Michael Campos

Saiba como vender no Pinterest

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos em primeira mão!

    Compartilhe

    Muitos nem sabem que é possível fazer isso, mas vender no Pinterest é uma nova realidade que está se expandindo cada vez mais e conquistando o coração e as ideias de novos empreendedores ao redor do mundo.

    Tendo começado como uma plataforma de imagens e criações, buscando oferecer inspiração para pessoas nos mais diversos assuntos, é difícil entender como é possível realizar vendas em uma plataforma que pode não parecer ter esse objetivo como foco.

    Por isso, o texto de hoje tem como objetivo te ensinar a vender no Pinterest, mostrando como pode ser interessante, diferente e lucrativo, mostrando algumas dicas e formas de aplicação, assim como a importância de ter o seu público-alvo como guia de decisões.

    Entenda o que é o Pinterest

    O Pinterest cresceu muito e são diversas as pessoas que preferem ele a outros sites como o Imgur ou o próprio Google Imagens, seja para procurar referência de banheiros com uma banheira de canto ou para conseguir uma imagem nova de papel de parede.

    Pois bem, o Pinterest é muito mais do que um site ou um servidor de hospedagem de imagens, é também um site com tráfego orgânico e constante de pessoas, servindo como uma espécie de rede social, mesmo que isso não seja explícito ou que muitos percebam.

    Uma empresa de instalação de câmeras, por exemplo, tem muito a ganhar estando no Pinterest, servindo como uma espécie de caminho até seu blog, página ou site, até mesmo canal no Youtube. Basta apenas querer entender como proceder.

    E tudo isso através de imagens compartilhadas que além de gerarem um interesse genuíno com as pessoas, conversam muito bem com o público e podem ajudar a atrair leads e usuários que, mesmo não entendendo o produto, podem se interessar pelo trabalho.

    Pode-se dizer que, de certa forma, a plataforma está a todo momento tentando oferecer uma boa experiência para o usuário e, se através disso sua empresa conseguir realizar a venda de seus produtos de montagem elétrica, por que não aproveitar?

    Sendo assim, os tópicos a seguir irão abordar algumas maneiras de utilizar o Pinterest para vendas, entendendo melhor seus diferenciais, benefícios e dicas muito valiosas de como aplicar essa estratégia de maneira assertiva. Confira!

    Utilizando o Pinterest: veja como

    O primeiro passo para vender no Pinterest é entender o seu diferencial quando colocado em comparação com outras plataformas de negócios. Neste caso, como enxergamos ele como uma rede social, quando comparado aos gigantes Facebook e Instagram.

    Pensemos que, quando uma fábrica de móveis de alumínio começa a compartilhar informações sobre seus produtos, o número de curtir influencia muito no alcance da loja, impulsionando ou deixando-a menos vista.

    Quanto maior o número de curtidas, maior será o alcance do produto. E isso reflete diretamente em empresas menores que, mesmo com um produto de grande qualidade, sempre estarão com o alcance prejudicado por não possuírem tantos seguidores.

    Já no Pinterest, por não possuir esse tipo de ferramenta, mesmo que o produto seja uma régua de tomada com fusível, ele pode servir como referência e pode ser visto por muitas pessoas, pelo simples fato que seu alcance não é prejudicado.

    Existem então alguns motivos para se vender na plataforma, por exemplo:

    • Gerar tráfego para outros sites;
    • Manter a relevância das publicações;
    • Garantir que não se perca o alcance;
    • Influenciar na decisão de compra dos usuários.

    Ou seja, as chances de retorno são, realmente altas e existentes, bastando que você acompanhe o próximo tópico para começar a aplicar na sua marca.

    Dicas para vender no Pinterest

    Pois bem, separamos algumas dicas que podem te ajudar a vender na plataforma, usando técnicas que são essenciais para o funcionamento do método e que podem ajudar a começar. Sem mais delongas, confira!

    01 – Tenha uma conta comercial

    Assim como as empresas que vendem ar condicionado comercial precisam ter páginas, e não perfis, em outras redes sociais, quando pensamos no Pinterest, é muito mais interessante e necessário a criação de uma conta comercial.

    Essa opção é bastante fácil e simples de ser criada, mas, como principal vantagem, podemos destacar que os perfis comerciais conseguem criar pastas e deixar seu produto em evidência, levando os interessados ao seu site para mais informações.

    Lembre-se que o marketing digital se baseia na quantidade de conteúdo que o cliente consome antes de comprar o produto, sendo o Pinterest um excelente incentivador, mostrando fotos e possibilidade de uso dos itens.

    Tais produtos podem variar bastante, utilizando mais de um lado administrativo com cadeiras para escritório, até um ponto de vista de obras, como capacete de construção civil.

    02 – Tenha uma loja virtual

    Já foi mencionado ao longo do texto, mas é bom deixar ainda mais claro: o Pinterest serve apenas como um impulsionador. Ele ajuda com o alcance e gera interesse nos leads e usuário, mas ele não é uma loja virtual e é necessário que a sua empresa tenha uma.

    É possível vincular seu e-commerce ao site, facilitando assim o processo dos usuários que não precisarão buscar nem procurar pela sua empresa no Google, já possuindo um link e sendo de grande ajuda, velocidade e otimizando muito tempo.

    Uma pessoa que está interessada em comprar aquecedores de piscina, com toda certeza pesquisará bastante, mas, assim como qualquer cliente comum, se estiver tendo muitas dificuldades com o site, buscará outro que melhor condiz com suas expectativas.

    Portanto, facilitações são bem-vindas por atraírem mais clientes e, se você quer vender, não existem motivos para dificultar o caminho dos seus consumidores.

    03 – Organize seus produtos em pastas

    O Pinterest possui algumas funcionalidades interessantes e uma das mais fascinantes e funcionais é a possibilidade de criar categorias e separar seus produtos em pastas, facilitando navegação pelo perfil e gerando interesse no usuário.

    É possível fazer painéis temáticos e que ajudem o cliente a se encontrar, assim como campanhas únicas e exclusivas em datas sazonais. É possível brincar bastante com isso e gerar interesse genuíno nos usuários com apenas algumas fotos e informações.

    É importante também ter em mente que a organização é essencial para estes casos, afinal, por não ser uma plataforma de vendas, caso as imagens estejam soltas e avulsas, além de causarem confusão, mostrarão que a empresa não está tão preocupada assim.

    04 – Invista em boas descrições

    As descrições são outro ponto forte para todos aqueles que utilizam a plataforma do Pinterest. Elas fazem com que os mecanismos de busca, o SEO, indiquem melhor tanto o seu site quanto seus produtos dentro da plataforma, gerando um maior número de tráfego.

    E, matematicamente, é bastante simples. Quanto mais pessoas visitam seus produtos e seu site, maior a probabilidade delas comprem algo e maior se torna o interesse delas, aumentando também o lucro da loja e o número de vendas.

    Boas descrições também são excelentes para nutrir seus leads de informações úteis e fazer com que eles cheguem mais qualificados para o momento da compra, facilitando o processo e aumentando a probabilidade de conversão.

    Pense que em uma plataforma onde imagens são tão importantes, se conseguir alinhar elas com uma boa descrição, o Pinterest se tornará uma poderosa ferramenta de marketing para captar leads e levá-los até o seu e-commerce.

    05 – Invista em qualidade de imagem

    A plataforma do Pinterest se aproveita, principalmente, de inspiração para outras ideias. Ela trabalha com a mente e com o poder que ela exerce sobre nossas necessidades, então, dificilmente você comprará ou se interessará por algo que a empresa não se preocupou em fornecer uma boa visualização do produto.

    Investir em qualidade e tecnologias que promovam uma melhor imagem é extremamente necessário para que as táticas e estratégias que envolvam o Pinterest sejam assertivas e consigam atingir o público em cheio, levando-os à sua loja.

    Quanto melhor a qualidade, a composição de cores e até mesmo o trabalho de um design para convencer o usuário de que ele precisa daquele produto, maiores serão os frutos a serem colhidos no futuro. Tenha empatia pelo consumidor e ajude-o a se apaixonar pela marca.

    Considerações finais

    O texto de hoje mostrou como o Pinterest pode ser uma excelente ferramenta de negócios e como fazer para vender através dele, abordando suas vantagens, assim como explorando algumas dicas que farão toda a diferença na hora de estruturar seu negócio na plataforma.

    Pense que é preciso fazer mais do que o básico para se promover na internet e, utilizar do Pinterest pode ser o diferencial que a sua empresa tanto busca para se destacar em seu segmento de mercado e conseguir vender seus excelentes produtos.

    É bom sempre ter em mente também a importância da organização das informações, garantindo fluidez e uma melhor experiência de compra. Com isso, estude ao máximo sobre o assunto e coloque a essência da sua marca ao longo do processo.

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade