Michael Campos

Marketing Contextual: como aplicar para conquistar seu público

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos em primeira mão!

    Compartilhe

    Dentre tantas vertentes dentro do grande universo do marketing, o marketing contextual surgiu como mais um conceito que promete mudar por completo a maneira como vemos esse setor e as maneiras com as quais os produtos e serviços são oferecidos no mercado.

    Não é novidade para ninguém que o universo do marketing é extremamente importante para que qualquer negócio consiga construir algo de sucesso e que traga primos resultados para a marca. 

    Com isso, também surgiu o marketing digital, um divisor de águas que possibilitou a presença dos mais diversos tipos de segmentos no mercado, desde uma fábrica de placas de sinalização até mesmo um e-commerce de moda. 

    Isso significa que o mercado do marketing cresceu de uma maneira surpreendente e criou conceitos e estratégias que mudaram por completo a forma como as pessoas produzem, divulgam e vendem seus produtos ou serviços. 

    Por isso, neste artigo você irá aprender tudo o que precisar sobre o marketing contextual e como aplicá-lo da maneira correta, seja na sua loja de embalagens de papel cartão personalizadas ou até mesmo no seu escritório de advocacia. 

    Conheça o marketing contextual e sua importância 

    O marketing de contexto, ou marketing contextual, como também conhecemos, nada mais é do que uma maneira de enxergar o marketing dentro da sua empresa e também dentro do mercado.

    Enquanto o marketing tradicional nos ensinou bastantes sobre o conceito dos 4 P’s do marketing, que são: produto, preço, praça (local) e promoção (divulgação), o marketing contextual traz inovação na forma como olhamos para esses fatores.

    Mas, na hora de planejar cada um desses P’s, dificilmente se levava em consideração o contexto específico em que cada produto teria maiores chances de prosperar e alcançar o público certo, na hora certa.

    Na prática, o marketing tradicional acaba se resumindo ao ato de divulgar os produtos ou serviços da sua empresa em quaisquer ocasiões.[

    Alcançando assim a maior audiência possível, afinal de contas, uma marca de crachá de identificação pvc, por exemplo, não deve perder a oportunidade de divulgar sua marca, não é mesmo? 

    Com isso, muitos recursos humanos e financeiros eram desperdiçados, isso porque eram empregados de uma maneira descontextualizada, sem focar no público que a marca realmente desejava alcançar, sem se inserir nas situações mais propícias.

    Uma estratégia não é nada se você não contextualiza o seu negócio, produto ou serviço, tudo precisa de um contexto para que os seus clientes entendam o que a sua empresa deseja oferecer no mercado, que deve ser muito mais do que apenas um serviço ou produto.

    Esse contexto varia de empresa para empresa e de segmento para segmento, pois o contexto criado para divulgar um serviço de pintura eletrostática, por exemplo, nem sempre será o mesmo para divulgar um curso de atividades físicas. 

    Por isso, a avaliação do produto, preço, praça e promoção do que a sua marca oferece ainda são muito importantes, mas precisam ser analisados sob uma nova ótica, que neste caso, seria mais específica e estratégica.

    O marketing contextual se torna importante justamente por isso, pois entrega um contexto para que o cliente se sinta habituado a sua marca e consuma o que você oferece de maneira mais natural e confiante. 

    Vantagens do marketing contextual 

    Como explicamos anteriormente, o marketing contextual oferece melhores resultados justamente por fazer um uso mais inteligente dos espaços e oportunidades para os mais diversos tipos de negócios, desde uma assistência técnica de redutores até mesmo uma clínica médica.

    Mas não é só o alcance da marca que ocorre de maneira mais eficaz, o marketing contextual também entrega melhores resultados na hora de cativar novos clientes e iniciar um relacionamento entre eles e a marca.

    Isso se deve ao fato de que essa vertente do marketing é pouco invasiva e mais certeira, ou seja, menor é a chance de rejeição por parte do cliente, pois maior é a probabilidade da sua marca estar oferecendo o produto certo, na hora certa, para a pessoa certa e do jeito certo.

    Esses são fatores extremamente importantes e que podem fazer toda a diferença na decisão de compra por parte do cliente, que se conhecer o seu serviço de monitoramento ambiental, por exemplo, dentro do contexto certo, as chances dele adquirir são ainda maiores.

    Quando se leva em consideração o contexto da presença assídua do cliente em um determinado site de vendas, os riscos de incomodá-lo com algum anúncio indesejado são menores.

    Desta maneira, o marketing contextual pode ser entendido como uma abordagem altamente eficaz, principalmente dentro do marketing digital e traz inúmeras vantagens para o seu negócio.

    Marketing contextual e marketing 5.0

    Você provavelmente já deve ter ouvido falar sobre o marketing 2.0 e outros da família, não é mesmo? Pois bem, chegou o momento de conhecer mais sobre o Marketing 5.0 e a relação dele com o marketing contextual.

    O marketing 5.0 pode ser entendido como a ação da aplicação de tecnologias que mimetizam o comportamento do ser humano com o objetivo de criar, comunicar, entregar e aumentar o valor do seu produto ou serviço ao longo da jornada do cliente.

    De uma maneira mais simples, o Marketing 5.0 é baseado em dados, no qual um grupo de tecnologias deve ser usado para compreender o comportamento dos usuários, identificar como se dá a jornada de compra, indo além apenas da relação compra e venda. 

    Neste caso, uma empresa de suporte técnico em informática, por exemplo, usa o marketing 5.0 para entender mais sobre o perfil e as ações de seus clientes justamente para traçar estratégias que sejam abraçadas pelo público. 

    Em paralelo com o marketing contextual, este conceito auxilia na criação de um contexto que vise abraçar o público-alvo da sua marca justamente para que você entregue não apenas um produto ou serviço, mas o que os usuários querem e precisam. 

    O marketing 5.0 junto com o marketing contextual consegue fazer com que as suas estratégias entreguem resultados ainda melhores e faça com os seus clientes se sintam mais confiantes e seguros no momento da compra.

    Dicas para aplicar o marketing contextual 

    Para te ajudar ainda mais nesse processo, selecionamos algumas dicas para te ajudar a aplicar o marketing contextual na sua empresa de gestão de frota de veículos leves ou seja lá qual for o seu negócio. Confira: 

    • Defina o seu público-alvo

    O público-alvo são as pessoas para quem o seu produto ou serviço é destinado, afinal de contas, ao criar uma empresa, é preciso saber para quem ela será direcionada e quais os perfis de clientes do seu negócio.

    Com isso bem definido, você consegue traçar estratégias e usar o marketing contextual de uma forma que o seu público-alvo se sinta atraído, que é justamente a pessoa que você sabe que irá consumir de você.

    • Escolha o seu canal de comunicação

    O canal de comunicação de uma empresa é o espaço que ela irá usar para se comunicar com os seus clientes, isso, é claro, levando em consideração o seu público-alvo e o lugar em que eles se concentram. 

    Você pode usar as redes sociais, sites de vendas e até mesmo pontos físicos de vendas, mas é importante definir por onde irá se comunicar com os seus clientes, pois será por lá que conseguirá aplicar o marketing contextual e atrair ainda mais a atenção deles.

    • Invista na produção de conteúdo

    Por fim, mas não menos importante, a produção de conteúdo é algo que não pode ficar de fora do escopo estratégico de uma empresa que deseja obter mais resultados, é necessário produzir conteúdos que ajudem o seu público-alvo.

    Seja no formato de texto, imagem, áudio ou vídeo, o importante é sempre produzir um conteúdo de qualidade e contextualizado para ajudar as pessoas a resolverem algum problema ou esclarecer alguma dúvida. 

    Essas são as dicas mais importantes para você começar a aplicar o marketing contextual no seu negócio, após isso, você pode estudar sobre outras e alavancar ainda mais os seus resultados. 

    Marketing digital e marketing contextual  

    Não podemos deixar de lado um dos grandes protagonistas quando o assunto é gerar mais resultados de maneira econômica e rápida, o marketing digital é o grande pioneiro quando o assunto é justamente crescer e construir um negócio de sucesso na atualidade.

    Por meio de softwares, mecanismos de métricas das redes sociais, e outros recursos digitais, é possível obter informações sobre as necessidades e o perfil do seu público, na medida em que eles mesmos acessam determinados conteúdos e consentem em fornecer esses dados.

    Isso faz com que a empresa consiga  entender em que fase da relação de consumo entre marca e cliente ambos se encontram, isso, é claro, passeando entre as etapas do funil de vendas.

    Com base nisso, selecionam-se as melhores alternativas para posicionar o seu produto ou serviço perante esse cliente dentro do mercado. Entre as alternativas existentes e mais importantes, podemos citar:

    • Inbound marketing;
    • Marketing de conteúdo;
    • Mídia programática;
    • E-mail marketing;
    • E-books;
    • Newsletter, entre outras.

    Tudo isso, é claro, com um contexto que siga o nicho da sua marca e entenda o que os seus clientes querem ou precisam naquele momento, pois assim, você consegue construir um cenário ideal para que os clientes consumam de você. 

    Assim como tudo na vida, um contexto faz toda a diferença na hora de interpretar e consumir algo, não seria diferente no mundo dos negócios. 

    Por isso, o marketing contextual é essencial para ser coerente a proposta da sua marca e trazer uma mensagem clara aos seus clientes.

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade