Michael Campos

Livros essenciais para todo designer gráfico

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos em primeira mão!

    Compartilhe

    Você é um designer gráfico profissional, um aspirante ou um entusiasta gráfico? Então conheça esses livros que iremos indicar sobre essa área, pois eles são fundamentais para todo e qualquer designer. 

    Afinal, essa área de design está cada vez mais sendo difundida, e profissionais estão sendo contratados para atuarem como designers em diversos tipos de empresas, e não somente em agências de marketing.

    Ou seja, desde uma empresa de projetos hidráulicos, até supermercados e restaurantes necessitam de uma estratégia de publicidade e fortalecimento de marca e é aí que entra o profissional designer gráfico. 

    Logo, é crucial que quem quiser atuar nesse mercado se mantenha bem informado e atualizado com as melhores técnicas. E sem dúvida, os livros podem ser uma mão na roda para dar aquele “up” na carreira.

    Por isso, reunimos aqui 5 livros essenciais para um Designer Gráfico.

    Por que investir em livros para designer gráfico? 

    O mundo está em constante evolução, e o profissional de designer gráfico deve acompanhar esse ritmo para atender as demandas atuais. Nesse sentido, qualquer setor hoje em dia precisa de uma marca e uma imagem que realmente represente o coração da empresa. 

    Logo, seja em uma empresa de sacolas e mochilas personalizadas, ou uma refinada padaria, vai ser necessário o talento de um bom designer gráfico para estruturar a marca.

    Mas para conseguir ser tornar um ótimo profissional é necessário conhecer muito bem a área e os livros são as melhores ferramentas de aprendizado. Mas, não somente isso, os livros são cruciais para:

    • Solidez no conhecimento;
    • Abrir os horizontes;
    • Estimular a criatividade;
    • Inspirar em histórias da profissão.

    Ou seja, os livros podem contribuir para todos esses aspectos importantes nesta profissão tão solicitada e aquecida no momento. 

    8 livros incríveis que todo profissional de designer deveria ler

    Você decidiu finalmente investir em livros para melhorar suas habilidades em design gráfico, mas tem dúvidas sobre qual livro comprar? 

    Não precisa mais se preocupar, confira agora essa lista incrível com alguns dos principais livros que todo profissional de design gráfico deveria ler. Confira!

    Os princípios universais do design

    Este livro é uma joia. Embora a capa seja bastante básica em termos de layout e ilustração, seu conteúdo é uma riqueza de conhecimento sem medida.

    Os autores partiram de um princípio que é preciso parar de pensar em conceitos fechados. O livro aborda que, no início, os designers foram treinados em muitas áreas, incluindo ciência e arte.

    Mas o mundo tornou-se cada vez mais complexo e os designers foram convidados a se especializar cada vez mais. Infelizmente, esta abordagem limita criar pontes para resolver problemas que outras disciplinas sabem gerir. É como se a profissão estivesse em bolhas de especialistas.

    Mas, nesse livro, os autores mostram todo o potencial de misturar o conhecimento de design gráfico com outras áreas, seja por meio de testes científicos, estudos comportamentais, automação de processos industriais e até mesmo reações fisiológicas. 

    Você descobrirá neste livro como uma escolha no design pode mudar tudo.

    História do Design Gráfico, Philip B.Meggs

    Perfeito para quem deseja conhecer a fundo a história de sua profissão, o livro História do Design Gráfico traz um panorama de todo o desenvolvimento desse campo, envolvendo processos históricos, termos importantes, personalidades consagradas e até algumas curiosidades.

    Ricamente ilustrada, a obra é considerada como uma espécie de “bíblia” do design e narra a invenção das artes digitais no início do século XXI.

    Não me faça pensar – Steve Krug

    Steve Krug é um dos mais importantes profissionais de experiência em UX e um dos maiores especialistas em usabilidade na web, tornando-se assim uma referência quando falamos sobre a área de Designer Gráfico.

    Em seu livro “Não me faça pensar” traz uma abordagem de bom senso para usabilidade web e móvel. Krug refaz os princípios sobre usabilidade móvel e expandindo a edição anterior com novas ilustrações e exemplos. 

    No livro, Krug explica de forma simples e divertida o que é usabilidade e como ela é fundamental na construção de sites atraentes e fáceis de navegar. 

    Um livro cheio de dicas e conselhos práticos para especialistas e iniciantes. São dicas que podem servir para além de sites, e podem ser aplicadas em marcas e estratégias de branding como banners, outdoors, e crachá de identificação pvc, por exemplo. 

    Roube como um artista – Austin Kleon

    Austin Kleon é autor de três best-sellers do New York Times, é um blogueiro e poeta de sucesso. Há anos ele lida com o conceito de criatividade na era digital.

    No livro “Roube como um artista”, Kleon analisa o conceito de criatividade e apresenta ao leitor uma série de princípios para revelar e aperfeiçoar o próprio talento. 

    Partindo do resumo de que nenhuma obra é original em si, mas sempre deriva de obras anteriores, Kleon reflete sobre a importância de reinventar e rearticular o que já existe e dá conselhos sobre como cultivar a imaginação.

    Seja para fazer um projeto de empresa especializada em pintura de fachada, ou para construir a marca de uma empresa do setor financeiro, esse livro vai ajudar a expandir os horizontes. 

    A Psicologia das Cores, Eva Heller

    Esse é um livro essencial para todos os designers – iniciantes ou especialistas.

    Ele explora como as cores são interpretadas na esfera psicológica, e apresenta cada cor de uma forma que vai muito além da diversidade de tons.

    O autor explica a simbologia e os diferentes significados das cores. Além disso, esse é um livro que pode ser utilizado para que o leitor sempre consulte os estudos e trabalhos publicados com cada nuance.

    Logo, em cada projeto que irá realizar, poderá tirar dúvidas de forma facilitada. 

    As leis da simplicidade – John Maeda

    John Maeda é um designer, tecnólogo, pesquisador e professor americano. Seu trabalho se concentra nas interações entre design e tecnologia e seu projeto Simplicity que visa encontrar formas de simplificar a vida das pessoas em relação à crescente complexidade do mundo atual.

    No livro “As leis da simplicidade”, Maeda explica o que é a simplicidade e porque ela é um elemento de fundamental importância no dia a dia e principalmente na era digital. 

    A partir de exemplos significativos como o iPod, Maeda mostra os fundamentos desse conceito, explora as relações com design e tecnologia e demonstra como a simplicidade é essencial para aumentar a qualidade de nossa vida.

    É indicado para todo design que deseja utilizar essa estratégia em marcas e empresas de assessoria contábil empresarial, bem como em todos os setores formais que existem. 

    Curso de design gráfico: Princípios e práticas

    David Dabner, Sandra Stewart e Eric Zempol são designers e autores desse rico livro. Na realidade, é um curso completo de web design em formato de livro. 

    No livro “Curso de design gráfico: Princípios e práticas”, os autores falam sobre como adaptar gráficos a diferentes projetos. Além disso, dão vários conselhos práticos sobre design gráfico através de uma série de exemplos retirados de diferentes mídias.

    Eles também fornecem informações sobre imagens digitais, técnicas de motion graphics e web design e explicam como criar uma ideia de design original e eficaz.

    As dicas desse riquíssimo livro fará qualquer profissional identificar a melhor estratégia de marca, seja para empresa de gestão de documentos, ou qualquer outra empresa de qualquer setor.

    Design Is Storytelling, Ellen Lupton

    Por fim, e não menos importante, esse livro é uma ótima oportunidade para desenvolver a criatividade…

    Ou seja, nessa obra, Lupton traz uma abordagem lúdica para estudantes e profissionais da área que desejam moldar a história de seus leitores e usuários envolvendo-os.

    Com uma série de exemplos e situações ilustradas, esse é um livro riquíssimo que fornece os fundamentos da semiótica, narratologia, ciência cognitiva e até crítica literária.

    Assim, o designer aprende a combinar narração e pensamento… o combo perfeito para garantir o sucesso e garantir bons contratos. 

    Nunca pare de aprender

    Se criatividade significa inventar, e consequentemente, criar algo que não existia antes, então não pode ser dissociada do estudo contínuo e do desejo de nunca parar de aprender.

    Em suma, para criar algo, você tem que conhecer o que já existe e tem que experimentar, testar, errar e aprender.

    Ou seja, desenvolver uma ideia de forma inovadora, sempre usando novas ferramentas e aplicando novos conhecimentos, mesmo em uma fábrica de isolante térmico, por exemplo, isso é fundamental. 

    Com efeito, através de conhecimento contínuo, um designer gráfico pode ir além de competências específicas, e desenvolver conhecimentos em diferentes setores. 

    Assim, criar um conjunto novas possibilidades expressivas sempre que se deparar com um novo projeto. Portanto, dedique-se à sua profissão e o reconhecimento e sucesso virão!

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade