Michael Campos

Erros comuns no WordPress e como corrigir

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos em primeira mão!

    Compartilhe

    O WordPress é uma ferramenta de gerenciamento de conteúdo que está em alta há bastante tempo, sendo um dos carros-chefes para ajudar diversas empresas e marcas ao redor do mundo que adotam o modelo de Open Source.

    Porém, mesmo sendo líder do mercado ou no mínimo muito conhecida, é normal que alguns erros aconteçam enquanto se utiliza a ferramenta, e quando não se sabe exatamente como arrumar, pode ser um problema muito grande.

    Pensando nisso, o texto de hoje irá abordar o que é o WordPress e quais os problemas que mais acontecem com ele, mostrando como corrigi-los de maneira eficiente e ganhar tempo, podendo continuar a trabalhar de maneira bastante rápida.

    Desde uma empresa de aluguel de empilhadeira até mesmo uma grande empresa logística, todas precisam usar internet e tecnologia em algum nível para conseguir oferecer qualidade, velocidade e efetividade junto de seus produtos e serviços para o cliente.

    Todas as empresas precisam investir em um site, blog ou página para conseguir clientes e fazer com que suas estratégias de marketing, assim como criação de conteúdo, funcionem, e o WordPress é um grande facilitador quando pensamos nesse aspecto.

    O seu grande problema é que, mesmo quando utilizado por uma empresa de plástico bolha, ele ainda é uma ferramenta Open Source, ou seja, é desenvolvida e atualizada em conjunto com diversas pessoas e aberta para que outros programadores solucionem o seu problema.

    Isso cria uma lâmina de dois gumes, pois por um lado, com mais pessoas desenvolvendo e ajudando com a ferramenta, é possível resolver problemas mais rapidamente e conseguir ajuda com certa facilidade, além de uma fácil utilização dela.

    Em contrapartida, por muitas pessoas usarem e poderem mexer em seu sistema, diversos erros podem aparecer, o que pode prejudicar durante a sua criação de conteúdo referente a, por exemplo, seu site sobre produção artesanal de macarrão.

    E como sabemos, tempo é dinheiro dentro de qualquer organização. Quanto mais tempo a produção de algo ficar parada por causa de um problema, mais dinheiro e clientes a marca pode perder.

    Portanto, saber como resolver esses erros é fundamental para qualquer pessoa que utilize a ferramenta, então a produção e divulgação do seu conteúdo não será gravemente afetada.

    O tópico a seguir irá melhor contextualizar esses erros e mostrará como resolvê-los, sendo extremamente útil para você que está aprendendo sobre o assunto ou nunca encontrou algum desses erros em específico. Sem mais delongas, confira.

    Entendendo os erros do WordPress

    Seja para o desenvolvimento de software automação comercial ou para melhorar o alcance da sua empresa de camisas geek produzindo conteúdo e aumentando o alcance, é indiscutível que o WordPress é uma das ferramentas mais utilizadas do mundo.

    Estudos da W3Techs apontam que cerca de 60% do mercado o utiliza e são diversos os benefícios que podem ser aproveitados ao aplicá-lo como ferramenta para a sua produção e gerenciamento de conteúdo, como:

    • Alta versatilidade;
    • Customização fácil e eficiente;
    • Instalação bastante simples;
    • Baixo investimento;
    • Compatível com uma grande diversidade de mídias.

    Claro que tais benefícios podem ser mais ou menos aproveitados dependendo da marca, objetivos, assertividade na utilização e até mesmo a maneira como o conteúdo é feito, afinal um artigo sobre camisas de silicone é bem diferente sobre um de Metaverso.

    Sendo assim, separamos alguns erros mais comuns e explicamos como corrigi-los para ganhar tempo e fazer com que o processo de criação e gerenciamento de conteúdo seja mais dinâmico. Confira nos tópicos a seguir.

    01 – Tela Branca da Morte

    Se não for o problema que mais causa pânico nas pessoas, com toda certeza está entre os primeiros, e ele não foi apelidado assim por acaso. Trata-se de uma tela totalmente branca que não fala sobre a origem ou indica algo que possa ajudar o usuário a entender o erro.

    Isso significa que o desenvolvedor que está a horas organizando um alguns projetos de automação industrial pode ter que resolver o problema simplesmente tentando tudo o que sabe, sendo um grande empecilho, além de bastante assustador.

    A primeira alternativa é instalar um Debug que irá procurar todas as mensagens de erros escondidas na ferramenta e as mandará para outra página, facilitando a chance de entender a origem dele e conseguir solucionar.

    Outra possibilidade é utilizar o tema padrão do WordPress caso você já não o use. É normal que alguns plugins e extensões tenham pouca compatibilidade com a ferramenta, causando o erro e interrompendo o processo de gerenciamento da sua contabilidade especializada em TI.

    Por fim, mas não menos importante, tal problema pode acontecer por ter baixo limite de memória, pois durante o gerenciamento e criação, o website ultrapassou o limite. Nesses casos, apenas aumentar a memória do computador já basta.

    02 – Erro ao estabelecer conexão com o banco de dados

    Esse erro é um dos mais comuns que acontecem com a ferramenta do WordPress e que na grande maioria das vezes é causado simplesmente pela queda do servidor do banco de dados, prejudicando o desenvolvimento do trabalho naquele momento.

    Infelizmente não há muito o que se fazer nessas horas e pode acontecer tanto com o WordPress quanto durante a configuração de servidor de email. O que pode ser feito é contatar os responsáveis pelo servidor e aguardar pelo suporte.

    Existem algumas ocasiões onde a queda do servidor pode ocorrer por causa de credenciais e informações inseridas estarem erradas. Portanto, apenas por precaução, tenha certeza de que sua senha e login estão corretos antes de acionar ajuda.

    03 – Posts agendados não são publicados

    Sabemos que as estratégias de marketing são fundamentais para qualquer empresa e, quando se tem um planejamento, o simples fato de uma postagem não ser realizada pode prejudicar toda a automação e calendário da marca.

    O WordPress é excelente na manutenção e gerenciamento desses arquivos, mas pode acontecer dele não publicar o que foi programado, prejudicando imensamente a sua marca e, para evitar esse tipo de situação, a instalação de alguns plugins são necessárias.

    O plugin wp-missed-schedule consegue identificar em um intervalo de 15 em 15 minutos as postagens que não foram realizadas e publicá-las, garantindo a efetividade da sua estratégia e não prejudicando a sua automação nem o seu alcance.

    04 – Website marcado como inseguro pelo Google

    É notável como o Google preza pela experiência de seus usuários e tenta ao máximo garantir uma excelente experiência para eles durante a utilização de suas plataformas, e muitas vezes é comum receber esse tipo de aviso.

    O problema é quando o seu site é entendido pela marca como uma dessas páginas consideradas inseguras, podendo afastar potenciais clientes e até mesmo perder investidores e clientes já fidelizados da marca.

    Nesses casos, o que pode estar acontecendo é propagandas e banners dentro do site que de alguma forma podem ser nocivas aos usuários ou o Google não o assegura completamente, fazendo com que o seu site acabe ficando no meio do caminho.

    Em outras palavras, saiba que tipo de propaganda e links coloca em seu site e tenha certeza tanto da sua veracidade como se ele respeita e preza pelas diretrizes de segurança da plataforma.

    05 – Tempo limite de conexão

    Esse é outro erro bastante comum para os usuários do WordPress e até mesmo para pessoas que nem ao menos sabem da existência dele. Na maioria dos casos, esse erro acontece quando a ferramenta não possui memória o suficiente para continuar operando.

    Uma alternativa é voltar a ferramenta para as configurações iniciais, voltando com o tema padrão e desativando cada um dos plugins, ajudando inclusive a verificar se o problema está neles e como podem ser resolvidos.

    Caso nenhuma das alternativas funcione, então o problema certamente é a memória e a solução é aumentá-la para continuar usufruindo da ferramenta.

    Considerações finais

    O texto de hoje melhor contextualizou como é importante saber resolver os erros mais comuns do WordPress, assim como apontou quais são aqueles que mais frustram o pessoal e como resolvê-los de maneira assertiva.

    É importante saber disso, pois seja para desenvolver o seu próprio blog ou de uma empresa terceirizada, sempre é melhor quando conseguimos resolver algo do que aguardar por ajuda, principalmente no mundo digital onde tudo tem que ser feito rápido e a dinâmica é constante.

    Saber resolver tal problema pode economizar tempo e até mesmo dinheiro, sem mencionar que o estresse pode ser bem menor e causar um impacto bem mais baixo em suas estratégias de marketing. Vale a pena entender e saber como lidar com eles.

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade