Michael Campos

Reformulação de marca: quando fazer?

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos em primeira mão!

    Compartilhe

    Compartilhar no facebook
    Compartilhar no twitter
    Compartilhar no linkedin
    Compartilhar no pinterest
    Compartilhar no tumblr
    Compartilhar no whatsapp

    Como empreendedor, é extremamente necessário se preparar para essa onda de digitalização, além de trabalhar com um esforço contínuo para manter a atenção do público. Tendo isso em mente, a reformulação de marca vem como uma forte estratégia.

    Pois bem, com o universo apresentando a necessidade de atualizações e de meios que facilitem cada dia mais o consumo do público com a sua marca, ficou muito clara a necessidade de trabalhar com novidades, independentemente do ramo.

    Conheça um pouco mais sobre o rebranding

    Tendo isso em vista, o rebranding é o processo de reposicionamento de uma organização, porém modificando a plataforma. Ele é frequentemente usado para diversas frentes, mas entre as principais podemos citar:

    • Redefinir a comunicação visual;
    • Recriar logotipos;
    • Remover quaisquer conotações negativas associadas a uma empresa;
    • Revisar o posicionamento de uma organização no mercado.

    Como exemplo, podemos citar uma empresa de consultoria em desenvolvimento organizacional, que após mudar sua identidade visual, conseguiu atingir o objetivo, que era impactar o meio em que estava inserida e ganhar cada vez mais espaço.

    Ou seja, a empresa estava, de fato, buscando uma completa atualização, algo que marcasse os consumidores, bem como que a cada dia mais atraísse o olhar para o conteúdo que está sendo divulgado e para tudo que está surgindo.

    Então, é possível dizer que o rebranding vai além de simplesmente mudar a fonte do logotipo ou nome da empresa. 

    Isso porque as marcas desempenham um papel importante para ajudar as empresas a se posicionarem de forma mais estratégica, bem como para permitir que os consumidores saibam o que você oferece, qual é sua filosofia e o que o diferencia de seus concorrentes.

    Como uma empresa de contabilidade online, que ao mudar seu estilo através de um slogan e identidade visual nova, consegue uma imagem mais atualizada e diferente, apresentando-se de uma outra forma para os consumidores.

    Ou seja, trazendo, de fato, diversas informações que demonstram todo aspecto e história da marca, apresentando informações que eram até então desconhecidas, conseguindo estabelecer conexões e interações

    Sendo assim, é uma estratégia de marca que pode melhorar todo o negócio, sendo necessário esforços de marketing e relações públicas para dar vida à sua visão, bem como atingir os resultados e impressões positivas sobre a marca.

    Entenda como funciona a reformulação da marca

    Primeiramente, é preciso ter em mente a definição clara do motivo pela qual a empresa passará pelo processo de rebranding, entendendo os motivos e tendo em mente as modificações e como impactará positivamente seu público.

    Assim como os serviços de alimentação, é preciso entender os impactos positivos de uma reformulação de marca, procurando entender o quanto é fundamental e necessária esta mudança, bem como vendo a necessidade para que seja feita.

    Desse modo, influenciando e mudando a percepção geral dos clientes sobre os serviços ou produtos oferecidos pela empresa, revitalizando a marca e garantindo que ela atenda às necessidades existentes dos clientes ou novos grupos de clientes.

    Ademais, é preciso considerar cada elemento que compõe uma marca e formular ações baseadas em experimentos e pesquisas de mercado. Então, essas mudanças podem ser feitas completamente de uma só vez ou gradualmente.

    É preciso pensar também que a ação tem o seu funcionamento totalmente de encontro ao novo, conseguindo estabelecer um novo padrão e uma nova conexão com os mais variados públicos, impactando positivamente o meio em que está inserida.

    Ou seja, como uma espécie de software para franquias, atua facilitando todo este funcionamento, fazendo com que o encontro ao novo se torne algo natural e parte do processo de reformulação de marca para a empresa.

    Em geral, trabalhar a identidade visual e a comunicação, posicionar sua marca em canais de mídia relevantes e monitorar as audiências são as principais etapas de um plano de rebranding. Mas no final, pode ser reduzido a 4 etapas:

    1- Imersivo

    Ou seja, é o momento em que são realizadas pesquisas aprofundadas sobre a empresa, cultura e público-alvo. Assim como é quando é determinado o que mudou, como a empresa se vê e como quer ser vista.

    2 – Planejamento Estratégico

    Pois bem, após identificar o que precisa ser ajustado, bem como ajustar estes pontos, é desenvolvida uma estratégia para alinhar o projeto com as necessidades e expectativas da empresa

    3 – Redesenho

    Essa é a hora de liberar sua criatividade! Assim, desenhe todas as linguagens linguísticas e visuais da marca: expressões, logotipos, slogans, slogans, mundos linguísticos, branding, identidades visuais, paletas de cores, imagens, padrões, símbolos etc.

    4 – Implementação

    Aqui chegamos finalmente ao momento de lançar e divulgar a marca para o mundo. Ou seja, é preciso atualizar o site, redes sociais, pontos de contato, papelaria, mídia onde a marca será inserida, etc.

    Veja quais são os benefícios da reformulação da marca

    Há muitas razões pelas quais as marcas querem mudar sua imagem. Por exemplo, uma gestão de entregas deseja reposicionar a empresa e a visão para mostrar aos seus clientes uma mudança de foco. 

    Ou, a empresa pode estar procurando uma forma de atrair novos mercados ou expandir seu alcance ou se diferenciar de seus concorrentes.

    Seja por fusões entre empresas, necessidade de reforçar novos objetivos ou dificuldade de se conectar com os públicos, todos os motivos de rebranding buscam o mesmo resultado: aumento do consumo e reposicionamento do mercado.

    Para facilitar, vamos a um exemplo: como você se sentiria ao ler a frase “Uma grande empresa de chinelos vão à falência”? Hoje isso pode até ser uma loucura, mas no final dos anos 1980, os investidores de tal marca concluíram que, se continuasse naquele ritmo de vendas, a marca fracassaria em no máximo 20 anos.

    Foi quando a empresa decidiu mudar a percepção dos consumidores sobre o produto por meio de um processo de rebranding. O resultado é a marca como a conhecemos hoje: um produto com mais valor agregado do que aparenta.

    Ou seja, conseguindo de fato estabelecer o processo de rebranding, da melhor forma, tornando-se referência no mercado, bem como buscando sempre o novo através de parcerias e produtos que conquistam o público.

    Existem diversas empresas de diferentes portes e segmentos de mercado, mas você sabe o que todas elas têm em comum? Após a implantação do projeto de rebranding, todas podem ganhar uma nova perspectiva do ponto de vista do consumidor. 

    Afinal, essa é a real função do reposicionamento de marca: construir o melhor relacionamento possível com o público. Estabelecendo as melhores relações possíveis, criando conexões e interações reais.

    O fator mais importante em um plano de rebranding é garantir que essa mudança é necessária, considerar as razões por trás dessa decisão e agir sempre com cautela, com o objetivo de transmitir uma mensagem relevante para um objetivo específico.

    Reformulação da marca: entenda mais

    Para fazer um rebranding eficaz da sua marca, as dicas a seguir podem orientá-lo durante o processo, pensando em meios de conseguir restabelecer este contato com o público de forma profunda e necessária. Entre os principais pontos estão:

    • Pesquisa de mercado;
    • Nova identidade visual;
    • Estratégias na reformulação da marca;  
    • Distribuição de brindes.

    Para facilitar o entendimento, siga a leitura e entenda cada um dos pontos de forma separada e única. 

    Pesquisa de mercado

    Uma análise de mercado completa é essencial se sua empresa não está mais atraindo tantos clientes quanto antes. Pesquise, pergunte, faça um acompanhamento pericial, analise sempre o seu mercado e o posicionamento da sua empresa dentro dele. 

    Assim, verificando as mais diversas situações e tudo que está surgindo no meio, buscando ir de encontro às inovações e ao novo, trazendo tudo aquilo que o meio está consumindo de uma forma nova e original.

    Nova identidade visual 

    Se sua empresa não é mais referência em seu ramo de negócios, mude sua logomarca em um rebranding. Para isso, tente reciclar elementos importantes do seu logotipo antigo e mantê-lo simples e minimalista para não confundir seus consumidores. 

    Lembre-se: busque o novo, mas não vá ao extremo, principalmente para que o impacto que a nova identidade visual passará, não seja um impacto negativo e saturado.

    Ou seja, conseguindo transmitir justamente esse ar de inovação ao criar esta identidade visual, fazendo com que se tenha um impacto positivo e algo totalmente de encontro ao novo.

    Estratégias na reformulação da marca  

    No momento de fazer o rebranding da sua marca, é preciso planejar suas comunicações, ficar online muitas vezes, bem como usar sua análise de mercado e investir em novas mídias e na web.

    Assim, fazendo a divulgação nos mais diversos meios possíveis, alcançando públicos através desta divulgação, buscando fazer campanhas que de fato tragam consigo algo único, autêntico e algo que representará toda a história e o reflexo da marca.

    Desse modo, chegando em diversos meios de pesquisa possíveis, despertando o interesse dos mais variados públicos, como públicos que costumam pesquisar sobre sistema para controle de estoque ou outros temas.

    Distribuição de brindes 

    Outra maneira muito eficaz de promover uma nova marca é distribuir brindes aos clientes. Se você não quiser doar aleatoriamente, crie um evento de reabertura para o seu negócio com um presente personalizado.

    Faça algo que represente o novo logotipo, fazendo com que através destes brindes o logotipo fique na mente de todos, sendo representado de uma forma única, seja você uma empresa de programa para controle financeiro empresarial ou de qualquer outro ramo.

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:
    Compartilhar no facebook
    Compartilhar no twitter
    Compartilhar no linkedin
    Compartilhar no pinterest
    Compartilhar no tumblr
    Compartilhar no whatsapp

    publicidade

    social

    publicidade