Michael Campos

Saiba em qual perfil empreendedor você se encaixa

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos em primeira mão!

    Compartilhe

    Trabalhar por conta própria é um sonho para muita gente. E, aos que já fazem desse sonho a sua jornada, têm características pontuais para conseguir o sucesso que tanto almeja, por isso o perfil empreendedor é importante para quem quer alcançar seus objetivos.

    Isso se torna ainda mais importante, quando avaliamos o atual cenário e toda a competitiva que está sendo importa. Por isso, ser um empreendedor de sucesso pode não ser tão fácil quanto parece, exigindo alguns pontos importantes.

    Veja as características de um bom empreendedor

    Quando você parte para o próprio negócio, algumas características são muito importantes, principalmente se o seu objetivo for o de fazer dar certo. Pois bem, entre os principais pontos necessários estão:

    • Liberdade;
    • Automotivação;
    • Perseverança;
    • Disposição;
    • Coragem; 
    • Perspicácia.

    Ademais, saber reinventar e ser resiliente é um passo importante que se encaixa perfeitamente neste perfil, desde os empreendedores que atuam em serviços de call center até a abertura de uma panificadora em uma cidade pequena, por exemplo. 

    Identificar problemas e ir em busca de soluções contribui para uma maior flexibilidade e competência analítica, dando mais segurança para trabalhar na empresa.

    Essa autoavaliação é importante para manter o time motivado ou até mesmo seus potenciais elevados, afinal o empreendedorismo é um trabalho bem solitário, e diferentemente de outros setores mais tradicionais, como seria em uma empresa de TI.

    Os desafios de empreender no Brasil

    Entre os maiores desafios ao empreender no Brasil está o impacto que afeta todos os segmentos, ou seja, a crise financeira. Este impacto deixa incapaz os meios para quem está começando uma oportunidade formal no mercado. 

    Além de alguns processos burocráticos para ter um negócio no país, os impostos são desanimadores e não oferecem segurança para quem deseja uma futura empresa. 

    O foco no mercado e sua medida de desempenho sendo o lucro, torna os perfis mais vistos neste setor de forma amplificada, mantendo todas as potencialidades do negócio: inovações e retorno financeiro. 

    Há quem se encaixe em perfis mais arrojados, independentes, autônomos, realizadores e quem seja mais individual, informal, social, cooperativo, digital e integrador.

    Mesmo com esses motivos, o cenário atual não é desanimador, pois ainda existem caminhos proporcionados pelo governo federal, com linhas de financiamento e taxas acessíveis, que são incentivos necessários para gerar o capital e colocar em prática alguma ideia.

    Como começar a empreender?

    Independentemente de qual seja o seu perfil, é preciso enfatizar também que saber negociar, ter acesso à consultoria e treinamento, planejamento estratégico e conhecer as principais ferramentas de gestão que fazem qualquer um empreendimento crescer, são pilares primordiais.

    Pois bem, tem quem prefira partir através de métodos tradicionais, fazendo uma graduação ou um curso técnico, mas não necessariamente é o caminho mais certeiro para fazer dar certo. 

    Aprimore seus conhecimentos, o brasileiro é prático quando o assunto é: formas de ganhar dinheiro, hoje em dia tem destaque o modelo diferenciado de fazer boas negociações. 

    Faça algumas perguntas antes de abrir sua empresa, ainda que o ramo seja terceirização de mão de obra limpeza, a primeira seria: por que você empreende? E com a resposta, se questionar também; como você lida com os riscos? e qual a sua principal dificuldade?

    Feito isso, coloque metas e objetivos ao longo da sua trajetória empreendedora e revise seus planos frequentemente, afinal isso interfere diretamente na gerência de pequenas, médias e grandes empresas.

    Até porque, com isso, você acaba sabendo lidar com tendências comportamentais e realizações de ações importantes, qualifica seu perfil e pondera seus riscos.

    Conheça os principais tipos de empreendedor 

    Comparando algumas formas de empreender, um perfil provedor seria “empreender por necessidade”, facilmente habilitado para trabalhar com contabilidade para empresas, de forma pragmática e em busca constante de conhecimento e informação. 

    Diferentemente do desbravador que tem um potencial na área que atua, no entanto falta experiência. Pois bem, entre os outros perfis estão:

    • Empreendedor individual;
    • Empreendedor informal;
    • Empreendedor social/cooperativo;
    • Empreendedor digital;
    • Empreendedor integrador.

    Para facilitar o entendimento, conheça um pouco mais sobre cada um dos pontos aqui trazidos, e descubra qual faz mais sentido com você:

    Empreendedor individual

    O empreendedor individual é aquela pessoa cujo foco é a renda fixa, um tanto ativo e geralmente formalizado, que prefere trabalhar sozinho, mas ainda não tem noção do tamanho de seu potencial, nem da sua força, que está em constante crescimento.

    Podemos dizer que é aquele perfil decidiu sair da empresa de sistema de emissão de nota fiscal para manter sua qualidade de serviço, mas de forma autônoma.

    Empreendedor informal

    O importante é começar, aquele empreendedorismo inicial, motivado por uma grande necessidade, tem o imediatismo como palavra de ordem, essas são características de um empreendedor informal. 

    Como exemplo visível estão os camelôs que viram lojistas, atuando primeiramente sem ter Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).

    Empreendedor social/cooperativo

    Já o empreendedor social, o próprio nome diz: visa o sentimento de manter um bom lucro pensando no bem comum, contribuindo de alguma forma com a sociedade, facilmente promove e pratica a responsabilidade social com os mais diversos segmentos. 

    Atrelado com o cooperativo é um modelo de negócio que engloba o fortalecimento mútuo entre parcerias (empreendedores de mesmo nicho) com a participação ou não de cooperativas.

    Uma característica que é nata em todo brasileiro no ramo de empreendedorismo, é a criatividade e capacidade de dar uma nova cara ao que já é tido como “batido”, com dados recentes do Ministério da Economia, o Brasil bateu recorde de empreendimentos abertos em 2021. 

    Consequência da pandemia, registrando cerca de 4 milhões de novas empresas neste último ano, mas em contrapartida os desafios continuam existindo e a permanência desses negócios  no mercado no período de cinco anos, são em média 40%, dados da pesquisa “Democracia das Empresas e Estatísticas do Empreendedorismo” feita pelo IBGE. 

    Empreendedor digital

    Investir no Brasil não é apenas visto como uma saída para o desemprego, é uma nova alternativa para o novo cenário mercadológico que depende evidentemente das necessidades não atendidas. 

    Com a capacitação profissional, formam-se experiências e para além de métricas, marketing e vendas, todo e qualquer negócio merece ter seu reconhecimento em ativa para que se destaque no mercado mais rapidamente e de forma segura.

    Ainda que essas tentativas de empreender tenham suporte de iniciativas empenhadas para o aprimoramento do “empreendedorismo de oportunidade” no país, a alta carga tributária prova a esses brasileiros o verdadeiro orçamento de cada negócio, cobrados conforme o tamanho de cada um. 

    Por ser escasso os investimentos direcionados à educação empreendedora, processos que deveriam ser simples, tornam-se complexos, como a dificuldade de acesso ao crédito – visto que a ajuda extra necessária não chega de forma direta. 

    Logo quem não possui saldo suficiente coloca em risco a primeiro momento todo o seu planejamento estratégico.

    Entre os termos mais recentes no mercado de trabalho está o empreendimento digital, como os e-commerces, infoprodutos, cursos virtuais, envolvendo muitos mercados, e mantendo infraestruturas de  negócios de ramos como aviação comercial

    Empreendedorismo integrador

    Logo o empreendimento integrador, refere-se a estratégia de desenvolver e integrar soluções a desafios reais com a realidade profissional, voltado a um plano, uma ação para ser desenvolvido e assertivo no futuro. 

    Com uma investida em capital inicial há mais soluções do que problemáticas a serem encaradas, logo cada profissional empreendedor toma como dever não apenas manter o seu gerenciamento, mas como ter aspectos mercadológicos, operacionais e financeiros. 

    Como descobrir qual o seu perfil?

    Entre os exemplos de perfil empreendedor que citamos, todos são viáveis para que seu plano funcione, saber em qual você se encaixa é primordial para começar, dar continuidade ou finalizar qualquer projeto. 

    Sendo como linhas de crédito para empresas, a busca por desenvolvimento requer reconhecimento de forças e fraquezas, a fim de direcionar e seguir um brilhante caminho que é empreender.

    Entre os mais diferentes tipos de empreendimento, todos exigem grandes desafios e é provável que para cada um haja uma identificação diferente, conforme as referências mudam, muitas qualidades devem ser levadas em consideração de cada análise e assim valiosas maneiras de alcançar e proteger transações financeiras consequentemente surgirão. 

    Um plano de negócio estrutura cada elemento essencial na montagem de uma carreira empreendedora, assim é menos tempo perdido durante esse longo trajeto, definido com clareza, o ordenamento e apreciação da potencialidade torna também em um negócio para a obtenção de lucros. 

    Com pesquisas rápidas na internet, nos nichos online, varejo, atacado, comunicação, moda, mas principalmente os negócios do meio digital, percebe-se que hoje em dia é um meio com um custo mais baixo comparado a criação e manutenção de uma infraestrutura para uma loja física, por exemplo. 

    Ao identificar seu perfil, aplique suas técnicas e experiências para obter melhores resultados e sair na frente no mercado de trabalho competitivo que existe lá fora, quem tem essa essência consegue enxergar variantes de forma executiva que todo processo pode causar. 

    Para isso, esteja atento às atualizações que acontecem a todo vapor nesse mundão corporativo individual e próprio, assim te fará dar um passo à frente, pois sabemos no fundo o que precisamos e queremos uma satisfação pessoal e profissional e claro, determinante um ponto de equilíbrio do negócio. 

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade