Michael Campos

Como criar um marketplace no WordPress

Guia de Investimento
Guia de Investimento

Entre para nossa lista e receba
conteúdos exclusivos!

    The Ultimate Managed Hosting Platform

    Compartilhe

    O ambiente comercial vem ganhando diversas novas ferramentas desde que o cenário digital passou a ter uma maior relevância na sociedade e no mercado. Uma dessas oportunidades é o uso do marketplace no WordPress como forma de alcançar o público.

    Aplicação que se mostra possível por causa da procura cada vez maior do público pelas soluções que estão disponíveis na internet, facilitando o acesso a produtos e serviços, sendo fácil realizar uma compra através de dispositivos móveis que se mostram acessíveis.

    E com o público tendo uma presença cada vez maior na internet, cabe às empresas saberem como melhor se adaptar a essa nova realidade, de forma a adaptar seu método de atuação, garantindo que seja colocado em prática um novo plano para falar com tal grupo.

    O que no caso de uma lanchonete, pizzaria ou qualquer estabelecimento do ramo alimentício pode ser considerada a aplicação de um programa de vendas para restaurante, trabalhando também com vendas a serem feitas por meio da internet.

    Ou seja, o mesmo restaurante que pode servir seus clientes de forma presencial, agora pode chegar a um maior público ao trabalhar com o serviço de entregas, permitindo com que usuários próximos possam fazer seus pedidos através de aplicativos e sites.

    E esse é apenas um exemplo de como o mercado vem se atualizando, operando com novas práticas para que seja possível atualizar sua forma de trabalho, permitindo assim com que um negócio continue a expandir-se, sendo incorporado à essa era digital.

    Cenário que torna fácil para que um usuário pesquise por uma empresa de etiquetas e rótulos, por exemplo, e seja direcionado ao contato de diversas companhias que trabalhem com esse tipo de serviço. Situação que se aplica aos mais variados segmentos do mercado.

    A grande questão do cenário digital é que não basta mais somente colocar o seu negócio disponível na internet, de forma a alcançar uma nova parcela de público, já que esse ambiente vem se tornando cada vez mais competitivo para todos que ali buscam atuar.

    Diante disso é necessário conhecer a fundo todo tipo de ferramenta que possa ser útil para um negócio consiga se destacar dentro desse cenário digital, o que nos leva a atenção que pode ser dado ao conceito de marketplace, bastante popular na internet atualmente.

    Mas para se adaptar bem ao uso de um marketplace para vender suas mercadorias é preciso entender a fundo como funciona esse tipo de conceito, até mesmo para que seja possível considerar o desenvolvimento de um marketplace para si.

    Como funciona um marketplace?

    O termo marketplace tem um significado que leva diretamente ao conceito de mercado, reunindo em um único espaço a presença de diversos estabelecimentos comerciais, tal como funciona um shopping center. O que realmente muda é a posição desse comércio.

    O marketplace mantém esse mesmo conceito apresentado, seu grande diferencial está no fato de se tratar de um mercado que reúne diversos empreendimentos dentro de uma só plataforma digital, facilitando assim o contato com a parcela de clientes presentes na rede.

    Dentro de um marketplace é possível encontrar por diferentes empreendimentos que se reúnem em uma única plataforma, utilizando desse espaço em comum para facilitar o contato com uma audiência de clientes que cresce exponencialmente na internet.

    Nesse local pode ser possível encontrar desde camisas de silicone amarelas, para quem gerencia um negócio fabril, até mesmo por produtos básicos para o lar, como objetos decorativos. No caso de marketplaces amplos, ambos os itens podem ser encontrados.

    Por outro lado, existem aquelas plataformas comerciais que trabalham com um tema específico, entre eles:

    • Roupas;
    • Calçados;
    • Tecnologias;
    • Artigos de segunda mão.

    Locais que usam de um tema específico para reunir o contato de diversos vendedores que trabalham com o mesmo tipo de produto ou serviço, aumentando a confiança do público por encontrar diversas empresas do mesmo ramo em uma plataforma segura e acessível.

    Ao colocar o seu negócio dentro de um marketplace é possível ter acesso a uma série de vantagens, entre elas:

    • Visibilidade para os vendedores;
    • Fácil administração;
    • Ambiente adaptado para o crescimento;
    • Apoio comercial da plataforma.

    Tudo isso podendo ser acessado a partir do pagamento de uma taxa definida pela empresa que gerencia o marketplace ao qual um negócio resolve participar. Um negócio que é válido tanto para quem trabalha com etiquetas adesivas personalizadas como para itens gerais.

    O que pode afastar alguns empreendedores a participar de um marketplace é justamente esse valor taxado em cima de todas as suas vendas. Um percentual que pode crescer à medida que o seu negócio alcança uma nova escala de público.

    Visando essa realidade onde o mercado digital só cresce, com o mesmo podendo ser dito sobre a ação dos marketplaces, uma solução de mercado pode ser a criação de um marketplace para si e seus parceiros comerciais. Algo que pode ser feito com o WordPress.

    Criando um marketplace através do WordPress

    A plataforma WordPress é de grande utilidade para quem busca criar o seu próprio endereço virtual. O que é válido tanto para a criação de um site autoral, como um blog ou canal para entrar em contato com seu público, mas também para fins comerciais.

    Opção essa que acaba por abranger a função do marketplace, um mercado digital que pode reunir os mais diversos tipos de empreendimentos que buscam alcançar seus consumidores através da internet.

    E caso você esteja interessado em não só colocar o seu negócio dentro de um marketplace popular, mas trabalhar na criação de um em particular, saiba que por meio do WordPress esse site com um foco específico pode ser criado. Tudo ao seguir as etapas abaixo:

    Acesso ao WordPress

    Por mais que a versão gratuita do WordPress tenha o seu valor, para a criação de um marketplace é importante contar com o acesso a todas as ferramentas disponíveis, com muitas delas sendo disponíveis apenas na versão premium.

    Assinar um plano do WordPress é algo simples, com essa possibilidade estando presente no site da empresa, não sendo nada do que os profissionais contratados por meio de terceirização de TI não possam dar algum tipo de auxílio.

    Usando os plugins corretos

    Um dos benefícios do uso do WordPress é a quantidade extensa de plugins que lá estão disponíveis, incluindo aqueles voltados à área comercial, como é o caso do WooCommerce, que conta com diversas aplicações para a criação de um site voltado a vendas.

    Agora, para o desenvolvimento específico de uma plataforma de marketplace é importante usar também o WC Marketplace, criado para ampliar as possibilidades comerciais de um site, porém com um foco específico na geração de um negócio em marketplace.

    Permissão aos vendedores

    Com a criação de um marketplace, um dos principais desafios se torna o alcance não apenas aos consumidores, mas também aos vendedores que irão atuar dentro desse espaço comercial, indo de serviços como locação de impressoras até produtos variados.

    Tendo esses profissionais cadastrados na sua plataforma recém-criada, é importante liberar a permissão para que eles possam acessar o seu marketplace, incluindo produtos, além de editar a visualização de todas as mercadorias que ali serão vendidas.

    Comissão e valores

    O lado financeiro é de grande importância para quem busca desenvolver ou participar de um marketplace, e tudo isso pode ser definido por meio de sua configuração, existindo uma aba específica para definir o percentual a ser cobrado de comissão por cada venda feita.

    Junto a isso também é possível estabelecer como será o tipo de pagamento liberado para esses vendedores, o que inclui o método e até mesmo o tempo limite para o recebimento de valores.

    Ponto importante para quem trabalha com vendas cujo valor acaba sendo customizado ao volume do pedido, tal como um serviço de fretamento de aeronaves, que envolve a distância e tempo de duração a ser feito em um voo, por exemplo.

    Ao passar por essa etapas um marketplace pode então ser disponível ao público, atraindo tanto a novos clientes como a outros vendedores que podem optar por trabalhar com a sua plataforma de vendas, tendo o objetivo de trabalhar com um público em particular.

    Questão que deve ser levantada por quem pensa em lidar com um marketplace ou com a administração de uma loja virtual convencional, com a segunda opção reunindo diversas responsabilidades, o que acaba por afastar quem pretende atuar no mercado digital.

    Para esses empreendedores, trabalhar com uma plataforma de marketplace pode se mostrar a melhor solução, onde por meio do pagamento de uma simples taxa pode ser possível para um negócio se aproximar de forma melhor ao seu público.

    Tudo ao colocar a comissão de um marketplace como apenas mais um valor necessário para que o seu negócio funcione, tal como uma fábrica precisa do serviço de corte e dobra para desenvolver seus projetos de base metálica.

    O marketplace acaba tendo uma função similar, destacando-se como um facilitador para quem busca destacar seu negócio na internet, mas possui pouco conhecimento sobre esse setor. Cenário que somente valoriza a função dos marketplaces e da sua criação.

     

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Compartilhe:

    publicidade

    social

    publicidade