Michael Campos

Entenda o que torna uma marca valiosa

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos em primeira mão!

    Compartilhe

    Compartilhar no facebook
    Compartilhar no twitter
    Compartilhar no linkedin
    Compartilhar no pinterest
    Compartilhar no tumblr
    Compartilhar no whatsapp

    No mundo atual, a tecnologia e as diversas maneiras de se realizar marketing predominam e sempre existe no segmento de mercado atuante em uma marca valiosa que é referência para muitas outras do mesmo ramo, fazendo com que elas se inspirem e tenham uma concorrente.

    Mas o que de fato significa uma marca valiosa e quais são os fatores que determinam se ela é forte ou não no mercado de trabalho?

    Pensando nisso, o texto de hoje irá abordar e explicar o que torna uma marca valiosa, explorando as que mais são reconhecidas no mercado, quais os requisitos para que uma marca ganhe esse status e o papel do branding em todo esse processo.

    Uma marca é muito mais do que uma empresa e os produtos que ela vende e comercializa. Mesmo um negócio focado em serviços de desenvolvimento de software pode não ter uma marca valiosa e as pessoas podem não enxergar aquela organização como uma autoridade de mercado.

    O conceito de marca valiosa vai muito além do que apenas suas formas de negócio, mas também com a mensagem que ela deseja passar para o mundo e para seus clientes, a confiança que o consumidor deposita nela e o seu real impacto no dia a dia de todos.

    Muitas vezes, uma empresa pode ser grande e ter um alcance razoável, mas nem sempre ela consegue se diferenciar de outras do mesmo segmento. E isso acaba muitas vezes cansando os clientes que procuram algo novo e único.

    Diversas empresas vendem diariamente se vendem como inovadoras ou como as pioneiras e líderes na maneira como lidam com o cliente e realizam as suas negociações, sejam elas ligadas a serviços de abertura de empresa ou simplesmente a compra e venda de produtos.

    Porém, a verdade é que muitos já ouvem essa mesma conversa de diversas outras marcas diariamente, fazendo com que muito se pareça apenas conversando, e não ideais e convicções da empresa de forma efetiva.

    Portanto, o que torna uma marca valiosa? Quais os critérios necessários para se chegar no nível de uma Apple, Microsoft, Google ou Coca-Cola? Como elas conseguem ser grandes referências no mercado? Uma empresa de limpeza empresarial consegue chegar nesse nível?

    A resposta dessa e de muitas outras perguntas pode ser conferida nos tópicos a seguir, onde o assunto será melhor abordado e desenvolvido, explorando ao máximo os conceitos que envolvem essa discussão e como tornar a sua marca mais valiosa.

    O que define uma marca?

    Como mencionado no início do texto, algumas marcas conseguem transcender o nível comum e, nos últimos anos, têm conseguido um papel fundamental em diversas frentes de negócio, além de uma autoridade em seu segmento, e até fora dele, sem igual.

    A Microsoft, Google, Coca-Cola, Apple e até mesmo o Facebook, são exemplos de como uma marca precisa ir além do que apenas entregar o que seus clientes querem.

    Claro que assim como uma empresa de assessoria contábil, é preciso ser extremamente eficiente no que se propõe a fazer, mas também é necessário conseguir trazer o consumidor para junto de seus ideais e convicções.

    As pessoas se sentem muito mais ligadas quando a marca possui um propósito, uma missão. Isso mostra que nada do que está fazendo está voltado simplesmente ao lucro, mas também a algo muito maior.

    Quando se pensa nesse cenário, é extremamente comum que alguns benefícios sejam usufruídos pela empresa, mesmo que a marca trabalhe com tradução de sites

    Podem destacados alguns, como: 

    • Maior engajamento dos clientes;
    • Maior alcance da marca;
    • Maior probabilidade de lucro;
    • Maior número de vendas;
    • Maior reconhecimento e autoridade no mercado.

    Não é simples chegar nesse patamar. É necessário muito planejamento e utilizar os pontos fortes da mesma a favor do negócio, além de saber se posicionar muito bem em relação a sociedade, muitas vezes, em questões sociais.

    Porém, mesmo com tudo isso em mente, não é tão simples medir o valor de uma marca por diversos motivos. 

    Mesmo que o produto por ela comercializado seja simples, como papel para modelagem, são diversos os fatores que podem e devem ser levados em consideração.

    Um bom exemplo disso é o seu investimento em tecnologia, valores quantitativos e qualitativos da mesma, o engajamento dos clientes tanto com o comércio quanto com os valores da marca, o papel social e econômico que a mesma se encontra, entre diversos outros motivos.

    Porém, é possível realizar algumas ações e atitudes que aproximam a organização do real objetivo: o de aumentar o valor de sua marca, mesmo que o serviço seja simples ou comum, como aluguel de notebook.

    Agregando valor à marca

    Agora que já ficou mais claro como uma marca ganha valor de mercado e alguns dos fatores que podem influenciar nisso, é importante entender algumas ações ou atitudes que podem levar a organização a ganhar mais espaço no segmento e se tornar uma marca mais valiosa.

    Como qualquer empresa, ela ainda precisa lucrar para se manter de pé e conseguir desenvolver o seu trabalho, portanto, muitas das orientações que serão disponibilizadas nos próximos parágrafos ainda ajudarão a empresa a crescer economicamente.

    Portanto, confira algumas das orientações que podem ser aplicadas até mesmo em uma marca que comercializa e dá suporte ao sistema para controle de loja. Sem mais delongas, confira.

    1. Tenha um propósito

    Muitas empresas buscam apenas lucrar e fazer negócios, mas esquecem que quando se tem um propósito, uma missão, é muito mais fácil de tomar decisões em prol da empresa, fazendo com que a mesma consiga seguir adiante apesar das adversidades.

    Sendo assim, ter um propósito significa que a marca possui valores e ideais muito bem estabelecidos, sempre buscando melhorar a vida de seus clientes e torná-la mais fácil ou simples, facilitando também em campanhas e a forma como produz e comercializa seus produtos e serviços.

    Com isso, se torna mais fácil realizar o marketing envolvendo a marca, criando uma identidade única e genuína da mesma. Tal atitude atrai de forma natural e orgânica mais pessoas a organização, fazendo com que todo o resto aconteça gradualmente.

    1. Autenticidade é a chave

    Uma marca precisa ser ativa e autêntica para que agregue valor e consiga ser reconhecida no mercado em que atua. Para isso, é preciso entender muito bem quem ela é, como ela trabalha e como quer atingir seu objetivo.

     

    Para isso, é necessário encontrar o próprio caminhar da organização, evitando ao máximo copiar outras. Se inspirar não é nenhum problema, afinal, cada pessoa e cada empresa é feita de suas referências. 

    Entretanto, é preciso se atentar para que não copie ou faça marketing e promova soluções idênticas a de outras no segmento.

    É preciso criatividade, afinal, se o público perceber o “plágio”, a marca pode ficar descredibilizada no mercado e não conseguir emplacar com seus produtos e serviços

    1.  Busque uma comunicação ativa

    Empresas e marcas que conseguem atingir o sucesso e agregar muito valor à organização possuem uma comunicação eficaz e ativa, tanto com outros colaboradores, sócios e acionistas quanto com seus clientes e leads.

    Portanto, entender quem é o cliente, o que ele gosta, avaliar o perfil do mesmo, criar personas que representem o mesmo de forma fiel e honesta, além de buscar os canais de comunicação que falem direto com eles é parte do trabalho de uma empresa que busca ter maior alcance e autoridade no mercado.

    Sendo assim, buscar maneiras eficazes de conversar e se conectar a todos que se envolvem com a marca é mais do que necessário, pois o branding é parte fundamental de como uma marca deve agir e se organizar para atrair mais clientes, leads e investidores.

    A partir do momento que se tem uma comunicação mais ativa, é mais simples prever os próximos passos dos envolvidos com a marca, possibilitando a criação de experiências únicas para todos, causando grande impacto na vida dos mesmos e momentos inesquecíveis.

    Considerações Finais

    O texto de hoje abordou e desenvolveu o que torna uma marca mais valiosa, explorando os conceitos do que agrega valor à marca, o que deve ser constantemente buscado para se atingir determinados objetivos e como é possível se tornar uma gigante no mercado.

    Por isso, além de um planejamento e organização intenso, é necessário entender de fato como o branding marketing atua no dia a dia da empresa. 

    Os valores, conceitos, posicionamentos e ideais da organização são importantes e devem ser bem trabalhados para a expansão e valorização da marca.

    Independente do ramo de atuação da empresa, busque atingir esses conceitos e explorar ao máximos os pontos positivos da empresa, para que assim, a marca ganhe cada vez mais valor de mercado e consiga ter seu espaço dentro do segmento de trabalho no qual atua.

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:
    Compartilhar no facebook
    Compartilhar no twitter
    Compartilhar no linkedin
    Compartilhar no pinterest
    Compartilhar no tumblr
    Compartilhar no whatsapp

    publicidade

    social

    publicidade