Michael Campos

Como fazer um posicionamento estratégico eficiente

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos em primeira mão!

    Compartilhe

    As grandes marcas, apesar de suas diferenças, possuem uma semelhança que é usada frequentemente e é uma das estratégias que faz com que elas continuem com a sua reputação positiva. Trata-se de ter um posicionamento estratégico eficiente.

    Contudo, os posicionamentos de ambas as companhias são diferentes, seja através dos valores agregados, soluções, preços competitivos ou pela maneira que se comunicam com o seu público-alvo. 

    Pois bem, então é possível dizer que ter um posicionamento estratégico é fundamental para que uma companhia seja reconhecida pelo seu público. 

    Deste modo, podemos compreender que até mesmo uma organização que trabalha com instalação de energia solar pode adotar um posicionamento no mercado de trabalho, justamente pelo fato de que o cenário competitivo está se tornando cada vez mais intenso. 

    Então, para que um posicionamento estratégico funcione de forma eficiente, é preciso seguir alguns caminhos. Diante desse contexto, iremos explicar como aplicar essa estratégia da melhor forma possível dentro de uma empresa. 

    Entender como funciona cada passa para aplicar um posicionamento estratégico é essencial para que uma loja que vende fios e cabos elétricos, por exemplo, consiga aumentar o número de vendas e, consequentemente, aumentar a sua margem de lucro. 

    Antes de tudo, é preciso explicar qual o conceito principal de um posicionamento estratégico, a fim de contextualizar melhor essa estratégia. 

    O que é posicionamento estratégico?

    Ter um posicionamento estratégico, significa que a empresa quer que o seu público fique com uma imagem empresarial na cabeça, ou seja, uma organização focada em gestão de condomínios pode construir na internet a sua imagem por meio de várias estratégias de marketing. 

    Inclusive, é importante reforçar que essa imagem a ser lembrada faz com que a empresa ganhe um destaque maior diante das concorrências. Porém, para que o posicionamento estratégico funcione melhor, a empresa precisa conhecer o seu público-alvo e ter ideia dos seus principais diferenciais. 

    Desse modo, fica fácil entender que não adianta ter um posicionamento mostrando a funcionalidade e a utilidade de um sistema de alarme de incêndio, sendo que a construção do produto apresenta falhas e outros pontos que podem deixar a desejar.

    Então, a importância de ter um posicionamento estratégico está relacionada diretamente com as ações de marketing e de comunicação. 

    Para exemplificar, podemos imaginar uma empresa de cosméticos que não faz testes em animais, por exemplo, logo, ela terá um motivo suficiente para desenvolver um posicionamento estratégico voltado para um tema mais sustentável.

    Diante desse posicionamento, naturalmente a empresa conseguirá alcançar o público vegano e vegetariano. 

    Conheça os principais termos que cercam o assunto

    Porém, é preciso pontuar que o mercado de trabalho faz com que as empresas sejam reconhecidas por diversos termos. São eles:

    • A mais popular;
    • Tradicional;
    • Moderna;
    • Tecnológica;
    • Acessível;
    • Elegante ou de luxo;
    • Inovadora.

    Para exemplificar um cenário drástico para uma empresa, podemos utilizar novamente uma empresa que, na teoria, se preocupa com o meio ambiente mas, ao mesmo tempo, faz o descarte incorreto dos resíduos. 

    Diante da realidade, não é difícil encontrar uma marca que promova uma imagem sustentável mas, se for investigada por autoridades, é possível encontrar ao menos alguns fatores que não contribuem com a preservação do meio ambiente. 

    Esse cenário mostra como a empresa está indo contra a imagem que quer passar para o público, portanto, a empresa pode perder a sua credibilidade e também os seus consumidores. Por isso, é preciso ser uma distribuidora de produtos químicos de palavra.

    Ademais, a verdade é que o mercado de trabalho está cada vez mais saturado, isso porque várias empresas estão surgindo frequentemente. Um dos grandes motivos para que muitas empresas estejam surgindo, é o fato de sanar as necessidades e desejos dos públicos. 

    Diante de um cenário tão competitivo, novamente vemos como um posicionamento estratégico pode ser um fator para que uma empresa consiga se destacar entre a concorrência. 

    Em outras palavras, podemos definir o posicionamento estratégico como uma alternativa que as empresas têm para construir não só o mercado, mas no imaginário do consumidor, enfatizando os seus principais benefícios. 

    Mostrar para o consumidor como a instalação de gerador de energia é feita por uma empresa especializada, pode fazer com que o cliente fique com a imagem de que a companhia tem um profissionalismo maior do que a concorrência. Logo, ela será a preferência dos clientes. 

    A expectativa para uma empresa que não adota um posicionamento estratégico, é que o próprio mercado se encarregará de posicionar a sua marca onde tiver espaço. 

    E esse cenário é extremamente negativo, afinal, trata-se de um espaço que não dará destaque nenhum para a sua companhia. Para facilitar a abordagem do seu posicionamento estratégico, há duas maneiras para fazer isso. A primeira é a “de fora para dentro” e a “de dentro para fora”. 

    Para você entender melhor, a de fora para dentro pode ser definida como uma análise de mercado para descobrir a melhor forma de competir com a concorrência. Nesse modelo, a principal ferramenta a ser usada é, obviamente, a pesquisa de mercado. 

    Já a estratégia de dentro para fora, consiste em uma perspectiva onde uma empresa identifica internamente seus diferenciais e capacidades de acordo com os seus recursos disponíveis, seja uma empresa de inspeção de equipamentos ou qualquer outra.

    De forma resumida, essa maneira de desenvolver a estratégia se dá por meio das capacidades organizacionais, e é a estrutura interna que garante o lugar de competitividade da empresa no mercado de trabalho. 

    Qual dessas abordagens escolher?

    Inicialmente, devemos pontuar que não há uma abordagem certa ou errada para adotar na sua empresa. A decisão dependerá apenas do contexto da sua organização. 

    Além disso, nada impede da sua companhia aplicar ambas as visões de posicionamento, isso porque cada uma oferece insights diferentes. 

    Quais caminhos para a minha organização?

    Para reconhecer o melhor caminho de posicionamento para a sua empresa, existem dois que você pode escolher. Trata-se do caminho complexo e o caminho reflexivo. 

    Resumidamente, o caminho complexo é aquele que faz uma análise e pesquisa aprofundada sobre o mercado em que a empresa atua. Já o caminho reflexivo, é aplicado quando a sua empresa não tem condições de seguir o caminho complexo. 

    Caso não tenha formas de realizar pesquisas aprofundadas de mercado, é possível adotar modelos já existentes. Os mais famosos são as Estratégias Genéricas de Porter e a Tipologia Estratégica de Miles & Snow. 

    Veja os variados tipos de posicionamento

    Agora sim podemos ir aos diferentes tipos de posicionamentos estratégicos que, quando adotados, fazem com que toda a estratégia funcione de forma eficiente. Pois bem, entre os principais estão os seguintes:

    1 – Preço 

    Inicialmente, devemos pontuar novamente que para desenvolver um posicionamento estratégico, é necessário que a empresa conheça profundamente o seu público, afinal, isso fará com que os posicionamentos sejam mais aceitos por parte dos consumidores. 

    O preço, por sua vez, pode ser a porta de entrada para as estratégias que estão relacionadas ao valor que o cliente paga no produto, ou serviço oferecido pela empresa, independentemente de qual seja. 

    Portanto, é inegável que o preço mais acessível  praticado por um curso de aeromoça online, por exemplo, é mais atrativo para as pessoas que se interessam por essa área. 

    Esse tipo de ação exige um trabalho de branding com a marca muito bem elaborado, que naturalmente, faz com que o produto fique mais valorizado e comece a atrair mais pessoas. 

    2 – Fator diferencial

    Esse tipo de posicionamento requer uma característica em especial da empresa, que gira em torno de algo que consiga fazer com que a companhia se diferencie das concorrentes. 

    Para que isso aconteça, é preciso que a empresa trabalhe aquilo que ela tem de melhor. Pense como a combinação de um produto de qualidade com trabalhos de destaque pode causar um forte impacto em seus consumidores. 

    3 – Com base no benefício oferecido

    O que é muito comum ver entre as grandes empresas, é focar em um posicionamento estratégico com base no principal benefício que tem a oferecer aos seus consumidores. 

    Casos como esse, a gestão de marcas é feita com foco nos resultados que os clientes terão quando usarem os produtos que a empresa oferece. Podemos utilizar empresas que trabalham com cosméticos para exemplificar esse posicionamento. 

    Parte delas promovem a imagem de que seus produtos fazem bem para os consumidores e, ao mesmo tempo, busca proteger o meio ambiente, utilizando embalagens menos poluentes e outros meios que conseguem favorecer a sustentabilidade.

    4 – Monopolização de mercado 

    Esse posicionamento é baseado na monopolização de um segmento do mercado. Quando colocada em prática, pode envolver de forma intencional ou não a imagem de que é a empresa principal do segmento. 

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade