Michael Campos

As melhores práticas de vendarketing para pequenas empresas

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos!

    The Ultimate Managed Hosting Platform

    Compartilhe

    O vendarketing é um termo pouco conhecido, mas o conceito já é utilizado há muitos anos no mercado. Empresas que produzem gerador pequeno ou de qualquer outro setor podem se beneficiar dessas técnicas e aumentar suas vendas. 

    Entenda o que é, de fato, o vendarketing, e como aplicá-lo na sua pequena empresa para impulsionar as vendas, construir uma base de clientes fiéis e crescer de forma consistente e saudável.

    O que é vendarketing?

    O termo vendarketing surgiu da junção das palavras “vendas” e “marketing”, e é uma abordagem que integra essas duas áreas em uma estratégia única. 

    Ela tem se tornado cada vez mais popular entre as pequenas empresas, pois oferece um caminho mais eficiente para gerar negócios e conquistar clientes.

    A história do vendarketing remonta aos anos 80, quando Philip Kotler, um dos maiores especialistas em marketing do mundo, criou o marketing holístico. 

    Essa abordagem propõe que todas as atividades da empresa devem estar alinhadas com as necessidades do cliente, e que o objetivo final é criar valor para ele. Com o passar do tempo, a estratégia evoluiu e se adaptou às novas tecnologias e tendências de consumo.

    Assim como o carvalho europeu, o vendarketing é uma abordagem sólida e duradoura, capaz de fornecer resultados consistentes ao longo do tempo. A ideia é que as empresas tenham uma estratégia eficaz e eficiente, capaz de gerar leads e aumentar as vendas. 

    Com o vendarketing, as empresas conseguem utilizar as informações coletadas pelas áreas de marketing e vendas para entender melhor as necessidades e desejos dos clientes, e assim oferecer uma solução mais completa para eles. 

    A estratégia também permite a criação de uma mensagem mais consistente, que ressoe com o público-alvo e ajude a construir uma imagem mais sólida e confiável no mercado.

    Como o vendarketing ajuda pequenas empresas?

    Para pequenas empresas, o vendarketing é especialmente valioso, já que muitas têm recursos limitados para investir em propaganda e vendas. Assim, é possível otimizar esses recursos e obter melhores resultados a curto e longo prazo.

    O vendarketing tem a capacidade de gerar leads qualificados, fazendo um filtro no público-alvo e conectando a empresa diretamente com consumidores que têm mais chances de se tornarem clientes da marca.

    Além disso, a estratégia permite que as empresas se comuniquem de forma mais clara e direta com seus clientes. 

    Pequenos negócios que, muitas vezes, têm um público mais restrito e precisam construir relacionamentos sólidos com seus clientes para manter a fidelidade e aumentar as vendas, podem perceber o impacto dessa comunicação otimizada com facilidade.

    Uma pequena empresa que vende roupas pode usar as informações coletadas pelas áreas de marketing e vendas para entender melhor as necessidades e desejos do seu público-alvo. 

    Com essas informações em mãos, é possível criar etiquetas personalizadas para roupas, destacando os atributos que são mais valorizados pelo público.

    O vendarketing também ajuda as pequenas empresas a construírem uma imagem mais sólida e confiável no mercado ao transmitir uma mensagem mais consistente, especialmente para marcas que lidam com concorrentes fortes.

    Estratégias de vendarketing para pequenos negócios

    Para as pequenas empresas que desejam adotar o vendarketing como estratégia, existem diversas possibilidades que podem ser exploradas. 

    É importante lembrar que, para esses negócios, é fundamental focar em estratégias que demandem baixo investimento e tragam um bom retorno.

    Uma das estratégias mais eficazes é a personalização de produtos ou serviços. Um exemplo disso são as placas de vidro personalizadas, que podem ser produzidas por pequenas empresas que atuam no ramo de decoração, por exemplo. 

    Ao oferecer esse tipo de produto personalizado, é possível criar uma experiência única para o cliente, que se sente mais valorizado e mais propenso a voltar a fazer negócios com a empresa.

    Com a internet em constante crescimento e o marketing digital cada dia mais acessível, ficou mais fácil construir uma comunicação eficaz e que gere vendas. 

    Ao contrário da propaganda tradicional, hoje é possível alavancar um negócio utilizando ferramentas gratuitas e criatividade. Conheça algumas estratégias que as pequenas empresas podem adotar e impulsionar suas vendas.

    Aposte nas redes sociais

    As redes sociais são um canal poderoso para as pequenas empresas divulgarem sua marca e seus produtos. Além de serem acessíveis e fáceis de usar, essas plataformas permitem que as empresas alcancem um grande número de pessoas de forma rápida e eficaz.

    Há diversos usos e finalidades para as redes sociais como ferramenta profissional. As empresas podem:

    • Criar conteúdo interessante e relevante para o público-alvo;
    • Compartilhar promoções e lançamentos de um novo produto;
    • Interagir com os clientes;
    • Responder a perguntas e dúvidas;
    • Construir uma presença digital forte;
    • Aumentar a visibilidade da empresa;
    • Entre outros.

    Para aproveitar ao máximo as redes sociais, é importante entender qual é o público-alvo da empresa e quais plataformas são mais relevantes para ele. Uma loja de equipamentos para jardim pode usar o Instagram para compartilhar fotos de produtos, como o bico de sprinkler, e dicas de jardinagem.

    Além disso, é importante manter uma presença consistente nas redes sociais, postando com frequência e interagindo com os seguidores. Com o tempo, a empresa consegue construir uma comunidade fiel de clientes que ajuda a promover a marca.

    Otimize seu site para a venda

    Um site bem projetado e fácil de usar, além de transmitir uma imagem profissional da empresa e aumentar a confiança do cliente na marca, é essencial para instigar o usuário a concluir uma compra.

    Para otimizar o site para a venda, é importante prestar atenção a diversos aspectos, como a velocidade de carregamento das páginas, a navegação intuitiva e a qualidade do conteúdo. 

    Empresas de usinagem, por exemplo, também devem garantir que o seu site esteja otimizado para mecanismos de busca, com palavras-chave relevantes que atraiam mais tráfego orgânico.

    Ao construir o site com foco em conversão, as pequenas empresas podem aumentar sua presença digital, gerar mais leads e fechar mais vendas, ajudando a impulsionar o crescimento e o sucesso do negócio.

    Adote o inbound marketing

    O inbound marketing é uma estratégia que busca atrair clientes interessados nos produtos ou serviços da empresa por meio da criação de conteúdo relevante e valioso. 

    Diferentemente do marketing tradicional, que usa técnicas de interrupção para chegar ao cliente, o inbound marketing visa atrair o cliente de forma natural, criando um relacionamento de confiança e gerando interesse pelos produtos da empresa.

    A estratégia floresce com a criação de um blog com conteúdo de qualidade, relacionado ao nicho de mercado da empresa. As redes sociais também devem promover bons conteúdos, mas suas estruturas nem sempre favorecem o aprofundamento dos assuntos.

    Por exemplo, uma empresa que trabalhe com moldes plásticos pode criar conteúdo sobre técnicas de moldagem, tendências do setor, entre outros assuntos relacionados, sanando as dúvidas dos clientes e se apresentando como um especialista na área.

    Além do blog, outras estratégias de inbound marketing incluem a criação de e-books, webinars, infográficos e outros tipos de conteúdo educativo. 

    Tudo isso ajuda a construir uma imagem de autoridade da empresa no mercado, gerando confiança nos clientes em potencial.

    É importante lembrar que o inbound marketing é uma estratégia de longo prazo, ou seja, seus resultados não são imediatos. Entretanto, por transformar a percepção do público em relação à marca, os efeitos dessa estratégia são mais duradouros.

    Defina um SLA

    SLA é a sigla para Service Level Agreement, ou Acordo de Nível de Serviço, em português. Um SLA é um acordo formal que estabelece metas e prazos para a entrega de um serviço ou produto entre duas partes, geralmente uma empresa e seus clientes.

    O SLA também pode ser um acordo entre as equipes de marketing e vendas para definir metas claras e alinhar as expectativas em relação ao processo de vendas. 

    Ele define as responsabilidades de cada equipe, os prazos para a entrega de leads qualificados para as vendas e as métricas de acompanhamento para avaliar o desempenho das equipes.

    Para definir um SLA, é importante que os setores trabalhem juntos para encontrar metas realistas e alcançáveis. É necessário levar em consideração os objetivos do negócio, a capacidade das equipes e as metas de vendas a curto e longo prazo. 

    Uma empresa que trabalhe com laudo ambiental pode definir um SLA que estabeleça um número mínimo de leads qualificados por mês para a equipe de vendas, com base na capacidade de atendimento da equipe.

    Ao estabelecer um SLA claro e distinto para as equipes de marketing e vendas, as empresas podem aumentar a eficiência do processo de vendas, melhorar a comunicação interna e gerar mais vendas, ajudando a impulsionar o crescimento e o sucesso do negócio.

    Em resumo, o vendarketing é uma estratégia poderosa para pequenas empresas que desejam aumentar suas vendas e expandir seus negócios. 

    Ao adotar estratégias inteligentes, as empresas podem maximizar seu retorno sobre o investimento e alcançar um público maior sem gastar muito dinheiro.

    No geral, a adoção de uma abordagem de vendarketing pode ser a chave para o sucesso das pequenas empresas. Ao combinar as estratégias de marketing e vendas, é possível atingir os objetivos de negócio e aumentar as vendas.

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

     

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade