Michael Campos

Saiba quais são os fatores que fazem os clientes desistirem de uma empresa

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos em primeira mão!

    Compartilhe

    Diversos podem ser os fatores que fazem os clientes desistirem de concluir uma compra, passando pelo preço do produto ou serviço, a qualidade, a forma com que esse consumidor foi atendido, além de outros fatores que podem ter alguma associação nesse sentido.

    Cabendo às empresas que vêm sofrendo com uma grande perda de clientes analisarem suas atividades, em busca de compreender o que pode estar sendo responsável por essa saída de clientes ao seu empreendimento, seja ele do modelo físico ou digital.

    No caso do ramo digital, o maior índice de desistência de compra se encontra no momento de finalizar a compra, após encher o seu carrinho virtual de uma série de produtos, mas que por algum motivo, esse usuário acabou por excluir tais mercadorias.

    Na situação apresentada, uma empresa que trabalha com  venda de chinelos personalizados e brindes precisa abrir uma linha de diálogo com os seus consumidores e clientes potenciais, de forma a descobrir quais são os motivos por trás dessa desistência.

    Sendo esse motivo pelo qual alguns sites trabalham com a utilização de um pop-up sempre que o usuário tenta sair da página de finalização do pagamento, por exemplo, perguntando ao mesmo se ele tem certeza sobre esse abandono ao seu carrinho de compra.

    No mercado presencial, por outro lado, essa relação de pesquisa acaba sendo mais perceptível, com os atendentes de um estabelecimento conseguindo identificar melhor tais motivos, de forma a diminuir o índice de visitantes que saem sem nada de uma loja. 

    Como uma loja de balões para decoração de aniversário, que entre as razões pela desistência de compra dos seus clientes é possível identificar questões como a falta de um produto, o preço cobrado em cima do serviço, junto a outros fatores.

    Em boa parte dos casos, é possível destacar a insatisfação de um cliente com o produto e serviço oferecido como o principal motivo pelo abandono de um consumidor que tenha recorrido anteriormente aos serviços dessa companhia.

    Para impedir que isso ocorra, as empresas precisam ter bastante atenção ao processo de vendas adotado pela companhia, de forma a se certificar de que todos os visitantes de uma loja não só saiam tendo comprado algo, mas também que os mesmo retornem.

    A importância de manter clientes

    Quando se pensa na expansão de um negócio, é fácil pensar imediatamente em uma ampliação também do número de clientes, estando diretamente conectados a um crescimento no índice de eventos dessa companhia.

    Contudo, existe uma importância maior a ser explorada nesse sentido, que é o percentual de pomerânia de um cliente junto aos seus negócios. Um conceito que no marketing costuma ser tratado pelo LTV (Lifetime Value).

    Esse índice está associado ao tempo de vida de um cliente junto a uma companhia, ou seja, a média de lucro alcançada durante o período ao qual um consumidor esteve associada aos serviços de uma companhia, como o valor vitalício dessa relação.

    Quanto maior for esse índice para uma companhia que trabalha com serviços de  comunicação visual para empresas, maior deve ser o esforço dessa empresa para manter esses clientes associados, diante do rendimento alcançado com eles.

    O processo para criar um vínculo com os seus clientes atuais tem uma importância dupla. Primeiro pelo prestígio que isso cria à marca, ao ter uma audiência conectada aos seus serviços, segundo por ser uma questão econômica.

    Conquistar um novo cliente é normalmente um procedimento que exige recursos por parte da empresa, com ações de marketing e comunicação, para que esse indivíduo passe a conhecer a história da marca, entre outros fatores a torná-lo em um consumidor.

    Uma série de gastos que precisa ser feito caso uma companhia tenha o propósito de fazer com que uma nova leva de clientes se transforme em parceiros fidelizados dessa marca. E mantê-los conectados a sua empresa é algo então a apresentar gastos menores.

    Já que todos os gastos relacionados ao processo de ensinar o seu público sobre o funcionamento de soluções em controle de acesso, pode ser substituído por uma campanha menor e mais específica, sobre os valores da companhia, por exemplo.

    Algo que só será possível caso essa empresa já possua uma base fiel de clientes, no qual só se mostra necessário apostar em estratégias que mantenham essa linha de indivíduos conectados à marca, ao invés de começar um processo de conquistar totalmente do zero.

    E para garantir que esses clientes conquistados não acabem por abandonar os seus serviços, recorrendo aos produtos oferecidos por concorrentes, por exemplo, é preciso definir uma série de estratégias que estruturam bem o seu processo de vendas.

    Existindo uma série de fatores que podem ser responsáveis por essa ação de abandono por parte do cliente, sendo importante para as empresas conhecerem a fundo cada uma dessas possibilidades, com o intuito de buscar maneiras de remediá-las.

    O que pode fazer um cliente desistir da compra?

    Não conseguir realizar uma venda é normalmente identificado como um ponto negativo para uma empresa, perdendo assim a chance de lucrar com um novo cliente. No entanto, esse processo pode ser ainda mais negativo caso o cliente em si já seja um parceiro da marca.

    Isso porque essa companhia pode estar perdendo não apenas a chance de fechar uma venda, mas também um cliente que antes era visto como fidelizado, fazendo com que essa marca perca um ativo responsável pelas finanças a longo prazo desse empreendimento.

    E diversos podem ser os motivos que fazem com que um cliente desista de comprar um power bank personalizado que o chamam atenção, ou até mesmo um lanche na rua.

    Por isso, é importante conhecer os motivos responsáveis por essa desistência.

    Atendimento ruim

    Ninguém gosta de ter uma experiência ruim em um espaço específico, como um passeio que fica aquém das suas expectativas, fazendo com que esse indivíduo não pense em realizar essa trajetória novamente e em seu futuro. O mesmo vale para o comércio.

    Ser mal recebido ao entrar em uma loja, ou então ter uma experiência ruim pode fazer com que um cliente opte por não retornar a esse estabelecimento comercial, e em alguns casos que ele sequer finalize o seu processo de compra inicial.

    Não corresponder às necessidades do cliente

    Os motivos que fazem com que um cliente procure por um produto ou serviço são diversos, normalmente e conectados a uma necessidade que o mesmo busca resolver. Logo, as marcas devem agir com o intuito de se portarem com a solução para tais problemas.

    A pouca atenção sobre como resolver tais problemas, ou até mesmo uma pouca proatividade, antecipando essas questões podem fazer com que um cliente se afaste.

    Soluções simples, como oferecer uma embalagem para sushi para um cliente que gostaria de elevar o resgate do seu pedido para casa, podem ser responsáveis por manter um consumidor associado ao seu negócio.

    Serviço de má qualidade

    Receber um produto de qualidade duvidosa pode fazer com que um cliente acabe por se afastar do seu comércio, ao ter uma experiência ruim com esse serviço.

    Oferecer um preço mais baixo pode remediar tal questão, mas não a ponto de resolver o problema, até porque os seus concorrentes podem bater uma oferta, com o propósito de conquistarem uma posição de maior competitividade no mercado, por exemplo.

    Foco apenas no preço

    Falando do valor do produto ou serviço, é preciso olhar além desse tópico, sendo necessário associar sua mercadoria a outras questões, garantindo um valor agregado a essa compra. 

    O que pode ser conquistado ao focar em elementos como:

    • Qualidade;
    • Prestígio da marca;
    • Visão da companhia;
    • Tempo de entrega do produto.

    Uma série de fatores podem ser responsáveis pela decisão do cliente de fazer a encomenda de papel para modelagem de uma marca específica.

    Não conhecer o seu público

    Para garantir uma fidelidade por parte dos seus clientes, é preciso conhecê-los de forma profunda, oferecendo a eles produtos e serviços adequados às suas necessidades, além de outras questões que estejam alinhadas aos hábitos de compra dessa audiência.

    Dessa forma, é importante nunca tratar uma venda já como garantida, sendo preciso sempre conquistar esse cliente, para se certificar de que uma compra será cancelada, já que a lealdade do seu público pode não ser tão forte assim, mudando para outras marcas.

    Ter uma companhia parada no tempo

    As necessidades e interesses do público mudam de forma constante, acompanhando as mudanças que ocorrem na própria sociedade. Com isso em mente, sua empresa deve sempre atualizar seus serviços, oferecendo novas possibilidades de compra, por exemplo.

    Deixando claro também as informações referente a modificação dos seus produtos, como um display customizado exposto em sua loja, informando sua audiência sobre as novas características dessa mercadoria.

    Tudo para que seja possível renovar o seu quadro de clientes, mantendo sua companhia em posição competitiva no mercado, adotando estratégias que correspondam às questões citadas, mantendo assim a sua faixa dos clientes associada aos seus negócios.

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade