Michael Campos

Saiba a importância da inclusão social nas empresas!

Gizella Almeida
Gizella Almeida

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos em primeira mão!

    Compartilhe

    Compartilhar no facebook
    Compartilhar no twitter
    Compartilhar no linkedin
    Compartilhar no pinterest
    Compartilhar no tumblr
    Compartilhar no whatsapp

    A inclusão social é um assunto muito importante para a sociedade e tem sido muito discutida nos últimos anos, de modo a compreender e explicitar sua relevância em várias áreas. 

    A inclusão no ambiente de trabalho, por exemplo, é uma pauta essencial, que deve ser discutida para o bem de todos e que pode contribuir para a melhoria e ampliação de ideias e oportunidades.

    O Brasil é um país com uma sociedade extremamente diversificada. Pensando nesta questão, o principal objetivo da inclusão nas empresas é promover uma reflexão saudável e positiva, algo que pode tornar o ambiente mais produtivo.

    Basicamente, as empresas, independentemente do seu porte, precisa abrir oportunidades de contratação de minorias, cini pessoas LGBTQIA+, PCD (Pessoa com Deficiência), negros e mulheres.

    O modo de contemplar todas as parcelas é definindo políticas específicas para o processo seletivo, algo que pode ajudar os profissionais do RH (Recursos Humanos) na seleção e contratação. 

    Outro recurso que facilita a rotina de trabalho dos gestores de RH é o uso de um sistema Protheus RH, que consegue integrar e unir várias áreas e, assim, agregar benefícios interessantes para a empresa.

    Diferença entre diversidade e inclusão social

    Muitas pessoas confundem diversidade com inclusão social. Os termos são sinônimos, mas a diversidade pode ser relacionada com a representatividade demográfica também, sendo um termo mais amplo. 

    Isto posto, as empresas que realizam investimentos para ter um ambiente inclusivo e que proporciona oportunidade para todos devem considerar essas especificidades do termo e compreender os benefícios agregados, sendo o caminho para se tornar uma referência.

    Um ponto importante da diversidade é criar chances de todos se desenvolverem em seus cargos e assim alcançarem a desejada promoção, favorecendo certa equidade no ambiente de trabalho e criando oportunidades para os grupos até então desfavorecidos socialmente.

    Afinal, tais adversidades não os tornam menos capacitados ou criativos, trazendo um olhar mais amplo para as discussões propostas no ambiente de trabalho.

    Dito isso, a diversidade nas empresas é importante, mas precisa estar aliada com a ideia de inclusão, pois este detalhe faz toda a diferença, por exemplo, em uma empresa para criar aplicativo e em outras de diferentes segmentos, bem como deve ser realmente uma pauta defendida pelo empreendimento.

    O que é inclusão social no ambiente de trabalho?

    A inclusão social nas empresas visa o respeito e valorização das diferenças entre as pessoas, buscando sempre a manutenção de um ambiente que saiba acolher e inserir a diversidade.

    A inclusão representa o modo como os colaboradores se sentem ao trabalhar em um local diferente e, principalmente, que promove a troca de experiência com diversas pessoas e suas visões de mundo, fazendo com que o clima organizacional seja qualitativo.

    Uma maneira de saber se a empresa promove a diversidade e inclusão social é observando as seguintes questões:

    • A empresa respeita a individualidade de cada funcionário?
    • Há pessoas com condições e características diversas em diferentes níveis hierárquicos?
    • Indivíduos de grupos minoritários são estimulados a crescer na empresa?
    • A empresa valoriza os colaboradores e visa mantê-los na equipe?

    Estes questionamentos estão diretamente relacionados com a inclusão, porque a forma como a empresa pensa as suas políticas de respeito, promoção e principalmente para que todas as pessoas se sintam bem ao trabalhar na companhia, independentemente do nível de diversidade do time traduz seu posicionamento e dedicação no estímulo às diferenças e seus benefícios.

    Um fator importante é que a inclusão social no ambiente de trabalho pode e deve ser feita em diferentes empresas e áreas, desde um escritório de contabilidade para microempresa até um comércio do setor varejista.

    Como ter a inclusão de modo prático na rotina das empresas?

    O modo de ter a inclusão social nas empresas é criando estratégias que visam este objetivo. O processo pode ser feito através de pesquisas internas de perfil, ajudando a fazer um mapeamento de composição do time e de quais perfis compõem cada tipo de vaga.

    A pesquisa é muito interessante, pois os dados a respeito das equipes de trabalho podem ser surpreendentes, mostrando se a empresa prega ou não a inclusão social e o que precisa ser feito para melhorar esse aspecto.

    Este processo é tão importante quanto a elaboração de um gerenciamento de riscos ocupacionais, procedimento que ajuda a evitar perigos para os funcionários.

    Investir em consultorias externas que propõem ações a favor da diversidade e inclusão também pode ser uma maneira de se aproximar do público-alvo que o empresário deseja, criando uma imagem de credibilidade para a empresa e ampliando a diversidade local.

    Comitês e palestras sobre o assunto são outros exemplos que podem ajudar os funcionários presentes na empresa a pensarem mais a respeito da inclusão e, assim, iniciar um processo de mudança na companhia, promovendo um ambiente mais respeitoso.

    A importância dos dados e como podem ajudar na questão de inclusão

    Diversas pesquisas realizadas por órgãos especializados em análise de dados mostram o quão desafiadora é a inclusão nas empresas. 

    Para se ter uma ideia, algumas pesquisas indicam que cerca de 30% dos líderes, incluindo gestores de RH, sabem pouco ou quase nada sobre o assunto de inclusão social e das legislações que tratam das pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

    Além disso, o banco de dados do site Vagas.com, um dos maiores portais de oportunidades de emprego do país, mostra que os negros têm presença consideravelmente baixa em cargos de liderança, suporte de média e alta gestão, inclusive as pessoas que possuem ensino superior.

    Outro dado apresentado é que 35% dos profissionais LGBTQIA+ entrevistados para um levantamento do #ProudAtWork afirmaram já ter sofrido algum tipo de preconceito no ambiente de trabalho, como discriminação por colegas, líderes e gestores.

    As mulheres também sofrem preconceitos e isto pode ser visto na baixa representatividade feminina em cargos de poder, e o fator de dupla jornada torna seu desenvolvimento ainda mais exaustivo e exigente, seja a atividade realizada em um escritório ou no corpo de bombeiro, após realizar a devida reciclagem de bombeiro civil para voltarem ao trabalho.

    Assim, compreender como tais aspectos interferem na atividade e nas oportunidades para essas pessoas é fundamental para um mercado mais diverso e, consequentemente, mais inclusivo, produtivo e com melhores insights para a rotina, visto às diferentes vivências de mundo.

    Benefícios em investir na inclusão social

    Existem muitos ganhos para as empresas que trabalham para ter mais inclusão entre as equipes. Alguns dos principais benefícios são:

    • Atrai profissionais mais capacitados e com diferentes visões;
    • Melhora a imagem da companhia;
    • Possibilita a gestão de equipes mais criativas;
    • Estimula o bom relacionamento e melhora o clima;
    • Traz uma comunicação mais diversa e honesta;
    • Amplia as opções durante a contratação.

    Confira mais detalhes acerca desses benefícios nos tópicos a seguir.

    1. Atrair os melhores profissionais

    Criar um ambiente onde todos se sintam bem, incluídos e respeitados é o caminho para atrair os melhores profissionais do mercado para a sua empresa de unidades de uso sustentável.

    Colaboradores que se sentem importantes tendem a dar o seu melhor para a companhia, algo que ajuda nos resultados e gera satisfação por trabalhar em uma empresa inclusiva e que se importa com as pessoas.

    Muitos indivíduos sabem que não basta ganhar um bom salário. Afinal, cada vez mais, os valores são importantes e, trabalhar em uma empresa que valoriza a sociedade e o que ela tem de melhor, é muitas vezes mais satisfatório do que o fator financeiro.

    1. Melhorar a imagem da companhia

    A preocupação com a imagem da empresa, buscando sempre desenvolver as habilidades humanas da equipe é um fator importante e pode ajudar na maneira como os clientes enxergam a empresa, gerando mais fidelização por parte do público-alvo.

    Isto posto, as empresas que se importam e dão atenção à inclusão social têm mais oportunidades de visibilidade, além de atrair novos investidores, algo que gera bons resultados, assim como o preço palmeira real grande.

    Uma empresa que dedica tempo e pensa em formas de incluir todos os grupos no seu quadro de funcionários, cria uma boa imagem, mostrando aos futuros clientes que vale a pena ter algo da companhia e, aos investidores, que compensa colocar dinheiro neste negócio.

    1. Criar equipes mais criativas

    Ações e ideias que resolvem os problemas da empresa e fazem com que as pessoas pensem fora da caixa é algo interessante para a inclusão social, sendo favorecido por ela.

    Desse modo, unir diferentes culturas e modos de pensar é muito positivo, pois gera a troca de experiências e ideias que promovem novos aprendizados e insights.

    Esta ação de juntar pessoas diferentes para as empresas é a chance de ter um brainstorm mais rico, algo que ajuda nas estratégias, gerando as melhores condições e soluções para atender aos clientes,necessidades do público com muita criatividade e inovação.

    1. Estimular o bom relacionamento com as pessoas

    A inclusão social e diversidade nas empresas acontece quando a própria equipe motiva um bom relacionamento.

    Ou seja, todas as pessoas se respeitam independentemente das diferenças. 

    Neste contexto, os indivíduos devem se sentir motivados e inseridos no time, pois isto faz a diferença no ambiente, evitando situações conflituosas, e promovendo um melhor desenvolvimento das atividades.

    Os gestores também devem investir tempo para criar ações que estimulem o bom relacionamento, porque com isto a equipe ficará mais fortalecida e alinhada com os objetivos do negócio, por exemplo, aumentando as vendas de gradil preço M2 e melhorando o atendimento ao cliente.

    1. Tornar a comunicação mais aberta e honesta

    Adotar a inclusão social na empresa é uma maneira de ter uma comunicação mais honesta e aberta com os funcionários. 

    Compartilhar informações sobre o assunto é essencial para conscientizar as pessoas, além de tornar o ambiente mais harmônico, algo que gera resultados promissores nos negócios.

    1. Diversificar as contratações

    Este é um detalhe muito importante para implementar a inclusão social na empresa. Para isso, profissionais do RH devem procurar contratar os mais diferentes perfis, conforme as atividades e necessidade, inclusives candidatos PCD, pessoas do grupo LGBTQIA+, mulheres e negros.

    Fazer parcerias com instituições e outras companhias que também tenham esta cultura é uma forma de ambas as partes obterem excelentes resultados e se desenvolverem de forma mais qualitativa e sustentável.

    Portanto, a inclusão no ambiente de trabalho é algo muito importante para a sociedade, pois ajuda na questão do respeito a todas as pessoas e permite contribuir positivamente para que todos os indivíduos tenham as mesmas oportunidades de crescimento, tornando o mundo cada vez mais igualitário.

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:
    Compartilhar no facebook
    Compartilhar no twitter
    Compartilhar no linkedin
    Compartilhar no pinterest
    Compartilhar no tumblr
    Compartilhar no whatsapp

    publicidade

    social

    publicidade