Michael Campos

Como usar Yoast SEO no WordPress

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos em primeira mão!

    Compartilhe

    Para fazer com que seu blog tenha sucesso, use ferramentas como o Yoast SEO para otimizar seus esforços. 

    Imagine como seria apenas pensar em um bom título e já ter uma bela publicação, com um layout definido e otimizado. Ou se seu primeiro conteúdo já fosse ranqueado entre as primeiras posições de mecanismos de busca, como o Google.

    Para conseguir isso é preciso esforço e dedicação. É possível fazê-lo e existem ferramentas, mas também é um trabalho sério que precisa ser desenvolvido.

    Quando se trata de blogs feitos com o WordPress, existe uma ferramenta valiosa que pode ser usada, o plugin Yoast SEO.

    Ele torna sua página mais amigável para os motores de busca, otimizando blogs pessoais, melhorando o ranqueamento da página e trazendo melhores resultados para blogs corporativos, como de uma consultoria ambiental.

    Neste artigo, explicaremos como baixar, instalar e configurar o Yoast SEO, destacando como otimizar suas postagens.

    O que é Yoast SEO e qual sua aplicação?

    O Yoast SEO, ou simplesmente Yoast, é um plugin feito para o WordPress que foi estruturado para facilitar o SEO on page.

    SEO é a sigla para Search Engine Optimization, ou seja, Otimização para Mecanismos de Busca, relacionando-se diretamente com conseguir dialogar com os algoritmos destes motores.

    O plugin conta com um slogan: SEO para todos. E realmente cumpre sua função, podendo ser usado por qualquer um, independentemente de seu nível de experiência, seja em SEO ou em programação.

    Ao usar essa ferramenta, empresas de engenharia ambiental e negócios em diversas áreas são guiados por todo o trajeto. A interface é simples e para apontar situações e sinalizar problemas, são utilizadas cores, que podem ser explicadas para sua resolução.

    Existem duas versões do plugin, uma gratuita e uma paga, que proporcionam funcionalidades como:

    • Ajuste do título, da URL e da meta descrição;
    • Dicas para otimização de título, URL e meta descrição;
    • Pré-visualização de suas postagens;
    • Análises sobre o uso de palavras-chave;
    • Um contador de link internos;
    • Avaliações de legibilidade.

    A versão gratuita pode ser suficiente para um site pequeno, mas para aplicações mais complexas, indicamos investir na paga, que proporciona também:

    • Uma ferramenta de redirecionamento;
    • Prévia de compartilhamentos de redes sociais;
    • Sugestões para milks internos;
    • Foco em diversas palavras-chave.

    São diversas as funcionalidades e ajudam muito as pessoas que estão começando a aprender sobre SEO, tornando o tema mais amigável.

    Baixando e instalando o Yoast

    Para otimizar o blog de uma empresa de zeladoria é preciso começar do início, e o primeiro passo é instalar o plugin. No dashboard de seu WordPress você deve localizar na coluna da esquerda a opção “Plugins”.

    Passando o mouse por cima, sem clicar, você verá a opção “Adicionar novo”, que te levará para uma página onde você pode navegar pelos diversos plugins oferecidos pela plataforma.

    Os plugins se encontram organizados em categorias, como “Destaques”, “Populares” e “Recomendado”. Caso o Yoast SEO não esteja em nenhuma dessas categorias, você pode pesquisar o plugin para encontrá-lo.

    Clique na opção “Instalar agora” e o próprio WordPress baixa, instala e pede para você ativar o plugin. Quando tudo estiver pronto você deve ver a opção “SEO” na barra lateral do seu dashboard, onde achou a opção “Plugins”.

    Se essa categoria estiver visível é porque o plugin foi instalado e ativado com sucesso, e você já pode começar a usá-lo no seu blog de aluguel de equipamentos hospitalares.

    Como usar o Assistente de Configuração do Yoast SEO

    Clicando nessa nova aba “SEO” em seu dashboard no WordPress pela primeira vez, irá aparecer um grande aviso para fazer a configuração inicial (Fisrt time SEO configuration).

    Clique no link do assistente de configuração (configuration wizard) e o Yoast SEO vai lhe fornecer um tour guiado que o ajudará a definir todas as configurações básicas.

    Você deve clicar em “Configurar Yoast SEO” (Configure Yoast SEO) para ter acesso às demais seções. Vamos ver cada uma delas.

    Seção 1: Ambiente

    A primeira seção é o Ambiente (Environment), e aqui você sempre deve selecionar a opção A, a não ser que esteja trabalhando em um site de testes.

    Seção 2: Tipo de site

    Na segunda seção, em Tipo de site (Site Type) é o momento de definir uma categoria que se adequa bem ao site da sua empresa de conserto de máquinas industriais, por exemplo.

    Seção 3: Organização ou pessoa

    Na terceira seção será definido se o site pertence a uma organização ou a uma pessoa, e você pode escolher. Ao escolher “Organização” (Organization) você também deverá informar o nome da organização e o logo, em uma resolução de 112×112 px.

    Ao escolher “Pessoa” (Person) é necessário informar apenas o nome da pessoa para prosseguir. Ali você pode colocar todos os perfis de mídia social, seja de uma organização ou de uma pessoa.

    Ali você também edita detalhes como os perfis sociais, nome e descrição do usuário, escolhendo os perfis que quer promover ativamente.

    A sua página de fogão industrial com forno recebe um Knowledge Graph, gerado pelo Google, e que fornece detalhes sobre o negócio.

    Seção 4: visibilidade do mecanismo de pesquisa

    Em “Visibilidade do mecanismo de pesquisa” são determinadas configurações para escolher sobre a indexação dos conteúdos em mecanismos de pesquisa.

    A não ser que você realmente saiba o que está fazendo, recomendamos deixar as configurações padrão do sistema.

    Seção 5: Autores múltiplos

    Nesse ponto tudo vai depender se é uma única pessoa que escreve em seu blog ou se existem vários autores. Se for somente um autor, o plugin marcará os arquivos de autor como “noindex” indicando que não deve ser duplicado ou indexado pela página.

    Um blog de serviço de medicina do trabalho, que tenha um único autor, os arquivos serão idênticos aos da página inicial.

    Já para a existência de autores múltiplos, você deve selecionar a opção “yes”. Nesse caso é possível encontrar os arquivos de cada autor pesquisando nos posts.

    Seção 6: Google Search Console

    O Google Search Console compreende uma ferramenta do Google que existe para que você visualize informações de como seu site funciona na pesquisa orgânica.

    Você pode optar para que o Yoast SEO importe as informações ao clicar em “Obter código de autorização do Google” (Get Google Authorization Code) e inserir o código.

    Embora se trate de uma ferramenta que você deve investigar, você pode configurá-lo depois, clicando em “Next” e pulando essa etapa, pois isso não é básico para que o Yoast SEO funcione.

    Seção 7: Configurações de título

    O título é um ponto estratégico que se trata da principal chamada que aparece nos resultados de pesquisa do Google, bem como nas abas dos navegadores.

    O Yoast SEO cria seu título considerando a seguinte estrutura: Nome do post, Separador, Nome do website, onde você pode escolher o separador e nome do seu site. 

    Finalizando o Assistente de Configuração

    As próximas seções que aparecerão para configurar o Yoast SEO para otimizar seu blog de fábrica de avental descartável serão convites para assinar a newsletter, adquirir a versão do Yoast SEO Premium ou fazer treinamentos de pesquisa de palavras-chave e plugin.

    São opções que ficam ao seu critério, mas não são necessárias para serem selecionadas, e você pode ir clicando em “Next” até o fim das abas.

    Otimizando um post

    Na guia “Otimização de conteúdo” você pode trabalhar para otimizar os conteúdos para os mecanismos de busca. 

    Acessando a visualização do Snippet você pode clicar no botão “Editar Snippet” para fazer uma alteração manual de pontos como o título e a meta descrição.

    A medida que realizar as atualizações verá uma alteração já aparecendo ao vivo no topo da tela. Fique atento, pois essas são informações importantes no momento da exibição das pesquisas nas páginas de resultados (SERP).

    Na aba de Análise de SEO, você verá o quanto sua página está otimizada para os mecanismos de pesquisa. Em “Legibilidade” (Readability) a intenção é analisar o quão legível o conteúdo está na visitantes humanos, oferecendo algumas sugestões de melhora.

    Nem sempre essas sugestões são perfeitas, pois se trata de um algoritmo tentando analisar a experiência humana, mas é um guia de alto nível. Na aba “Frase-chave principal” você tem a opção de inserir essa frase-chave, de forma a otimizar seu conteúdo.

    Para isso é importante realizar uma pesquisa de palavras-chave, para entender quais são as buscas do seu público. O Yoast SEO analisa a palavra-chave e seu conteúdo, para ver se existe uma otimização na sua postagem.

    Considerações finais

    Conseguir colocar seu blog entre os principais resultados das pesquisas em mecanismos de busca, como o Google, é algo que favorece suas estratégias de diversas formas.

    Para isso existem ferramentas que podem ser muito úteis. Para quem desenvolve seu site no WordPress, pode contar com a funcionalidade do plugin Yoast SEO para garantir a otimização dos conteúdos.

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade