Michael Campos

Como o trabalho remoto pode ser benéfico para sua empresa

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos em primeira mão!

    Compartilhe

    O trabalho remoto conquistou um grande espaço na sociedade nos últimos anos, sendo uma opção disponível entre as mais diferentes vagas de trabalho. Algo que antes era exclusivo ao setor de tecnologia, mas que hoje já engloba um grande ramo de serviços.

    Algo que se mostra como uma possibilidade por causa dos avanços tecnológicos, ao apresentarem ferramentas e estratégias que permitem essa maior flexibilidade do setor de trabalho, oferecendo mais opções tanto aos empregadores como aos funcionários.

    Com tal modelo tendo um crescimento por meio também do barateamento dos equipamentos tecnológicos, a permitir com que uma videoconferência possa ser realizada não apenas da casa de um indivíduo, como também pelo seu celular.

    Permitindo com que uma empresa de controle de acesso consiga fazer reuniões à distância, até mesmo com parceiros comerciais presentes em outros países, diante de uma relação internacional de uma companhia que fornece serviços para vários mercados.

    Sem que seja necessário que esses empresários precisem demorar horas dentro de um voo, para resolver algo que uma simples troca de e-mails ou qualquer interação digital poderia resolver. Resultando em um melhor uso do tempo por parte dos profissionais.

    E dentro do competitivo cenário que as empresas encontram hoje, o tempo se torna a moeda mais preciosa entre os funcionários de uma companhia. Precisando atuar de forma dinâmica, para que seja possível encontrar soluções rápidas para cada negócio.

    Antes que tais respostas possam ser identificadas por empresas concorrentes nesse cenário, a trazerem melhores oportunidades para um negócio que atua com a realização de laudo de ruído ambiental, de forma rápida, prática e até mesmo a distância.

    Sendo essa apenas um dos motivos por trás do crescimento do trabalho remoto no mercado, já que o próprio cenário social também vem trazendo resultados nesse sentido, interferindo diretamente nesse modelo de ofício e em como ele vem se desenvolvendo.

    O trabalho remoto e o seu crescimento no mercado

    O formato de trabalho remoto, ou seja, o famoso home office, vem alcançando um destaque cada vez maior no cenário comercial. Tratando-se de um modelo no qual os funcionários podem exercer suas atividades diretamente de sua residência.

    Uma realidade possível tanto pelo lado das empresas como pelos próprios profissionais, tendo hoje a possibilidade de montar um escritório qualificado, exigindo apenas um computador, uma mesa cadeira e claro, um espaço adequado.

    Evitando dessa forma os estresses diários de se locomover até seu local de trabalho, enfrentado distâncias e os problemas rotineiros do trânsito urbano, seja em seu carro ou por meio do transporte público, gastando esse tempo essencial para o profissional.

    Um modelo de trabalho que pode ser influenciado pelo próprio mercado, com a existência de companhias que atuam apenas no modelo digital, sem a existência de um escritório físico ao qual os seus funcionários precisam ir para bater seu relógio de ponto.

    Com o controle de suas atividades sendo realizado à distância, por meio do cumprimento de tarefas a serem enviadas, o que acaba por aumentar a importância de um profissional que ocupe a posição de supervisor, conectando-se com todos que pertencem à sua equipe.

    E se esse modelo já mostrava índices de expansão antes, diante da pandemia de covid-19 esse sistema cresceu ainda mais, já que durante o período de isolamento as empresas tiveram que se adaptar para continuar a exercer suas atividades, mesmo que à distância.

    Um cenário que revelou também a capacidade de adaptabilidade das empresas, que acostumadas com o formato presencial, viram que o home office podia trazer diferentes benefícios para sua companhia e para sua relação com seus funcionários.

    Dentro de um processo no que continuou a ser praticado, mesmo após o processo de relaxamento das normas restritivas de saúde, mesmo que seja por meio de um sistema híbrido. No qual uma empresa de tradução pode revezar em escalas a ida ao trabalho.

    Com parte dos seus funcionários permanecendo em seus escritórios de casa, enquanto outra equipe se locomove até a sede de tal empresa, dentro de um sistema de revezamento entre eles.

    Isso dentro de um sistema que pode ser adotado pelos mais diferentes tipos de escritório, abrangendo dessa forma mercados como:

    • Tecnologia;
    • Comunicação;
    • Vendas;
    • Educação.

    Sendo possível não só trabalhar a distância nessas áreas, como também operar uma comercialização desses produtos e serviços também por meio de canais digitais, como uma rede de ensino que passa a ofertar um curso de aeromoça online.

    Acompanhando a própria modernização do mercado, incluindo agora o cenário interno de tais empresas, flexibilizando a forma com que suas atividades serão executadas, por meio de colaboradores que se encontram à distância.

    Dentro de um sistema que é reconhecido também pelo órgão trabalhistas, como a CLT, sendo preciso apenas definir um horário adequado de trabalho para esses funcionários, para que não haja um caso de negligência das normas trabalhistas.

    Tudo isto resulta em novos benefícios para tais companhias, o que também explica o porquê das empresas estarem cada vez mais implementando esse modelo de trabalho em seus negócios.

    Benefícios gerais do trabalho remoto

    Ao adotar o modelo home office uma companhia passa a flexibilizar o seu formato de trabalho, o que diretamente poderá trazer uma série de vantagens para tal companhia, já que os seus resultados dependem das estratégias implementadas.

    E por meio de técnicas bem estruturadas dentro do mercado, as vantagens podem ser acessadas tanto por parte da empresa, como pelos empregados a utilizarem formato home office. Entre tais benefícios é possível destacar:

    Redução de custos

    Manter um escritório em funcionamento exige uma série de gastos, como a conta de luz, internet, aluguel do espaço entre outros custos. Ao optar pelo formato remoto, tais custos são reduzidos, existindo uma descentralização das suas ferramentas de trabalho.

    O que não significa passar tais gastos diretamente para os seus funcionários, já que uma empresa pode trabalhar com a distribuição de vales a serem usados com sua conta de internet, por exemplo, ou qualquer ação sugerida por sua consultoria contábil.

    Horários flexíveis

    Pelo fato de que a relação de trabalho entre um contratado e sua empresa tenha que seguir o que está estipulado em seu contrato, como nas tradicionais 40 horas semanais, isso não significa que tal jornada precisa ser seguida de forma restrita.

    Portanto, a flexibilização do home office permite muitas vezes com que o próprio funcionário defina seus horários de trabalho, sendo exigido apenas que ele cumpra os prazos estabelecidos em comum acordo com o seu empregador.

    Maior retenção de alcance de talentos

    O formato remoto elimina diversas barreiras físicas, permitindo com que uma companhia contrate profissionais que demonstrem ótima capacitação, independentemente de onde eles se encontrem, seja em outra cidade, estado ou até mesmo país.

    O que vale para a contratação, mas também para a retenção de um funcionário, que pretende se mudar, por exemplo. Com essa flexibilidade sendo um ponto a ser destacado durante um exame admissional para empresas.

    Maior engajamento interno

    Boa parte dos benefícios do modelo remoto estão associados aos funcionários. Eles podem recompensar ao seu ambiente de trabalho com um maior comprometimento em suas atividades, após se sentirem reconhecidos pela companhia à qual prestam serviços.

    Já que ao se encontrar em condições dignas de trabalho, é esperado que isso se reflita na qualidade das produções a serem apresentadas. Afetando a própria agilidade do mercado. Já que o modelo flexível pode influenciar no encontro de respostas mais rápidas.

    Condições mais atrativas

    Como foi citada a importância de ter boas condições de trabalho, para que seja possível apresentar melhores resultados. É importante destacar o modelo remoto, em como ele pode pode ajudar nesse sentido na vida dos funcionários.

    Isso porque o modelo flexível permite um melhor aproveitamento do seu tempo, resultando em um horário adequado de sono, assim como a possibilidade de adotar uma dieta mais adequada, com o próprio indivíduo preparando sua alimentação em sua cozinha.

    Fora a proximidade com sua família, caso você divida sua casa com o seu núcleo familiar. Tudo beneficia a qualidade de vida do funcionário, resultando em melhores condições para ele executar suas funções de forma adequada e comprometida.

    E é por meio desses pontos que o modelo remoto vêm sendo não só adotado pelas empresas, como também reivindicados pelos funcionários, por se tratar de um formato atrativo para eles.

    Algo a impactar os mais diversos tipos de negócio, do mercado de adesivos industriais, até mesmo uma empresa de serviços de internet. O que acaba por trazer mudanças não só ao meio comercial, como também para a própria sociedade.

    Pois assim como essa estrutura vem trazendo os benefícios citados, pode implicar em questões de sociabilidade, ao existir um distanciamento entre os funcionários.

    Logo se trata de um sistema a ser visto com atenção pelas empresas, antes de adotar o modelo que melhor se adeque à realidade de seu negócio.

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade