Michael Campos

Como preparar uma equipe de vendas em uma empresa pequena

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos em primeira mão!

    Compartilhe

    Ao contrário do que muitas pessoas pensam, organizar uma equipe de vendas para uma empresa pequena pode se tornar um grande desafio. Porém, não é impossível fazer essa organização. 

    Dependendo da forma que a equipe é montada, muitos resultados podem surgir, como empresas que trabalham diretamente com vendas. Logo, é possível observar que os números de produtos sendo vendidos aumentam conforme os trabalhos são feitos. 

    O que é bastante comum que as pessoas pensem, é que conforme a equipe tenha mais funcionários, a produção será ainda maior. No entanto, as coisas geralmente não costumam funcionar dessa forma. 

    Uma assessoria trabalhista, por exemplo, dependendo do porte da empresa é necessário que a equipe seja pequena, justamente para que as atividades sejam executadas da melhor forma possível. 

    A importância de organizar uma equipe

    Organizar uma equipe se tornou um assunto bastante recorrente no mundo dos negócios, portanto, pesquisas foram desenvolvidas. 

    De acordo com o estudioso Lawrence Putnam, os dados apontam que grandes equipes podem demorar até 5 vezes mais nas horas, do que uma equipe pequena para alcançar tal resultado. Para chegar nessa conclusão, Putnam realizou 491 projetos. 

    Dessa forma, podemos imaginar que uma empresa que trabalha com uniformes profissionais, tende a aderir uma equipe menor mas, ao mesmo tempo, capacitada para lidar com as operações. 

    O estudioso ainda aplicou a sua teoria nas empresas em que trabalhou, assim, foi possível observar que equipes de 3 a 5 pessoas exigiam somente 25% do esforço aplicado em equipes compostas por 9 a 20 pessoas, realizando exatamente o mesmo trabalho. 

    Desse modo, podemos perceber que se você organizar a sua equipe, será natural que a produtividade seja maior do que nas equipes formadas por um grande número de colaboradores. 

    Contudo, em uma empresa que trabalha com gestão de entregas, por exemplo, ainda é necessário que o gestor opte por uma equipe enxuta, para lidar com os prazos de entrega.

    Inicialmente, o que o gestor responsável pela empresa deve se preocupar para que erros futuros não ocorram, está na parte de contratação da equipe. 

    Uma equipe de sucesso começa pela escolha das pessoas certas. Diante disso, acertar na contração é fundamental para que a empresa tenha uma produção funcional. 

    Nessa parte, o gestor pode considerar a contratação de empresas que trabalham com desenvolvimento de software sob medida, para que as seleções ocorram de forma otimizada, assim, o processo de produção da companhia não será atrasado. 

    É importante que, para evitar eventuais erros, o gestor saiba conhecer as características dos futuros colaboradores. Além disso, considere um tempo maior para entender as competências dos candidatos. 

    Estruturação da equipe: entenda mais

    Há várias maneiras de estruturar uma equipe, porém, como se trata de preparar um time de vendas para uma empresa pequena, basta um tipo de estrutura que é suficientemente capaz de organizar os funcionários. 

    Desse modo, podemos citar também a utilidade da tecnologia que, por sua vez, consegue otimizar vários processos dentro de uma companhia. 

    Um software para controle de estoques, por exemplo, é capaz de diminuir significativamente o número de pessoas em uma equipe justamente por conter funções e informações úteis para executar as tarefas. 

    Conhecida como “ilha”, essa estrutura é baseada na ação do vendedor responsável por todas as tarefas associadas ao ciclo de vendas, justamente por se tratar de uma equipe com pouco número de funcionários. Desse modo, as vantagens de trabalhar com esse modelo é:

    • Novos resultados;
    • Produção eficiente;
    • Fácil comunicação;
    • Gestão facilitada.

    Felizmente, esse modelo de estruturação consegue ser aplicado em qualquer empresa pequena. Seu sistema é ideal, principalmente, para organizações que precisam manter uma equipe comercial enxuta. 

    Pontos a se atentar ao montar uma equipe

    Como sabemos, uma das preocupações que mais acontece dentro das empresas, é a forma que as equipes irão performar nas atividades da companhia. 

    Desse modo, uma organização que trabalha com serviços contábeis, por exemplo, deve se atentar principalmente no perfil dos candidatos, para que erros sejam evitados de acontecer.  

    Levando em consideração que estamos em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, é preciso se atentar na qualidade do quadro de funcionários para que a produção tenha um fluxo fluido, e desse modo, possa se tornar um diferencial entre as concorrentes. 

    Dessa forma, há pontos que o gestor responsável pela empresa não deve errar, para que não comprometa a produtividade da empresa. São eles:

    1. Busque o perfil certo

    Organizar corretamente a equipe de vendas é fundamental para manter um fluxo de trabalho contínuo na empresa, e além disso, prezar pela eficiência dos funcionários. Todo esse processo acontece para que a equipe busque o sucesso da organização. 

    De acordo com especialistas, é necessário ter uma atenção maior nos candidatos para observar se eles são extrovertidos e, além disso, persistentes com seus objetivos.  

    A experiência do candidato também conta como um diferencial para a vaga, mas não deve se tornar um item eliminatório, já que muitas pequenas empresas servem como porta de entrada para novos profissionais no mercado. 

    Um dos erros mais comuns que as pessoas acabam cometendo ao realizar os processos seletivos, é priorizar o que está no currículo e na aparência do candidato. 

    2. Ofereça benefícios atrativos

    Não pense que se a sua empresa for pequena, os benefícios devem ser extremamente básicos. O mais interessante a ser feito nesse momento, é que seja desenvolvido um pacote de vantagens para o candidato. 

    É possível realizar parcerias para fortalecer a qualidade dos benefícios, como academias, creches e faculdades que servem para disponibilizar descontos ao funcionário. Com isso, o candidato fica cada vez mais atraído pela vaga. 

    3. Faça treinamentos com a sua equipe

    Manter a sua equipe treinada com as suas respectivas funções é uma maneira de que, futuros erros possam ser cometidos. Conforme os problemas são evitados, a tendência é que a produção da equipe fique cada vez melhor, assim, os lucros irão aparecer. 

    Procure atualizar sua equipe nos principais setores da empresa. Não é necessariamente preciso investir em programas terceirizados, já que é possível desenvolver um programa interno de capacitação e reciclagem dos funcionários. 

    Para que o desenvolvimento da equipe aconteça, é interessante realizar reuniões periódicas para alinhar os discursos e promover as boas práticas da companhia. 

    4. Faça o profissional se sentir parte do sucesso

    Uma das grandes vantagens que as pequenas empresas têm, é que os funcionários estão mais próximos à diretoria. Como é possível imaginar, as grandes empresas tendem a fazer com que a diretoria fique mais distante dos colaboradores. 

    No caso das pequenas empresas, uma das características é a flexibilidade para negociar descontos e condições de pagamento e, além disso, o profissional pode ter um envolvimento maior com decisões estratégicas da companhia. 

    5. Seja um bom vendedor

    Antes de se tornar um bom empreendedor, é preciso ser um bom vendedor. O perfil necessário para fazer uma gestão ideal de uma equipe, não se baseia apenas em ir às ruas e fechar negócios, e sim, em vender o seu peixe para o seu próprio time. 

    6. Garanta informações de qualidade para a equipe

    Uma das formas mais eficientes de saber como está o andamento do negócio, é justamente acompanhar os principais indicadores da companhia. 

    Dessa forma, o gestor responsável saberá quais as melhores decisões a serem tomadas, afinal, uma decisão é capaz de aumentar ou diminuir os resultados da empresa. 

    7. Invista na cultura de feedback

    No mundo dos negócios, é possível observar que as equipes que mais fazem sucesso, estão pautadas em uma cultura de feedback, onde todos os indivíduos que trabalham na empresa se sintam confortáveis para conversar sobre os pontos que precisam ser melhorados. 

    Organizações que geralmente são formadas por um grande números de colaboradores, como companhias de serviços de TI para empresas, por exemplo, devem considerar o uso de pesquisas cotidianas, que podem ser realizadas digitalmente, para que os gestores saibam os principais pontos a serem melhorados dentro da companhia. 

    8. Crie metas conjuntas

    Conforme os anos se passaram, as empresas passaram a perceber que quando uma equipe tem objetivos em comum, automaticamente o engajamento dos funcionários é melhor. 

    Para facilitar esse processo de distribuição de metas, o gestor pode considerar a contratação de uma consultoria para planejamento estratégico, que possui o objetivo principal de definir as principais metas para os coordenadores e supervisores. 

    Estabelecer metas compartilhadas favorece a colaboração entre os funcionários, e isso é muita das vezes, um dos grandes objetivos que as empresas enfrentam diariamente. 

    No momento em que as metas conjuntas forem estabelecidas, é preciso entender também que ao serem alcançadas, a empresa deve criar pequenas confraternizações para que os resultados sejam comemorados. 

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade