Michael Campos

Dicas para rastrear o tráfego de Dark Social e aproveitar suas vantagens

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos!

    The Ultimate Managed Hosting Platform

    Compartilhe

    Você sabia que boa parte do tráfego da web acontece em plataformas abertas como Twitter e Facebook? Se sim, você conhece o termo Dark Social.

    No entanto, há uma quantidade ainda maior de compartilhamentos acontecendo de forma privada e “fora de vista”. Essa atividade é conhecida como “dark social” e pode deixá-la no escuro sobre as principais métricas que envolvem o tráfego da web.

    De fato, estima-se que apenas 16% do conteúdo compartilhado publicamente seja 

    rastreado pelos profissionais de marketing, deixando mais de 80% da atividade sem visibilidade. 

    A falta de visibilidade no dark social pode ter um grande impacto no alcance de uma marca de venda de peças para caminhão, por exemplo, tornando-se crucial entender onde e como essa atividade ocorre.

    Explorar o dark social pode fornecer informações valiosas sobre o comportamento do usuário, incluindo quantas pessoas estão compartilhando sua marca e qual conteúdo realmente interessa a eles. 

    Essas informações podem ser usadas para aprimorar suas campanhas de marketing e aumentar o engajamento futuro. Então, vamos descobrir como trazer à tona um pouco do compartilhamento “dark” e a importância disso.

    O que é o Dark Social?

    O termo dark social é usado para descrever o compartilhamento de conteúdo que ocorre por meio de canais privados e que não pode ser facilmente rastreado ou medido. Isso inclui compartilhamentos por e-mail, mensagens instantâneas, aplicativos de bate-papo e outros canais privados.

    Embora o termo “dark social media” seja às vezes usado para descrever esse fenômeno, ele não se limita a plataformas de mídia social tradicionais. 

    O dark social é uma preocupação crescente para os profissionais de marketing, pois pode representar uma grande parcela do tráfego do site que é difícil de atribuir a fontes específicas.

    Compreender e medir o dark social é importante para entender como as pessoas estão compartilhando e interagindo com seu conteúdo sobre espaço para eventos, por exemplo, bem como para garantir que você esteja tomando as medidas necessárias para medir e analisar adequadamente seu tráfego da web.

    Como surgiu o Dark Social?

    Você deve estar se perguntando como surgiu esse termo. O termo “dark social” foi criado pelo escritor Alexis Madrigal em 2012, quando ele publicou um artigo no The Atlantic. 

    Ele apontou que grande parte do tráfego na web é invisível e que muitas vezes as pessoas compartilham conteúdo por meio de canais privados, como aplicativos de mensagens, e-mails e SMS, o que pode levar a marca a perder informações valiosas sobre o compartilhamento.

    E a falta de metrificação dos dados desse tráfego realmente era um problema nas estratégias de marketing de conteúdo e venda de produtos na Internet.

    Madrigal coletou dados que mostraram que mais da metade do tráfego do The Atlantic vinha do dark social, o que demonstrou o impacto significativo que isso pode ter no alcance de uma marca. 

    Na verdade, é provável que todo mundo tenha compartilhado algo através do dark social, mesmo que sem saber.

    Se você vê o tráfego direto chegando no seu site de teste hidrostático, por exemplo, pode acreditar que alguém digitou seu URL diretamente em um navegador. 

    No entanto, se essa pessoa recebeu seu link por meio de um compartilhamento privado, você não terá ideia de como ou de onde a pessoa encontrou a URL, deixando você no escuro quanto ao compartilhamento. Isso pode levar a uma falta de informação sobre a eficácia de suas campanhas de marketing e conteúdo.

    Importância do Dark Social

    O dark social está por trás de grande parte do compartilhamento de marcas na internet. De acordo com estimativas, apenas cerca de 16% da atividade de compartilhamento é feita publicamente nas redes sociais, enquanto o compartilhamento privado, ou dark social, representa cerca de 80% dessa atividade. 

    Esse tipo de compartilhamento ocorre de forma natural, quando as pessoas compartilham coisas emocionantes com seus amigos em conversas privadas, e não importa em que setor sua empresa atua – todas as marcas podem se beneficiar.

    No entanto, como esse compartilhamento é privado, é difícil rastrear sua ocorrência e entender o que está sendo compartilhado e por quem. Isso pode ser um grande problema para as empresas, que precisam entender o que está funcionando para continuar criando conteúdo e produtos que agradem aos clientes.

    O dark social pode trazer muito tráfego direcionado e leads quentes para o seu site de máquina seladora. Além disso, como é baseado em recomendações pessoais, é altamente confiável e as pessoas tendem a confiar mais em indicações do que em anúncios. Por isso, é mais provável que os usuários visitem e comprem em um site recomendado por amigos ou conhecidos.

    Como rastrear o tráfego de Dark Social

    Se você não estiver rastreando todas as formas possíveis de como as pessoas o encontram, pode estar perdendo informações valiosas sobre o desempenho de suas 

    campanhas de marketing da sua empresa de estanho para solda e sobre o que os clientes gostam em sua marca. 

    É fundamental entender como o dark social funciona e adotar medidas para medir sua eficácia e otimizar sua estratégia de marketing.

    Confira algumas dicas fundamentais para rastrear o tráfego de Dark Social e saber exatamente de onde vem:

    • Crie um programa de indicação;
    • Use encurtadores de links;
    • Botões de compartilhamento;
    • Busque atualizações.
    • Crie um programa de indicação

    Acompanhar o boca a boca pode ser uma tarefa simples e eficiente se você utilizar as ferramentas certas. 

    Uma das maneiras mais eficazes de rastrear o boca a boca é através da geração de referências de clientes por meio de um programa de indicações. 

    Com o uso de um software de referência, o processo pode ser ainda mais simplificado, automatizando o compartilhamento e o acompanhamento de todas as etapas. 

    Dessa forma, você pode monitorar com facilidade a efetividade das suas campanhas de referência e identificar os clientes mais engajados com a sua marca, seja ela uma agência de marketing ou uma loja de aspirador de carros.

    • Use encurtadores de links

    Para muitas pessoas, links muito longos podem parecer confusos e complicados, o que pode torná-los menos propensos a compartilhar esses links em suas comunicações pessoais. 

    Além disso, aqueles que sabem como remover os parâmetros de rastreamento do link podem acessar a página diretamente, sem precisar clicar no link original. 

    Nesse caso, um encurtador de URL pode ser extremamente útil, pois simplifica o link e torna mais fácil para as pessoas compartilharem e acessarem o conteúdo desejado.

    Existem diversas ferramentas disponíveis para encurtar URLs que, além de deixá-las mais esteticamente agradáveis, também permitem que você adicione parâmetros de rastreamento aos links compartilhados. 

    Isso significa que seus clientes não precisarão mais se preocupar em copiar e colar URLs longas e confusas em suas mensagens sobre cobertura de vidro, por exemplo, enquanto você poderá rastrear todos os dados relevantes. 

    Essas ferramentas são particularmente úteis para rastrear compartilhamentos sociais obscuros de suas páginas da Web e conteúdo específico, pois os parâmetros de compartilhamento permanecem ativos mesmo após encurtar o link.

    • Botões de compartilhamento

    Há uma maneira fácil de rastrear o compartilhamento de seu conteúdo – preparando-o para ser compartilhado. Você pode fazer isso incorporando botões de compartilhamento atraentes em seu blog. 

    Esses botões geralmente vêm com links de rastreamento, o que significa que você pode facilmente rastrear quem está compartilhando seu conteúdo e em que plataformas estão sendo compartilhados. 

    Essa é uma ótima maneira de rastrear o compartilhamento de seu conteúdo sem precisar depender do boca a boca ou do dark social.

    Conclusão

    Há diversas vantagens em rastrear o dark social, como descobrir quais conteúdos são mais populares do seu site de transportadoras em SP, por exemplo, e em quais canais ocorrem os compartilhamentos mais frequentes. 

    Apesar de não ser possível alcançar um rastreamento perfeito, existem diversas opções que podem ajudar a obter informações e análises precisas. Ao combinar essas opções, é possível obter uma quantidade significativa de dados que antes permaneciam ocultos.

    O dark social não é uma novidade e compreendê-lo é perfeitamente viável. Com um pouco de trabalho, é possível otimizar sua estratégia de marketing e conteúdo para alcançar os melhores resultados. 

    O dark social pode parecer um pouco intimidador para alguns profissionais de marketing, mas a verdade é que é uma área rica em oportunidades. 

    As marcas devem começar a explorá-lo e aproveitá-lo ao máximo, mas para isso, precisam ter acesso aos dados corretos. Somente assim você poderá tomar decisões informadas e investir seu dinheiro nos canais certos. 

    Então, não tenha medo de mergulhar no mundo do dark social e explorar todas as possibilidades que ele oferece.

    Não deixe de aproveitar as diversas ferramentas disponíveis para rastrear o dark social e melhorar suas análises de compartilhamento.

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade