Michael Campos

Entenda a importância de uma landing page

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos em primeira mão!

    O sucesso de uma campanha de marketing digital depende das estratégias realizadas no universo da internet para conquistar os mais diversos tipos de leads do mercado. Uma dessas ações de captação de leads ocorre por meio da landing page.

    Os leads são clientes em potencial, ou seja, pessoas que podem realizar a compra de algum produto ou serviço de uma empresa. Eles são importantíssimos, pois mesmo que não comprem nada, podem ser excelentes agentes de divulgação dos conteúdos.

    Uma hora ou outra, as empresas conseguem capitalizar esses leads, conquistando mais clientes e gerando maior receita para os seus comércios, mas para isso é preciso diversas ações de marketing para atraí-los e conquistá-los.

    No artigo de hoje, falaremos de uma das ações mais necessárias, que contam com  os melhores resultados, utilizadas por milhares de empresas ao redor do mundo: as landing pages, que são tão eficientes quanto um laudo de ruído ambiental para quem as utilizar.

    O que são landing pages?

    Quando traduzimos a expressão landing page para o português, podemos chegar em “páginas de destino”, ou seja, um local que leva a outro. Em geral, todos os sites com uma estratégia de captura de leads contém um ou mais landing pages. 

    Elas têm um alto potencial de conversão de leads, uma vez que relembram de algo que precisavam comprar ou descobrem da existência de algum produto novo. As landing pages são compostas por uma estrutura quase que padrão para atrair o maior número de leads.

    A ideia principal é que tenham poucos conteúdos mais chamativos e que direcionam as pessoas sempre para alguma página de captura. Seja um formulário simples, que dará acesso a algum brinde ou uma página de compra. 

    A ideia é que podem ser rapidamente preenchidos por pessoas que acabaram de alugar computador ou que estão realizando um rápido acesso para consulta de alguma informação.

    Por isso elas são tão relevantes, devido a comprovação do interesse de uma pessoa pelo produto que está sendo oferecido, já que ela que está acessando o conteúdo para para preencher o formulário disponibilizado nelas.

    A estrutura de uma landing page

    Basicamente, as landing pages são compostas por elementos padrões que montam a sua estrutura básica, e que acaba sendo a fórmula de sucesso delas. 

    Entre esses elementos, podemos destacar:

    • Oferta do produto ou serviço;
    • Título chamativo que cause curiosidade;
    • Conteúdos visuais como vídeos e imagens;
    • CTA (Call to Action);
    • Descrição da landing page;
    • Formulário simples.

    Essa é a estrutura básica de toda a landing page, que pode ser alterada dependendo do objetivo da empresa e do que está sendo oferecido. O interessante é que tenha todos esses tópicos bem desenvolvidos para que os objetivos sejam alcançados 

    Um ponto essencial para o formulário, é que ele componha apenas informações necessárias para dar início a outras campanhas de marketing. Em geral, é sempre solicitado o nome, telefone, e-mail e produto de interesse. 


    As landing pages podem ser utilizadas até mesmo por uma empresa de contabilidade para pequenas empresas, mas não devem solicitar informações pessoais que não serão utilizadas e que podem tirar o interesse das pessoas em preencher o formulário.

    A taxa de desistência das pessoas em preencher formulários extensos é algo impressionante. Basta ver os sites de empregos que perdem tantos adeptos devido ao tamanho dos formulários que pedem inúmeras informações. 

    Quando o formulário da landing page é preenchido, a empresa consegue somente as informações necessárias para conseguir atuar em outras áreas, como o e-mail marketing;

    A diferença entre Site e Landing page

    A ideia das landing pages é entregar algo para o consumidor após ele preencher o formulário ou realizar algum tipo de ação. O site é o local onde o restante desses conteúdos estarão disponibilizados em sua totalidade seja para acessá-los ou comprá-los. 

    Em geral, as pessoas encontram nos sites conteúdos relacionados ao que está sendo ofertado, além do posicionamento da empresa perante aos conteúdos ali dispostos e outras informações relevantes.

    As landing pages tem como objetivo apenas entregar algo no momento para fazer a pessoa que está acessando conhecer o que aquele site está oferecendo. Logo, elas precisam ser diretas, e principalmente fáceis de serem preenchidas. 

    As vantagens de ter landing pages

    O motivo de vermos landing pages em praticamente todos os sites que acessamos é claro, pois elas são extremamente eficientes para garantir diversas vantagens para esses comércios. 

    É como contratar um serviço de administração de condomínios através delas, por exemplo.

    Vejamos agora as principais vantagens obtidas pelas empresas que adotam o uso das Landing Pages. 

    Aumento no Lead scoring

    A primeira grande vantagem é o aumento substancial na geração de leads. Imagine um site que detém um grande número de acessos, mas quase não tem escritos ou compras. 

    Nesse caso, algo está errado. É como realizar um treinamento brigada de incêndio eficiente e não saber apagar fogo no momento que precisar. 

    Seria como oferecer diversos conteúdos de graça, mas sem obter um retorno. E quando isso ocorre, a conta não fecha, pois existe toda uma dedicação para criação de conteúdos relevantes se tratando de sites, blogs e e-books. 

    As landing pages tem um potencial de qualificar esses acessos tornando os consumidores em pessoas que um dia poderão comprar o seu produto. Abrir essa possibilidade é o primeiro grande passo para aumentar a receita da sua loja. 

    Segmentação de leads

    A segunda grande vantagem é a possibilidade de colocar esses leads no funil de vendas mais qualificado. Imagine que as pessoas já acessam o seu conteúdo e o compartilham, afinal, você deve aplicar diversas ações dentro do mesmo site.

    Essas pessoas já são leads, mas ainda não se tornaram clientes. Dessa forma, é necessário dar aquele pontapé para fazê-los se tornarem clientes, e as landing pages que redirecionam para páginas de captura são ótimas para isso. 

    Esses casos são comuns em sites que fazem a venda de cursos profissionalizantes online, muitas vezes eles oferecem conteúdos gratuitos com o intuito de vender o curso completo depois. 

    Redução do custo de aquisição de clientes

    O CAC (Custo de Aquisição de Clientes) é um valor que precisa ser constantemente diminuído sem perder a qualidade do seu produto. 

    E uma vez que você disponibiliza conteúdos exclusivos de graça ou direciona interessados para as páginas de compra, tudo fica mais fácil.

    É como se você estivesse falando diretamente para pessoas de interesse que consequentemente pularam etapas do seu funil de vendas, se concentrando nas últimas etapas. 

    Imagine um sistema gravação de ligações que sempre transmite o recado certo para o momento certo. A ideia da landing page é essa, conversar diretamente com pessoas de interesse, diminuindo os esforços necessários para chegar até elas.

    Os tipos de Landing Page

    Reunimos ao longo deste artigo praticamente todas as informações mais relevantes relacionadas a landing pages. Uma dica especial é que você pode montá-las em sites específicos para isso e até mesmo em aplicativos de celular.

    Para finalizar o artigo, falaremos sobre os principais tipos de landing pages que você pode encontrar nos sites que acessar e que deverá escolher para  utilizar de acordo com a sua estratégia de marketing digital. 

    Página de captura

    A página de captura serve para conseguir dados essenciais para outras ações de marketing. Em geral, oferecem um produto beta como um e-book ou um Webinar em troca do preenchimento de um formulário simples e direto. 

    O objetivo é conseguir informações e apresentar o conteúdo para o consumidor sentir a necessidade de consumir mais depois. 

    É como oferecer os serviços de portaria e limpeza para pessoas que acabaram de se mudar para um prédio e depois perguntar se eles ainda querem mantê-los. 

    Página de vendas

    As páginas de vendas oferecem justamente o produto no momento que precisa ser vendido ou algo que está sempre em alta no site da empresa. A ideia é direcionar os consumidores para a compra direta.

    Lembra das etapas do funil de vendas? É nesse momento que essas páginas de destino podem entrar direto na mente do consumidor que realiza a compra por impulso. A ideia é atingir justamente as pessoas no momento certo e na hora certa.

    Além disso, também serve para ajudar os clientes que querem conhecer todos os produtos.

    Página de agradecimento

    Essa é uma página mais para qualificar a experiência do usuário do que qualquer outra coisa, e que pode redirecionar o cliente a continuar comprando. É comum vermos após o consumidor realizar uma compra ou preencher um formulário. 

    Elas são excelentes para manter o consumidor dentro do site e buscar por mais produtos após a concretização da compra dos serviços ou produtos. Lembre-se de fazer a manutenção de todos os links se não, o sentido dessa landing page não é realizado. 

    Portanto, esses foram os principais pontos que demonstram a importância de uma landing page dentro do site da sua empresa. 

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:
    Compartilhar no facebook
    Compartilhar no twitter
    Compartilhar no linkedin
    Compartilhar no pinterest
    Compartilhar no tumblr
    Compartilhar no whatsapp