    Antes de iniciar o posicionamento da sua empresa, é necessário identificar quem a sua marca é e quem é o seu cliente.

    Por exemplo, em uma empresa de administração de redes, é necessário identificar quais são as características principais da sua empresa, seus pontos fortes e fracos, seu mantra e objetivos.

    O mesmo se dá para o público-alvo da empresa, onde é necessário identificar quem eles são, quais são seus problemas, sonhos e medos, o seu estilo de vida, localização, ciclo de vida, entre outros.

    Ao definir esses dois conceitos, é possível possuir uma visão mais clara referente a como divulgar a sua marca nas redes sociais e como o seu público melhor recebe as informações.

    Voz e tom da marca

    No meio digital, tanto a empresa como o cliente podem se comunicar e expressar a sua opinião. Desse modo, pode-se dizer que no meio virtual a divulgação é realizada como um diálogo, onde possui dois pontos de contato.

    Com isso, é necessário identificar qual é a melhor forma e linguagem de comunicação com o seu segmento-alvo. Após a pesquisa de persona, é obtida uma resposta mais clara em relação a essa comunicação.

    Por exemplo, uma pessoa que busca “energia solar preço simulador no Google provavelmente possui um perfil mais calmo e paisagista, aderindo ao bem-estar do meio ambiente como uma de suas prioridades.

    Por esse motivo, é preciso identificar a melhor forma de se identificar com ela, qual é o seu vocabulário rotineiro, o seu modo de pensar e de se expressar.

    Identidade visual

    Nas redes sociais, o visual de uma empresa também possui grande importância. Como o seu logotipo, a estética do produto ou serviço, as cores utilizadas, o design, tipografia, entre outros elementos visuais que podem fazer grande diferença para chamar a atenção do seu público-alvo.

    Visibilidade e canais

    Após a identificação do seu público-alvo, também é possível analisar quais são as redes sociais mais utilizadas por eles e onde eles estão no meio online.

    Através da escolha adequada do canal de divulgação, a sua marca pode ser vista pelas pessoas certas, que buscam o seu produto ou serviço.

    Produção de conteúdo

    Após a escolha dos canais, é preciso alinhar conteúdos que estejam relacionados ao seu produto ou serviço a ser ofertado e que despertem o interesse do seu público-alvo.

    Muitas vezes, o seu nicho nem ao menos sabe que possui um problema e que o seu produto é a solução.

    Por esse motivo, a criação de conteúdos possui a finalidade de mostrar ao cliente as suas dores, demonstrar as soluções, tirar dúvidas, passar informações relevantes, criar um relacionamento com o cliente e se tornar referência no mercado.

    Tecnologias e métricas

    Além de disponibilizar conteúdos, é preciso utilizar métricas que apontem se a sua estratégia está fazendo efeito, ou seja, se está convertendo os clientes e gerando engajamento.

    Nas redes sociais essa métrica é de fácil acesso, onde é possível analisar o número de curtidas, comentários, compartilhamentos, entre outros fatores.

    Além disso, existem alguns fatores de e-branding, ou seja branding digital, que devem ser levados em consideração.

    Não só é necessário conhecer o seu consumidor e produzir conteúdos de qualidade, como também é preciso criar parcerias com marcas fortes para fortalecer a sua marca e construir o branding tradicional da sua empresa, offline, em paralelo, afinal elas andam em conjunto.

    Essas são as principais características do digital branding e como ele é aplicado, gerando assim maiores resultados para o seu negócio.

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade