Michael Campos

Entenda a importância da acessibilidade digital

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos em primeira mão!

    Compartilhe

    Investir em acessibilidade digital pode ser um grande diferencial para seu site ou blog, atraindo novos usuários.

    Esse é um termo que está relacionado ao acesso e a inclusão de pessoas com deficiência nos ambientes virtuais, buscando a promoção de um espaço de equidade.

    Neste artigo vamos destacar a importância e as vantagens da acessibilidade digital, e você vai entender por que precisa pensar em como aplicar estratégias nesse meio.

    De acordo com dados do IBGE, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a quantidade de usuários que estão na internet e que precisam de acessibilidade é superior aos 30 milhões.

    Nessa conta entram alguns grupos de usuários que precisam de uma atenção maior para estarem corretamente inseridos, compreendendo:

    • Pessoas com deficiência;
    • Pessoas com dislexia;
    • Pessoas com daltonismo;
    • Idosos.

    57% dos cidadãos brasileiros com deficiência usam com frequência a internet, conforme aponta uma pesquisa do PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios).

    O que é acessibilidade digital

    Uma boa empresa de filtros industriais precisa se preocupar com questões como a acessibilidade digital.

    O objetivo é facilitar e otimizar o acesso de pessoas com deficiência nos ambientes virtuais, eliminando barreiras e dificuldades.

    A partir da acessibilidade digital é possível que todos interajam com autonomia nas diversas possibilidades que a internet nos traz.

    Essa é uma forma de garantir que todas as pessoas tenham as mesmas chances de acesso ao processo de digital, de forma justa.

    A internet é uma ferramenta que está cada dia mais presente no dia a dia das pessoas, por isso é necessário ter meios que amplifiquem os potenciais da rede para todas as pessoas, sem distinções.

    Pessoas com deficiência podem ter uma vida ativa normal, estudar, trabalhar e aproveitar dos entretenimentos que são oferecidos na web, contando com uma rotina como qualquer pessoa.

    Qual a importância dessa prática

    As possibilidades que são oferecidas nos meios digitais são as mais diversas, sendo possível até mesmo fazer um curso de aeromoça online.

    Além dos cursos profissionalizantes é possível procurar vagas, fazer compras, solicitar serviços, denunciar problemas e transmitir seu conhecimento sobre um assunto.

    Ou seja, é possível fazer de tudo com a praticidade oferecida pelos meios virtuais, que permitem uma réplica da vida cotidiana.

    E para que as oportunidades sejam sempre justas é fundamental que as marcas procurem promover a acessibilidade.

    Isso permite que todos desfrutem dos benefícios trazidos pela tecnologia, garantindo que o conhecimento e a cultura chegue por igual a todas as camadas da sociedade.

    2016 foi o ano em que entrou em vigor a Lei Brasileira de Inclusão. Segundo essa lei, todas as páginas da web de organizações com representação no Brasil devem ser acessíveis para pessoas com deficiência.

    Apesar desse decreto de 2016, ainda existem poucos sites em nosso país que realmente se preocupam com a acessibilidade.

    Como essa carência existe, as empresas que criam recursos de usabilidade e que pensam na inclusão, consegue diversas vantagens no mercado.

    Sua marca de manutenção de equipamentos biomédicos ganha a identificação das pessoas com deficiência, que passam a interagir com ela, gerando mais engajamento.

    Estar ligado nas novidades oferecidas pelas tecnologias, como celulares, computadores e equipamentos eletrônicos, trazem novas possibilidades.

    Vantagens para a marca

    Buscar por mais inclusão é um movimento que beneficia tanto as pessoas com deficiência, quanto a própria marca, que com ações de acessibilidade cria uma imagem positiva no mercado. Pontuamos a seguir alguns benefícios.

    Amplia a atuação

    Quando uma assessoria fiscal se preocupa em promover uma melhor experiência de navegabilidade para pessoas com deficiência, o site consegue engajar um número maior de usuários, promovendo a captação de novos clientes e mais vendas.

    Cria experiências positivas com a marca

    Ao prezar por acessibilidade no momento de estruturar uma página, podemos atrair excelentes benefícios.

    Investindo na inclusão de mais usuários, as marcas conseguem conquistar aqueles clientes que se identificam com ela, bem como atingir seus objetivos.

    Estabelece uma imagem favorável no mercado

    Uma empresa de rastreador automotivo certamente vai conseguir destacar sua marca ao investir em acessibilidade, pois mostra comprometimento e preocupação com o público.

    Facilita a usabilidade

    A experiência do usuário é algo que só tem a ganhar com a otimização da acessibilidade em um site, pois ela favorece ao máximo essa experiência.

    Para que isso ocorra é importante criar elementos organizados em uma hierarquia de importância.

    Isso permite que o usuário localize as informações de forma rápida e intuitiva, permanecendo na página por mais tempo.

    Otimização SEO

    Ao investir nesses recursos, a chance do seu site de avental descartável ser encontrado por mecanismos de busca é muito maior.

    Isso potencializa o tráfego e faz com que seu ranqueamento em buscadores, como o Google, seja ainda melhor.

    Com interfaces mais simples temos uma diminuição da rejeição do site, pois todas as informações são facilmente passadas pelo usuário.

    A acessibilidade digital na atualidade

    Desde sempre a acessibilidade digital foi uma pauta importante dentro dos meios de comunicação, permitindo que as pessoas consigam se inserir no ambiente virtual de forma livre, autônoma e sem empecilhos.

    Com a chegada da pandemia e o aumento da migração das atividades para o meio digital, isso se tornou ainda mais urgente. A acessibilidade digital é retomada como principal pauta em um mundo marcado pelas atividades online e pelo home office.

    As dificuldades e limitações se apresentam de forma mais intensa e é preciso que empresas de laudo de máquinas e equipamentos apostem na produção de conteúdo acessível.

    Falamos aqui em um modelo de relacionamento com mundo que permite o acesso ao conhecimento. Interações que antes aconteciam no trabalho, em meios acadêmicos ou nos espaços de lazer, agora dependem dos meios digitais para acontecerem.

    Pessoas que enfrentam dificuldades se veem impedidas de participar de tarefas rotineiras e isso é um problema.

    Por isso as empresas precisam se reinventar e pensar suas estratégias no sentido de melhorar a experiência dessas pessoas com dificuldades, tornando-a mais simples e positiva.

    Em um cenário cada vez mais virtual, é preciso garantir que todos tenham boas experiências e estejam incluídos nessa rede.

    Como promover a inclusão digital?

    Em um grande esforço para que mais pessoas tenham acesso à tecnologia, a inclusão digital caminha adiante.

    Empresas de máquina para embalar e os mais diversos segmentos podem contar com seus próprios programas de acessibilidade, realizando ações tais como:

    • Baratear o acesso a computadores;
    • Arrecadar computadores para entidades carentes;
    • Facilitar o acesso aos dispositivos;
    • Facilitar o acesso à internet;
    • Oferecer uma cultura tecnológica a população de baixa renda;
    • Contratar pessoas com deficiência;
    • Oferecer boas condições para pessoas com deficiência;
    • Promover cursos para idosos;
    • Oferecer oficinas de inclusão.

    A inclusão digital abrange desde pessoas com algum tipo de deficiência, as pessoas de baixa renda e os idosos.

    Como tornar uma página mais acessível

    Para romper barreiras enfrentadas pelos usuários é importante investir em medidas como fazer legendas para vídeos, de forma a facilitar a compreensão de pessoas com deficiência auditiva.

    Oferecer textos em formato de áudio é uma boa sugestão para incluir pessoas com deficiência visual.

    Ao usar conteúdos não textuais, busque inserir descrições que possam referenciar a mensagem que você deseja transmitir em uma possível audiodescrição.

    Ao dialogar com pessoas com deficiência é possível descobrir quais são suas dificuldades, para que algo seja feito nesse sentido. Separamos mais algumas dicas.

    Use descrição nas imagens

    Pensando em pessoas com dificuldades para enxergar, você deve descrever todas as suas imagens, investindo em um bom texto alternativo.

    Com essa ferramenta é possível que os programas especializados forneçam aos usuários uma dimensão do que aparece no monitor, com o máximo de realismo.

    Utilização de textos e marcações, além das cores

    Além das cores é importante investir em sinalizações visuais que forneçam mais detalhes e sejam mais auto representativos. Pessoas daltônicas e com baixa visão têm dificuldades para detectar contrastes e diferenciar palavras em alguns planos de fundo.

    Considerações Finais

    Vivemos em um mundo conectado, principalmente após a pandemia, que fez com que as pessoas se voltassem ainda mais para o mundo digital. É preciso investir em formas e técnicas que permitam uma maior inclusão de todas as pessoas nesse universo digital.

    Se tratando no conjunto da sociedade formada por pessoas com deficiência, pessoas com baixa renda ou idosos, é preciso dar uma atenção especial para que todos tenham as mesmas oportunidades.

    Investir em acessibilidade amplia a atuação da marca, cria experiências positivas, estabelece uma imagem favorável no mercado, facilita a usabilidade e traz otimização para SEO.

    Para tornar uma página mais acessível esteja atento ao uso das cores, ofereça textos em formato de áudio e sempre tenha uma descrição detalhada de suas imagens.

    Um site que se preocupa com a acessibilidade se destaca em meio a concorrência, pois pensa mais na experiência do usuário.

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade